Fora Amor?

11:49

Noutro dia, talvez me perguntassem e eu dissesse que estava apaixonado. Mas não estava apaixonado pela sua pessoa, pelas suas ideias ou pelos seus brilhantes olhos mas sim pelos sonhos que poderíamos concretizar juntos. Fiz planos para nós que se limitavam em atravessar o mundo de uma ponta à outra ou alcançar as estrelas na companhia um do outro. O nosso amor seria renovado de dia para dia e atiçaríamos fogo à alma apenas com os nossos corações.  Talvez admitisse espiar o seu corpo à janela enquanto o céu era arrastado para a escuridão da noite. O meu coração fora assaltado pelas suas palavras que arrancaram de mim lindas e poéticas formas de vida.
Mas hoje, talvez me perguntem por essa paixão, ou talvez não. A importância que lhe dei fora só para mim, não me gabo a outros dos sonhos que escondia nos seus olhos nem dos beijos que lhe levava nas mãos. Por isso guardei esse amor para mim, alimentei-me dele enquanto pude e talvez tenha sido por isso que me custou tanto a despedir dele. Mas assim teve de ser, o beijo morreu na ponta dos lábios mas os sonhos permaneceram na esperança de se adaptar a outro alguém que o destino me traga. E que pela minha vida passe, marque e peça para não sair; só para que seja diferente dessa vez.


You Might Also Like

53 comentários

  1. preparada não estou, mas tenho que seguir enfrente, não posso ficar num passado que me fez/faz sofrer :c

    ResponderEliminar
  2. "Por isso guardei esse amor para mim, alimentei-me dele enquanto pude e talvez tenha sido por isso que me custou tanto a despedir dele." Que perfeito ** Há amores que passam a morar no nosso coração, outros que apenas vivem atormentando a nossa mente.

    ResponderEliminar
  3. adorei este post ;o
    nunca desistas de nada nem mesmo de um amor que sentes dentro de ti. Não deixes flutuar um amor que tu próprio queres agarrar e proteger ao máximo.
    Bem, o que eu quero é que chegue um abraço da pessoa que amo e dos meus amigos, mas quero um abraço sincero porque ultimamente não tenho tido nada sincero :c

    ResponderEliminar
  4. Estou perdida nessa coisa de talvez está apaixonada pelos sonhos que eu poderia ter ao lado de alguém. Não sei se isso pode ser amor de verdade, apesar da minha entrega em textos como esse aqui. Me confundo várias vezes e me faço essa mesma pergunta: -Fora amor? Falta alguém pra me dizer, talvez até com outras palavras.

    Beijos anjo.

    ResponderEliminar
  5. Está bonito o texto Paulo.Sim foi amor, e só tu sabes.

    ResponderEliminar
  6. A minha opinião é que este texto está formosamente escrito. Parece que nos sentimos dentro do jogo das palavras que desenham a paixão.

    Desejo-te um bom ano 2012

    ResponderEliminar
  7. Adorei este teu texto.
    Fico contente que não guardes rancor dessa experiência. E sabes,um dia vais encontrar "a tal",e eu vou estar aqui para te dizer "vês? Eu sabia que a ias encontrar!" :)

    Beijinho*,e força! <3

    ResponderEliminar
  8. tem que ser, como a palavra diz, é passado e agora viver o presente :)
    e obrigada por as tuas palavras, soube mesmo bem ouvir quando mais precisei *.*

    ResponderEliminar
  9. PAULO,

    Nem sempre o que parece é. Sabes disso, tenho a certeza.
    Esperava há muito um texto assim, deste teor, onde deixasses entrar a claridade, a luz, para que, em forma de desabafo, pudesses reflectir e interiorizar, que a palavra eterna , raramente, se aplica, seja em que domínio for.

    Tiveste sonhos bons e terás muitos mais, assim o desejas, mas cada um terá a sua forma, género e número. Nada é igual.

    Espera, sem esperar, sem pressa, com pressa,porque há situações, que só aparecem nas nossas vidas, UMA VEZ.

    A PAIXÃO, QUE UM DIA DESTES DESPONTARÁ NO TEU MUNDO, SERÁ, IRREMEDIAVELMENTE, DIFERENTE.

    Imagina, que eu sou cigana, e, hoje, "li a tua sina". Não tenhas receio, porque as ciganas, não, nunca, dizem verdades, e eu de cigana, se calhar, só tenho o olhar, que te envio.

    Abraço.
    BOM 2012 com mais anseios e concretizações.

    ResponderEliminar
  10. mais uma vez obrigada Paulo (;
    nunca deixes de acreditar no que vai dentro de ti, da sempre o teu melhor *

    ResponderEliminar
  11. e as tuas palavras apareceram na altura certa e foi mesmo ótimo e muito obrigada :)
    p.s: tinha dando se tivesse o teu blog antes *.*

    ResponderEliminar
  12. Obrigada por todas as palavras e forças *.*
    espero que nunca deixes que essa força que ainda existe dentro de ti fiquem em vão, aproveita a vida ao máximo e não desperdices com coisas banais.
    sé feliz e aproveita cada momento e cada instante *

    ResponderEliminar
  13. eu também só consigo abrir-me mais quando estou a escrever, porque sei que ninguém me vai julgar :o

    ResponderEliminar
  14. Não poderia concordar com o que me disseste mas por vezes falta-me a coragem para deitar a baixo as paredes que me querem derrotar :c

    ResponderEliminar
  15. AMIGO,

    Eu sei, que és um homem, que sabe esperar e fazer face a tempestades quer elas venham da terra ou do mar.

    Eu não sou cigana, nem vendo nada, só dou, quando, conscientemente, QUERO.

    Por aqui, também, está frio e um abraço, o teu abraço, sabe sempre bem, porque é Inverno... e em todas as estações, queremos entrelaçar braços com abraços.

    Dorme bem e feliz.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. gosto bastante de te ler, ou melhor, ler a inspiração das palavras que transmites.


    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  17. mais uma vez concordo contigo, mas eu ando a ficar farta disto tudo acredita :s

    ResponderEliminar
  18. Bom texto.
    Um Feliz Ano de 2012 pra ti.

    ResponderEliminar
  19. Suas palavras são belíssimas. Esse texto me arrepiou pq é exatamente assim que me sinto às vezes. Nos sonhos é que realizamos nossos maiores desejos e só de imaginar que isso possa acontecer já é uma vitória.
    Bjs
    http://maviealeatoire.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. eu prometo que irei cuidar de ti e sentir que sou melhor do que imaginava *
    mas as vezes alguma acontece e eu deito-me logo abaixo, não sei como mas parece que existe uma barreira que me prende aquele momento e parece que quer que eu sofra ainda mais :x
    mas eu acho que ainda tenho forças para tudo , eu contigo (;
    Obrigado por todas as palavras (:

    ResponderEliminar
  21. também gostas de Yiruma? :3 fico contente. dá-me sempre inspiração e consegue acalmar-me mesmo nos momentos em que não preciso de calma.
    és muito amável! :') beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Paulo,

    Estou respirando novos ares, mas as saudades não me deixam.
    Quero continuar a tê-las, embora me doa o peito, até concretizá-las.
    Estou e sinto-me confinada, e tendo nascido numa planície, onde vemos tudo, searas, papoilas, moços e um horizonte, que nunca termina, perceberás, como ninguém, o sentido e o conteúdo das minhas palavras, do meu sentir.
    Vale-me e "bebo" na poesia, que, vou fazendo, para afogar as mágoas e os anseios, que me abordam e que me perturbam.
    Amanhã, último dia do ano (o tempo passa tão depressa!), estarei, estaremos, aqui, se Deus quiser. Tu, na planície, segundo julgo, eu, em terrenos mais acidentados.

    Em planície, peneplanície, ou em socalcos, os sentimentos rolam e instalam-se, acomodados, esperando um novo dia, uma oportunidade de verem o sol, que tanto nos aquece o olhar e a alma.

    Sorri! A vida continua e felizmente há luar.

    ABRAMOS OS ABRAÇOS AO NOVO ANO.

    Abraço, sempre teu.

    ResponderEliminar
  23. eu só disse a verdade! :')
    folgo em saber!

    ResponderEliminar
  24. Sincero , profundo ; lindas essas palavras que do teu coração escorrem*

    ResponderEliminar
  25. concordo contigo. Mas por vezes nada é fácil e por vezes só me apetece cair e nunca mais me alevantar!

    ResponderEliminar
  26. sim , a imagem realmente diz tudo :)
    bom ano pra ti também !

    ResponderEliminar
  27. Obrigada! Gosto muito do texto.Parabéns :D

    ResponderEliminar
  28. Sua escrita cativando e encantando sempre. Te desejo um 2012 cheio de paz, possibilidades e realizações. Um abraço gigante, Ana.

    ResponderEliminar
  29. Olá Querido Amigo,

    Agradeço suas visitas e comentários em meu blog.

    Desejo um 2012 de mtas realizações e vitórias.

    beijos
    Suely

    ResponderEliminar
  30. QUE O DIA SEJA TODO TEU!

    "Deixaste-me" ontem ao entardecer. Há tanto tempo!!!!!!!!!!!!!
    E a propósito de entardecer, lembrei-me de uma quadra de um soneto de Florbela Espanca e que diz assim:

    "Se tu viesses ver-me, hoje à tardinha,
    à hora dos míseros cansaços,
    quando a noite, de perto se avizinha,
    e me prendesses toda, nos teus braços"

    Dormes, talvez ainda,Paulo, e a propósito, escrevo-te este extracto de um poema, de que gosto, particularmente, e que "reza", assim:

    "Dormes e eu velo, sedutora imagem,
    Grata miragem, que no ermo vi,
    Dorme, IMPOSSÍVEl, que encontrei na vida,
    Dorme, QUERIDO, que eu repouso aqui".

    Terminar o ano com poesia, desculpa, mas tenho palavras, muitas, para entregar.

    Bom final de ano. Diverte-te, como achares e te sentires melhor.
    Eu, passá-lo-ei a escrever e QUERO comecá-lo a escrever.

    Detesto barulhos, fogo de artifício e similares, mas há sons de que gosto: uma gargalhada, semi cortada, semi abafada, um sopro leve ou uma música subtil, mas arrebatadora.

    BOM ANO DE 2012.

    Beijo e abraços, novos, sempre teus.

    ResponderEliminar
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  32. Igualmente meu querido! :P e que continues a escrever lindamente e que tenhas um fantástico ano!



    beijinhos e obrigada <3

    ResponderEliminar
  33. Muito embora um momento psicologico, desejo-te um Bom Ano Novo. Abraço de renovada amizade

    ResponderEliminar
  34. Muito embora um momento psicologico, desejo-te um Bom Ano Novo. Abraço de renovada amizade

    ResponderEliminar
  35. Oi meu anjo. Passando rapidinho para lhe desejar um Feliz Ano Novo repleto de realizações. Tudo de bom em sua vida. Beijos (=

    ResponderEliminar
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  38. Thank for sharing your art with us. I am so happy that I found your blog. Wishing you a new year full of creative writing, joy, love and peace.

    ResponderEliminar
  39. Dá tempo ao tempo... Bem sei que é difícil.

    Entretanto, que 2012 seja um ano de paz, saúde e amor.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  40. fiquei encantada com os teus textos . Muitos parabéns e um bom ano :)*

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *