Nuvem de sentimentos

04:17

Tentei ouvir o som das nuvens que por cima da minha cabeça vagueavam tão felizardas, tão brancas num céu tão azul; um céu só delas. Brancas as nuvens, que paz significa mas tudo o que estas nuvens me trazem trata-se de muito mais do que paz. Recordo-me de pensamentos que tinha enquanto o vento me batia na cara e a nuvem parecia desmontar-se. Pensei ser assim com os sentimentos. Em que bastava admitir a chegada de um outro menos bom e tudo aquilo que tinha sido bom, à partida, se desmoronaria. Foi uma maneira que encontrei para explicar o motivo de que não iria amar para sempre, mas talvez me tenha enganado. Não pedi que a consciência atacasse estes pensamentos pois eles eram função e propriedade do meu peito latejante que averiguava todos os gestos e a ele dependiam as minhas acções. Descobri que não eram outros sentimentos que iriam fazer separar aqueles que eu já tinha, eram sim as vontades e desejos de outrem que tentavam instigar todas as minhas necessidades sentimentais. E então como nada podia fazer quanto à intriga e à malvadez de outros, sem malvadez nenhuma, só me pude esconder. E escondido fiquei durante montes e montes de tempos que tempos não puderam ser, mas a percepção que me levou a pensar que o amor não era eterno ficou comigo e rapidamente o não, tornou-se num ácido e num permanente sim. Por isso, quando me decidi em largar o buraco onde as nuvens não me cercavam reparei que assim como os sentimentos as nuvens não desaparecem totalmente. Elas ganham outras formas mas voltam sempre ao seu céu pois é lá que pertencem e lá nunca ninguém lhes poderá tocar, assim como os meus sentimentos estão guardados sem nunca serem tocados por outro alguém. 



[ Volto a pedir aos meus seguidores que votem em mim numa competição que se prolongará até Julho. O problema é que começou em Maio e eu já perdi muita vantagem... No entanto gostaria de angariar votos e conto convosco. O site é: ESTE e precisam de fazer Login With Facebook (na barra azul no canto superior direito) e depois clicar em Votar debaixo da fotografia. Obrigado! ♥ - É UM VOTO POR DIA]

You Might Also Like

119 comentários

  1. não pensei que custasse tanto como custou :c

    ResponderEliminar
  2. eu estava sempre a crer o final das aulas, e nem me lembrava que eles acabavam as aulas mais cedo que nós :c e na quinta chorei, e ontem chorei tanto tanto :c custa imenso :s mesmo que sejam pessoas que conhecemos a poucos meses.

    ResponderEliminar
  3. mas eu ainda não estou no secundário, estou no 7º ano.

    ResponderEliminar
  4. Lindíssimo.
    Mais quem sabe valha a pena deixar que outro alguém alcance seus sentimentos, quem sabe essa pessoa não será o definitivo amor pra você?
    :)
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. Está lindo, sem dúvida. (:
    Segui *

    ResponderEliminar
  6. Nuvens bailarinas que incrivelmente caladas contam histórias, desenham memórias e nos fazem sonhar longe,,,e ao longe almejar o amor...abraços de bom sábado pra ti meu amigo.

    ResponderEliminar
  7. Oi Paulo

    bela conclusão a que vc chegou.
    O amor é como a nuvem, só muda de forma, está em nós e conosco segue por toda vida.

    Vou lá votar com prazer.

    Sorte!

    Bj

    ResponderEliminar
  8. ai que pena, não pude votar, não tenho facebook. Fico daqui torcendo

    ResponderEliminar
  9. AMEI querido.
    ADOREI de inicio ao fim...

    ResponderEliminar
  10. Amo tanto as tuas palavras!!
    Amo mesmo a maneira como falas das coisas, como encaras a tua vida, como ultrapassas cada obstáculo, como vives e como ME ajudas!
    Publicas isto num dia em que só me ouves a desabafar de coisas quem nem sequer queria voltar a sentir.
    É por estas e por outras que te odeio, por seres tão perfeito na tua escrita, por seres tão sincero, por as tuas palavras encaixarem perfeitamente na vida de qualquer dos teus seguidores, porque acredito que não serei a única a identificar-me com cada uma das tuas palavras. Sabes que te amo e sabes bem que és muito para mim!
    (Forever and ever <3 (a))

    ResponderEliminar
  11. ja votei *.*

    Concordo plenamente querido $;
    por vezes a dor é maior no nada $;

    Ainda bem que gostaste!

    ResponderEliminar
  12. "os meus sentimentos estão guardados sem nunca serem tocados por outro alguém"

    Claro que haverão sempre as nuvens que para sempre ficam. E são precisas nuvens para haver arco-
    iris. Mas não queiras mantê-las para sempre no teu céu. Porque um dia vais afasta-las e descobrir o sol =)

    Bjinho*

    ResponderEliminar
  13. Adorei. Nada é para sempre, tudo é efémero e estamos apenas de Passagem...

    ResponderEliminar
  14. Já tinha saudades destas maravilhosas palavras (':

    ResponderEliminar
  15. Então porque dizes que está desgraçada? :b

    "Elas ganham outras formas mas voltam sempre ao seu céu pois é lá que pertencem e lá nunca ninguém lhes poderá tocar, assim como os meus sentimentos estão guardados sem nunca serem tocados por outro alguém." ADOREI :D

    Vou votar de novo ;)

    ResponderEliminar
  16. mais um, lindo (:

    esqueci-me de dizer que já voltei :D

    ResponderEliminar
  17. viveria melhor esses tempos se eles continuassem lá :c

    ResponderEliminar
  18. Obrigada de coração, pelas tuas fantásticas palavras Paulo (:

    ResponderEliminar
  19. mas estes serão sempre insubstituives *

    ResponderEliminar
  20. De nada :D

    Pois, mas se é o que ela quer. Só podemos desejar-lhe sorte.

    ResponderEliminar
  21. de nada mesmo, forçaaa se necessária for :)

    ResponderEliminar
  22. adorei paulo. e votei em ti (:

    ResponderEliminar
  23. claro que não podia deixar de votar :')

    ResponderEliminar
  24. É disso que preciso, sempre (:

    ResponderEliminar
  25. ainda bem, :)
    escreves muito bem *

    ResponderEliminar
  26. só se achar que merecem :b

    ResponderEliminar
  27. ainda estou a deliberar (A)

    ResponderEliminar
  28. Adorei, o texto está realmente bonito. Consegues fazer um jogo de palavras extremamente encantador, e tudo o que com elas transmites não passa de verdade. E só esse facto, de conseguires expor assim as coisas já torna de ti um óptimo escritor pelo que vi neste post. Continua e obrigada por teres passado no meu*

    ResponderEliminar
  29. ohh, não digas isso :$
    olha que eu sou muito inconstante (a)

    ResponderEliminar
  30. ve se gostas da minha ultima publicação $;

    -Amanha se cá vier volto a votar então*.*

    ResponderEliminar
  31. em relação a certas coisas, sim (:

    ResponderEliminar
  32. às vezes tanto quero uma coisa como logo a seguir outra, normalmente coisas banais, nada específico (:

    ResponderEliminar
  33. Paulo,

    talvez esteja a ser fria, calculista, egoista, nem eu sei.
    Mas amar para sempre?
    É lindo sim ... muito lindo nos filmes...aqueles que terminam assim: THE END. Aqueles em que nós sabemos o fim ali. E depois cá fora que continuação terá um filme de happy ending.
    Má fria, talvez...ou talvez por já ter acreditado um dia que sim que se puderia amar para sempre.
    Um dia ...
    Bom fds. Beijo n´oteudoceolhar * Acredita porque nem todos somos iguais e o hoje jamais será igual ao amanhã.

    ResponderEliminar
  34. Nisso tens razão, mas também não merece algumas pessoas que cá estão e elas estão na mesma s; Já não tenho facebook, desculpa :x

    ResponderEliminar
  35. Tuas palavras como sempre tão CATIVANTES.

    ResponderEliminar
  36. Tens razão,obrigado pela força.

    Comparação perfeita.Os nossos sentimentos nunca se vão como as nuvens que se desfasem,mais com o tempo encontra outra nuvem perfeita para completa-la ,lindo o post.

    ResponderEliminar
  37. "Descobri que não eram outros sentimentos que iriam fazer separar aqueles que eu já tinha, eram sim as vontades e desejos de outrem que tentavam instigar todas as minhas necessidades sentimentais." - Está fabuloso, querido Paulo :) Cativar? Essa palavra serve perfeitamente para ti! :') ***

    ResponderEliminar
  38. esquece, eu pensava que os textos é que não eram teus.
    as fotos, são todas do weheartit.

    ResponderEliminar
  39. já estava a achar muito estranho :o

    ResponderEliminar
  40. pois é .
    muito boa escrita!

    ResponderEliminar
  41. muito obrigada mesmo paulo :)* também gosto muito do teu blog! escreves muito bem.

    ResponderEliminar
  42. Nada se perde, tudo se transforma. Ás vezes, os sentimentos despedaçam-se ficando reduzidos mas claro que nunca desaparecem voltando, sempre a manifestar-se quando um novo sentimento chega ao nosso coração. A sensação de perda é normal quando o sentimento se quebrou e por breves momentos adormeceu dentro do nosso coração até que um dia acorda de repente. E aí ganhamos a alegria e o amor de novo. A vida é como um filme em que a história é escrita e representada por nos, ao mesmo que inflenciada pelas pessoas que vamos conhecendo e se o final não foi feliz no primeiro filme, podemos sempre tentar fazer uma nova sequela e fazer do final mal acabado um final feliz que dure por muito tempo. (Não penses nisto, Pali)

    ResponderEliminar
  43. Sinceramente, tu também o és e não é pouco!

    ResponderEliminar
  44. A opinião é mais uma vez unânime o teu texto é super bom!

    ResponderEliminar
  45. claro que gostei :)
    Ohw ainda bem $: *

    ResponderEliminar
  46. Vou continuar sim Paulo e mais uma vez obrigada (:

    ResponderEliminar
  47. Infelizmente não sou :c

    ResponderEliminar
  48. É um facto ... Tens lá a resposta.
    Um sorriso e um beijo n´oteudoceolhar*

    ResponderEliminar
  49. o pior é que não parece que está destruído, está mesmo.. ora essa!

    ResponderEliminar
  50. muito obrigada !
    eu gosto bastante dos teus textos !

    ResponderEliminar
  51. Por vezes acabamos por conhecer bastante alguns estranhos que nem da nossa existência sabem...
    Adorei este post!
    Mas por vezes é bom que haja alguém que alcance os nossos sentimentos... Não nos podemos isolar para sempre.

    ResponderEliminar
  52. a sério, adoro os teus textos :b

    ResponderEliminar
  53. Uma semana de muita paz pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  54. Simpático és tu, Paulo! :)

    Ainda bem que gostas da desvairada da Bennyy :P estou adorar escrever isto :') *

    ResponderEliminar
  55. Obrigada por tudo, pelo esforço de leres tudo o que é meu, e sim já emendei os erros, obrigada pela chamada de atenção *.*

    ResponderEliminar
  56. então pronto, aquele post é para ti! :)

    ResponderEliminar
  57. sim, aquela imagem diz tudo :s
    obrigada :D

    ResponderEliminar
  58. ohh, que fofinho :$
    mas tenho sim :')

    ResponderEliminar
  59. eheheh, sabe mesmo bem ler aquelas coisas ;)

    ResponderEliminar
  60. Minha? acho que não tenho, quem me dera! :o

    ResponderEliminar
  61. Exactamente e dizem que eu escrevo muito bem, mas ver que erro faz com que eu tenha mais prazer em emenda-los e evolua e agradeço-te por me chamares a atenção! *


    Obrigada por gostares, $; e sim a uva sou eu $;

    Gostava que me ajudasses com isso das frases, $:

    ResponderEliminar
  62. Por um lado é bom não expor os nossos sentimentos a qualquer um... Mas não podemos ser muito fechados, acabamos por ser infelizes...
    De nada :D

    ResponderEliminar
  63. eu é que sei Paulo :b

    ResponderEliminar
  64. ainda bem :) já te sigo*

    ResponderEliminar
  65. vamos ter problemas querido? :b
    eu é que sei :D

    ResponderEliminar
  66. Existem parecenças, de facto :P Mas a Benny é completamente maluca daquela cabeça! :P ***

    ResponderEliminar
  67. Eu não acho que acho mal :c e não vou mudar de opinião *

    ResponderEliminar
  68. ai sim? ainda bem (: . obrigada !
    gostei muitoo do teu paulo, escreves tão bem, *.*

    ResponderEliminar
  69. está a parecer que sim :c
    olha que eu ganho (a)

    ResponderEliminar
  70. então pronto, nao foi exagero. Foi verdade pura :b

    ResponderEliminar
  71. Oh Paulo :)))) Achas mesmo? :) A minha mãe já me disse o mesmo! Mas pronto, nunca pensei muito nisso... para ser sincera!
    Mas já agora, porque que não fazes o mesmo? :))) ***

    ResponderEliminar
  72. siim, :)
    neste cantinho, encontra-se tanto apoio *

    ResponderEliminar
  73. Pois devia, mas a culpa não é minha :c

    ResponderEliminar
  74. Já tinha reparado nisto, mas hoje, nestes últimos dias que me tens vindo a ajudar bastante, reparei mais "Uns elogiam o meu lado mais querido e simpático, já outros detestam o lado frio e repugnante. Não sou metade cada. Sou um todo dos dois."
    Bem, eu digo-te uma coisa, ninguém é perfeito sabias? $: Por isso ser assim, tal como tu dizes-te é um bom caminho, porque por vezes a perfeição magoa $:

    Em relação a isso do "gostei\adorei" também sempre achei isso e se eu algum dia fiz isso (Fiz? $:) também foi porque não tinha a cabeça no sitio para comentar devidamente.

    Força não prometo ter mas prometo que irei fazer o que sempre fiz até hoje procurar por ela, a força, $:
    Agradeço-te mas agradeço-te do fundo do coração por tudo o que tens feito!

    ResponderEliminar
  75. Infelizmente é verdade, os nossos sentimentos tornar diferentes formas e ficam guardados no nosso interior, se não forem libertados e satisfeitos.
    Mas o que poderemos nós fazer aos sentimentos que não podem, nem conseguimos satisfazer? Procurar outras formas de os satisfazer?

    ResponderEliminar
  76. Já votei, está maravilhoso como sempre são os teus textos... podes votar no meu também:

    http://www.conteconnosco.com/trabalho-detalhe.php?id=433

    beijocas e boa sorte para nós ;)

    ResponderEliminar
  77. ja tinha sauades tuas : )
    a propósito votei :b

    ResponderEliminar
  78. ; foi escrito no dia dos meus anos , e AMEI !
    - ta simplesmente lindo ! Toca aqui dentro <3
    - meu escritor preferido ! +.+

    ResponderEliminar
  79. ; querida não , realista $:
    - obrigado pelos parabéns , zx
    - as vezes nem eu percebo-me :'
    [ é a minha base sabes ! $: ]


    p.s: sou mesmo tua fã , *-*

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *