Coração de Gelo

09:49

Sinto-me incapaz de combater o frio que arrombou a minha defesa de roupas enfiadas com pressa e líquidos quentes que mergulharam no meu interior com precisão. Cada vez mais procuro prazer em tempos livres que agora são todos e encontros com sorrisos que se escondem no escuro. E as saudades que te sinto vêm rebentando toda a minha alma. Perfurando cada íntimo espaço e congelando toda a minha capacidade de sentir outra diversidade de sentimentos. Não digo que gostaria de amar outra pessoa de igual modo pois seria de loucos voltar a queimar cada parte do corpo com um sentimento nunca correspondido e voltar a escaldar-me com as mesmas palavras e acções cometidas de ânimo leve. Ou simplesmente não o digo porque não haverá ninguém que me fará amar do mesmo jeito peculiar e extraordinário. Porque é de amor que todo este frio se trata. Este frio que congestiona todo o sentir numa vontade de sentir tudo ou simplesmente libertar a alma de não sentir nada. É um momento em que o frio do amor se torna o quente da alma e corrompe cada pedaço gelado de um corpo enquanto o torna quente e habitável por qualquer sentimento que o coração possa albergar.



You Might Also Like

34 comentários

  1. Ok, sem nenhuma modéstia ... esse é o seu melhor texto, sua obra-prima!

    ResponderEliminar
  2. Tens de dar tempo ao tempo. Primeiro concentra-te em reunir forças para combateres este amor "perdido". Porque toda a gente sabe que assuntos direccionados com o coração nunca são fáceis de tratar (principalmente com pessoas como tu,porque pelo que vi sofres um bocadinho mais facilmente (a nível de sentimentos) do que as pessoas em geral). Em seguida é não perder a esperança!!
    Nunca,mas nunca se deve perder a esperança no amor.
    O amor é uma (grande) parte da vida que deve receber o seu devido valor. E só por ele te ter falhado uma vez não quer dizer que falhe na próxima!!

    UM grande beijinho* e espero que consigas ultrapassar esta fase tão difícil. Muita força!!
    p.s-gostei da mudança no teu blog =)

    ResponderEliminar
  3. "Não digo que gostaria de amar outra pessoa de igual modo pois seria de loucos voltar a queimar cada parte do corpo com um sentimento nunca correspondido e voltar a escaldar-me com as mesmas palavras e acções cometidas de ânimo leve." - LINDO, lindo :') Muita força Paulo <3

    ResponderEliminar
  4. Agradecia que seguisses o meu novo blog, http://www.lilianarodrigues16.blogspot.com/ , obrigada :)

    ResponderEliminar
  5. a sério ? eu não percebo nada :s opto por ir aos blogskins mas lá também tem muita coisa que não gosto, aliás... a maior parte xd
    oh, punhas como tema para ver como ficava :c

    ResponderEliminar
  6. pode ser que fique ao teu gosto :b

    ResponderEliminar
  7. Não tens que agradecer, já sabes <3

    ResponderEliminar
  8. Nem de propósito, este post. Hoje questionei-me se o meu coração congelou.

    Bjinho!*

    ResponderEliminar
  9. quem me deraaa! tão lindo este texto meu doce!

    ResponderEliminar
  10. Não tens de agradecer =)
    Quem o faz sou eu,por despenderes do teu tempo a passar pelo meu blog,e dar-me força

    Beijinho* e obrigada!

    ResponderEliminar
  11. Sempre com textos maravilhosos e acolhedores!

    ResponderEliminar
  12. Post perfeito: texto e fotografias ;) Beijo*

    ResponderEliminar
  13. Saudade dói, mas a minha não me congela, pelo contrário!

    :)
    beijos

    ResponderEliminar
  14. Adorei, deixo aqui um grande abraço para te dar força :)

    ResponderEliminar
  15. Lindo texto,cheio de sentimento.um pouco triste porém,faz parte de quem verdadeiramente ama alguém ,boa sorte,abraços.

    ResponderEliminar
  16. Perfect reading for a cold night.

    ResponderEliminar
  17. Diante disso, tão intenso, penso que dizer que vai passar não resulte e possa até parecer desrespeitoso, sendo assim ofereço um abraço sincero e quentinho, calor humano extra pra evitar que o sangue congele nas veias.

    Que tal?

    \________☺________/

    Beijos, querido meu.

    ResponderEliminar
  18. O facto de eu ter medo passa por ter já me ter magoado algumas vezes. Tenho medo de ser outra vez magoada.

    ResponderEliminar
  19. ai, adorava! queria tanto ir vê-lo *

    ResponderEliminar
  20. A saudade tem poder inexplicável sobre nós, e consegue manter acesos sentimentos que por vezes gostaríamos de libertar... Ficam presos no nosso coração, como se este estivesse congelado, imune a qualquer mudança...

    Força*

    ResponderEliminar
  21. " Não digo que gostaria de amar outra pessoa de igual modo pois seria de loucos voltar a queimar cada parte do corpo com um sentimento nunca correspondido e voltar a escaldar-me com as mesmas palavras e acções cometidas de ânimo leve. Ou simplesmente não o digo porque não haverá ninguém que me fará amar do mesmo jeito peculiar e extraordinário."

    Como te compreendo :o mais um texto extraordinário, de me deixar sem palavras

    ResponderEliminar
  22. O texto está fantástico!
    "Ou simplesmente não o digo porque não haverá ninguém que me fará amar do mesmo jeito peculiar e extraordinário." é suposto ser assim não é? Haver uma pessoa que amámos daquele jeito, que mais ninguém conseguirá ultrapassar (...)
    Estás de parabéns! Tens um jeito de escrever inacreditável!

    ResponderEliminar
  23. Awww, e como é bom ler uma coisinha vinda de ti *-*

    ResponderEliminar
  24. É mesmo verdade :) só o destino sabe o que nos reserva...

    ResponderEliminar
  25. Nem vontades tenho, apenas queria, paz...

    ResponderEliminar
  26. eu também acho! mas não publicaste, pois não? *

    ResponderEliminar
  27. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  28. posso "roubar"?
    devidamente identificado, claro!;)

    ResponderEliminar
  29. - Sem qualquer problema Fiona :)

    ResponderEliminar
  30. hi dee hi placedopaulo.blogspot.com owner discovered your blog via yahoo but it was hard to find and I see you could have more visitors because there are not so many comments yet. I have found website which offer to dramatically increase traffic to your website http://xrumer-service.com they claim they managed to get close to 4000 visitors/day using their services you could also get lot more targeted traffic from search engines as you have now. I used their services and got significantly more visitors to my site. Hope this helps :) They offer best services to increase website traffic Take care. Jeremy

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *