Caminhos por Dentro

11:40

Os lençóis estavam afastados como se eu me tivesse levantado, mas nem me lembrava de lá ter dormido. Eu estava cansado depois de todas as viagens que fizera. Andei por caminhos que desconhecia e agora até sei dizer quantas vidas aquelas estradas tiraram. Tantas palavras foram soltas e aprimoradas naquelas travessias longínquas pelas almas movidas a sonhos. E vendo o quanto caminhei só me deixa orgulhoso. Lembro-me de ver as nuvens no topo, a enfeitar os céus e a esconderem o sol, por vezes, mas nunca deixei de dar um passo em frente do outro. Nenhuma vontade ou necessidade me fez abrandar os movimentos e me cansou as acções. E tudo valeu a pena. O suor, as lágrimas, as dores e até o sangue. Tudo valeu a pena para ter chegado onde cheguei. E ali, naqueles lençóis, se tinha acabado de levantar o que procurei este tempo todo em caminhos estrangeiros. O sonho voltara a preencher-me e mais uma vez as batalhas estavam só a começar... 




( Eu não festejo o ano novo, no entanto, nada me impede de congratular todos aqueles que festejam! E por isso o texto de hoje que reflecte a procura por novos sonhos quando outros, ou já foram esquecidos ou conquistados. Porque A.Gedeão diz, e com razão, O sonho comanda a vida. E neste novo ano, este blogue vai ter uma novidade: todas as fotografias postadas serão tiradas por uma outra pessoa - Cláudia Ferrão - e brevemente estará disponível um site onde poderão visitar os seus trabalhos. E já agora: as duas fotografias deste post são apenas um esboço, um teste, do seu enorme talento. - Fica aqui a nota e deixo-vos com um grande abraço neste novo ano e que tudo corra pelo melhor! )

You Might Also Like

33 comentários

  1. Gostei muito ;) e Feliz Ano Novo 2012 :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito do texto e das fotos. Verefica-se que de facto há talento em cada uma delas.
    Apesar de não festejares, feliz ano novo e que tudo te corra pelo melhor (também). :)

    ResponderEliminar
  3. Feliz 2012! Que sejamos diferentes do que fomos em 2011!

    beijos
    :)

    ResponderEliminar
  4. Amei este teu texto.
    Realmente faz-me pensar nas coisas que alcancei em 2011,mas que tenho de trabalhar ainda mais arduamente para realizar os meus objectivos,e principalmente o meu sonho.
    Adorei mesmo este teu texto :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Wonderful words and photographs. Is that you?

    ResponderEliminar
  6. E que no final tudo vale alguma coisa, tudo vale um esforço, não é?

    ResponderEliminar
  7. gosto do blog :) *
    bom ano ! :)
    se quiseres segue-me *

    ResponderEliminar
  8. gosto muito do teu blog *-*
    sigo*
    visita o meu
    http://marmota-viveravidaeserfeliz.blogspot.com/
    obg <3

    ResponderEliminar
  9. tão belo. deu-me uma inspiração!! :| realmente, és daqueles 'escritores' que gosto de ler.



    beijinhos <3

    ResponderEliminar
  10. Gostei...Vim do Randy ...para aqui e ...ainda bem.
    Bhell

    ResponderEliminar
  11. Oh, sabes, és sempre um doce e eu agradeço do fundo do coração. aconteceram coisas más que me roubaram as palavras mas eu estou a fazer uma enorme força para voltar, como já disse no meu blog. Obrigada por tudo <3

    ResponderEliminar
  12. Os anos passam e os sonhos continuam. Deve ser assim. Exigimos que seja assim. E ainda bem.

    Gostei:) Abraço

    ResponderEliminar
  13. assim o espero, assim o espero **

    ResponderEliminar
  14. Boa noite Paulo,

    Está tudo no teu texto, tudo, tudo.
    Para além do talento, que faz parte da tua essência, estão as entrelinhas e os meandros, aqueles, que tu, por vezes, tens de percorrer.
    Mas, todos nós, temos meandros, para percorrer ou já percorridos, só que há uns mais sinuosos do que outros.

    FICO FELIZ, PORQUE A BANDEIRA, QUE ERGUESTE, AQUI, CHAMA-SE ESPERANÇA.
    Ela está à tua espera.
    Tens nos olhos a esperança das Primaveras, que tens. E queres mais, sempre mais, e hás-de lá chegar.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. obrigada mais uma vez. eu bem tento segurá-lo mas às vezes parece que ele me foge, ou então que se aproxima demais de mim e se afasta dele... e oh, é tudo tão complicado. mas não, eu nunca irei desistir. porque amar é o que de melhor tem a vida, e o sorriso do meu menino é tudo para mim. <3

    ResponderEliminar
  16. percebo o que queres dizer e concordo plenamente, acho que tens imensa razão. apenas o disse porque sei que ele não está bem, e neste momento o sorriso dele é a minha prioridade, simplesmente porque o amo e o quero bem, feliz. E acho que o amor é assim mesmo, às vezes passa por pormos o outro à frente da nossa felicidade... porque só assim é que eu também vou conseguir ser feliz entendes? oh, acho que não há outra maneira de amar senão esta, mesmo que não seja o mais correcto, às vezes o coração fala muito mais alto. espero que sim meu anjo :) <3

    ResponderEliminar
  17. Paulo,

    A bandeira está içada, portanto, os ventos daqui e daí sopram de feição, só podes ir ter a "Porto Seguro".

    A menina Inês tem receios, medos.
    Pedro é bem mais jovem, diz-se e mostra-se tão apaixonado.
    Ela está a ser pudente, é só isso.
    Ao encontro, será que ela vai aparecer? Veremos!

    SÊ FELIZ, COM PEQUENOS NADAS/INSTANTES.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  18. Gostei do post meu anjo. Agora serão dois talentos certo? Apesar, desejo-lhe que o ano que se inicia seja doce, e lhe proporcione a felicidade completa. Beijos.

    ResponderEliminar
  19. Bom dia Paulo,

    Estava, ou melhor, estou ouvindo a música de fundo do teu blog.
    A outra, a do ano passado interiorizava, punha-nos à mercê...
    Esta, é uma vontade de começar a caminhar, de iniciar algo, agarrar, e logo se vê.
    Então, caminhemos!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  20. A vida faz sentido quando corremos atrás dos nossos sonhos!

    ResponderEliminar
  21. Oi. Estou visitando novos blogs e encontrei o seu! Vou te seguir por um único motivo: vc conseguiu despertar o meu lado bom. Costumo dizer que as leituras que eu faço equilibram o meu lado mal e bom! vc consegui isso!
    --
    abraços fraternais e feliz ano novo.

    ResponderEliminar
  22. "Lembro-me de ver as nuvens... mas nunca deixei de dar um passo em frente do outro. Nenhuma vontade ou necessidade me fez abrandar os movimentos e me cansou as acções."
    e é assim que deve ser !
    como um amigo uma vez me disse: força,luta,conquista ;)

    ResponderEliminar
  23. Oi gostei...
    Tô seguindo :D
    se gostar segue tbm:
    http://enredodeideias.blogspot.com/
    beeijo..

    ResponderEliminar
  24. Posso fazer-te uma questão pessoal? :)

    ResponderEliminar
  25. Porquê que não festejas o ano novo?

    ResponderEliminar
  26. É um bom pensamento, em parte dou-te razão. Mas gosto de festejar tudo o que é nojo, e dar as boas vindas a tudo o que me ajude a melhorar quanto pessoa, porque em parte sou como tu, não espero que um "novo ano" venha ai, luto todos os dias, todo o ano :)

    ResponderEliminar
  27. Batalhas essas difíceis de vencer. Para mim, o ano de 2012 vem junto com o término de uma graduação e a indecisão sobre o que fazer.

    ResponderEliminar
  28. "Tudo valeu a pena para ter chegado onde cheguei".
    Enganar-me-ei se disser que é a praia de São Torpez?
    A qualidade inigualável continuas igual a TI...para mim e até aqui, ainda que o caminho seja "penoso" (tem dias), também valeu ter chegado a aqui.
    Votos de um bom ano, comemorar também não posso dizer que o tenha feito, mas o que fiz e onde fiz valeu por sí só...foi a primeira vez que passei aí o Ano Novo, á lareira, e dps um saltinho ao 31 que valeu por muito. Como eu te entendo vá-se lá saber porquê.
    De volta aos poucos, beijo n´oteudoceolhar*

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *