Um caminho ou dois?

13:49

Entrar numa paixão é como sentar na fila da frente de um autocarro que passe por uma estrada do litoral alentejano. Olhando para a frente parece que mais nenhum carro cabe na mesma estrada que nós, mas no entanto quem está de fora vê sempre o ponto real.
A perspectiva interior é repleta de ilusões e injustificações. É um abanar intenso de árvores sem que nunca nada caia. É ir de encontro a um caminho sem noção da realidade. 
Já quem está de fora, alimenta-se da compreensão e dá a volta aos vértices da questão. Porque a paixão é idêntica a uma casa e nós tentamos sempre encontrar a porta de entrada e nunca a das traseiras. Esquecemos essa hipótese mas quem está de fora consegue sempre visualiza-la. Nem sempre a parte de trás significa o esquecimento ou a zona menos importante. Por vezes é a parte que parece ser menos importante que mais é necessitada. É o básico para que todas as outras acções corram como planeado. É o sentimento necessário para a conquista do caminho correcto. E por isso, o melhor é procurar ver a paixão do lado de fora para encontrar uma lacuna por onde o sentimento se possa infiltrar sem causar impacto nocivo ou delinquente na sua junção com outro.



Não costumo pedir mas desta vez preciso mesmo da vossa ajuda! Podem votar no meu texto? http://www.conteconnosco.com/trabalho-detalhe.php?id=573 - façam login no canto superior direito da página e depois cliquem no VOTAR por baixo da foto ! Podem passar aos vossos contactos? Agradeço toda a ajuda - OBRIGADO!

You Might Also Like

95 comentários

  1. Lindo *.*
    Eu não diria melhor.... a paixão é mesmo isso, um caminho bifurcado, em que a realidade nem sempre é a que vemos ou queremos ver... em que a solução nem sempre é a mais correcta, apesar de o parecer para que se encontra dentro da situação...

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada! Para ti também :)

    ResponderEliminar
  3. Para mim esta é uma verdadeira lição, para quem está num caminho de aprendizagem, e mesmo para quem seja mais experiente pois nunca se sabe tudo! É uma grande lição!
    Parece-me que tudo o que está escrito faz sentido, e que deverá ser esse o pensamento a ter.
    Estou sem palavras para dizer, pois não me parece ser possível um "aluno" comentar/criticar um "professor".
    Vou pensar em tudo o que li. Obrigado por tudo!

    ResponderEliminar
  4. afinal conseguiste :D

    este também vais dizer que não está nada de especial? :c

    ResponderEliminar
  5. Olá Paulo, devo dizer que em tantos anos de blog, desde que voltei foi aqui hoje, no agora que me deixei estar mais tempo...a música é de um bom gosto tremendo.
    A tua escrita é "saborosa" de ouvir, voar pela planície alentejana.
    Paixão ... aqui está definida. Será que há um caminho correcto? Há que acreditar que sim, senão não faz sentido…obrigada pela partilha e visita. Deixo um beijo n´oteudoceolhar*

    ResponderEliminar
  6. Olá amigo!
    Uma paixão é um sentimento bom, porém depende do ângulo onde estamos vivendo ela ou não!
    Lindo seu texto,muito bom para refletir!
    Beijos
    Aline

    ResponderEliminar
  7. Engraçado como eu nunca tinha pensado na paixão nestas perspectivas ;) Está muito bonito :D

    ResponderEliminar
  8. Só quem sente sabe. E se você olha de fora, não é o envolvido. Aliás, quem está de fora não partilha o sentimento, faz uma análise fria e nem sempre correspondente à realidade.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  9. adoro , está lindooooooooooo <3 $':

    «A perspectiva interior é repleta de ilusões e injustificações.» :x

    ResponderEliminar
  10. Entrar numa paixão tambem pode ser fechar os olhos e se atirar no infinito universo e seus misterios,,,sem saber ao certo aonde cairá, é se entregar,,,se abrir a sorrir e sonhar,,,e colorir na alma a mais bela paisagem de amor...abraços de bom dia pra ti meu amigo.

    ResponderEliminar
  11. Gostei mesmo da comparação inicial (:
    Cada vez escreves melhor *.*

    ResponderEliminar
  12. MUITO OBRIGADA PELA FORÇA MEU QUERIDO *-* sinceramente, estou mais que cansada deste mundo neste momento mesmo s;

    ResponderEliminar
  13. Mais um texto lindo, meu doce :)))

    Olha, se tu não me ganhas esse concurso, eu vou ter com esses marafados e grito até ganhares! Boa? ahahah :'))

    Beijinhos :')) ***

    ResponderEliminar
  14. obrigada, como tens passado (:?

    ResponderEliminar
  15. Paulo, mais uma vez, eu não diria melhor o que sinto e o que penso, neste momento.Obrigada. Gostei muito. Nô

    ResponderEliminar
  16. não quero, porque ias estar a mentir :b

    ResponderEliminar
  17. Compreendes bastante bem este sentimento, estas comparações são bastante precisas =)
    Abraço

    ResponderEliminar
  18. quando dizes isso dos teus textos, é o que fazes, e tenho dito ahah :b

    ResponderEliminar
  19. Muito obrigada :)
    Já votei querido :)

    ResponderEliminar
  20. Olhando para a frente parece que mais nenhum carro cabe na mesma estrada que nós, mas no entanto quem está de fora vê sempre o ponto real.

    sim,sim,sim,sim,sim...! :D

    e lindo pra variar ;)
    bjus

    ResponderEliminar
  21. Já votei (:
    Parabéns pelo texto que está óptimo e pelo blog também.

    ResponderEliminar
  22. Paulo...olá.
    Tens resposta no blog no ultimo Post. Qd puderes e quiseres és bem vindo. Beijo n´oteudoceolhar *

    ResponderEliminar
  23. Já votei, boa sorte para o resto do concurso :D

    ResponderEliminar
  24. Belo post!
    Muito, muito reflexivo...
    Parabéns!
    Beijos mocinhO! =)

    ResponderEliminar
  25. exactamente Paulo (:
    e hoje tive um dia completamente não, daqueles que nos faz desejar nunca ter saído da cama, sabes? mas são dias (;

    ResponderEliminar
  26. Gostei como sempre! :D
    E já votei ;)

    ResponderEliminar
  27. obrigada <3
    ai bolas, não te encontro lá para votar em ti!

    ResponderEliminar
  28. Como sempre encantador o post.Claro que voto,pode contar comigo

    ResponderEliminar
  29. Um perfume que tem efeitos secundários! ahahaha

    ResponderEliminar
  30. Olá! Sem dúvida que concordei no que disseste. Às vezes pensámos que determinado caminho para alcançar essa paixão é um e "discriminámos" o outro mas esquecemo-nos que esse pode ser o correcto! :) Gostei, mais uma vez, muito dos teus textos!

    ResponderEliminar
  31. paulo, já votei e partilhei no fb :)

    ResponderEliminar
  32. nao tenho vindo muito ao blog, vim hoje e vejo que continuas a escrever muito bem :) parabens

    ResponderEliminar
  33. Tens toda a razão! obrigada :)

    ResponderEliminar
  34. Pois há... mas na maior parte das vezes só conseguimos ver uma perspectiva... quando estamos dentro da situação é difícil ver outros caminhos, outras possibilidades, e cingimos-nos apenas a uma só...

    ResponderEliminar
  35. é para votar até quando? ooh mas olha que merecias mesmo*

    ResponderEliminar
  36. Um final de semana de muita paz pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  37. mas sei eu ;)
    doi mesmo, é tão bom, tão aconchegante esta vida :/
    quanto ao texto, tens mesmo muita razão naquilo que dizes, de fora vêem-se melhor as coisas! e está lindo como sempreee :)
    e já votei claro ^^

    ResponderEliminar
  38. apenas parecia que ontem o mundo estava todo contra mim e que cada coisa que dissesse, mesmo que inocentemente dita, era motivo de discussão :s
    foram discussões, desilusões, aulas, estar doente e mais umas quantas coisas. e não me parece que hoje esteja a melhorar, enfim :x

    e o teu Paulo?

    ResponderEliminar
  39. este texto está perfeito! :')
    e já votei no teu textinho :D

    ResponderEliminar
  40. não tens de agradecer (:

    ResponderEliminar
  41. sim, irei ajudar paulo! á noite começo a passar, pode ser? :)
    oh que querido <3

    ResponderEliminar
  42. fogo que dias mesmo :s

    ResponderEliminar
  43. somos os dois, pronto! :)

    ResponderEliminar
  44. Nisso tens toda a razão, o mistério do rumo que a vida tomará torna cada dia numa viagem única que não esperamos ter :)

    ResponderEliminar
  45. Obrigado pela ajuda. Mas psicologia já foi excluída :p
    E nem tem muita saída, já teve mais.

    ResponderEliminar
  46. Tu mereces :3
    Dás-me a tua opinião sobre o fundo do blog, se preferes este ou o antigo sff?

    ResponderEliminar
  47. e é o que vamos fazer! esquecer e continuar (:

    ResponderEliminar
  48. Adorei o blog :O
    sigo inquestionávelmente :D
    Passa no meu também e se gostares segue-me também :D

    ResponderEliminar
  49. não é ganhar ou perder que vai marcar a diferença no teu dom para a escrita, e acredita que esse é fantástico! não ganhas este, ganhas o próximo ;)
    Sem dúvida que ficarão! ahah, então pratica, não te vais arrepender!
    oh, sou nada uma grande mulher, sou normal :) <3

    ResponderEliminar
  50. pois é. Gostei muito paulo (:

    ResponderEliminar
  51. Então mas não era isso que ela queria? Não encontra emprego ela é?

    ResponderEliminar
  52. " É o sentimento necessário para a conquista do caminho correcto. " (...)

    Se calhar é mesmo '

    Escreves cada vez melhor (;

    ResponderEliminar
  53. Acredita que estás a evoluir , estás mesmo (:

    ResponderEliminar
  54. É tem razão,estou culpando a alguém por te levado a minha felicidade quando la mesmo me escapou.

    ResponderEliminar
  55. Teus textos como sempre, lindos e nos banhando de sensibilidade.

    Que este caminho seja sempre doce.
    Parabéns pelo seus escritos!
    Sempre me encantam!

    Já votei em ti!
    ;)

    beijo e beijo*

    ResponderEliminar
  56. oh, mas tens é que pensar que é uma forma de mostrares o teu talento! e como disseste já entraste tarde na competição, por isso, não podes ser assim tão competitivo ;)
    mas mesmo assim, ainda nada está perdido **
    "O destino que vos afasta é o mesmo que vos une" gostei da tua frase, tens muita razão no que dizes! e às vezes eu esqueço-me disso!

    ResponderEliminar
  57. Blog 5*, Parabéns


    Vou seguir :D

    ResponderEliminar
  58. Tens razão. De fora é sempre mais fácil. A distanciação daquilo que sentimos permite-nos ver por onde ir e testar todas as possibilidades. Por isso é que pedimos conselhos, a quem sabe mas não vive, a quem sabe o que fazer mas nunca o faz. Depois seguimos os conselhos ou então tentamos distanciar-nos mas é mais difícil quando estamos implicádos na situação que queremos resolver. (Não penses nisto, Pali)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *