Coração de baunilha

02:29

Tropeço nos meus passos apressados que descem as escadas de madeira oca. Encaminho-me por instinto e quase de olhos fechados para a estante que me alimenta de doçarias e alimentos repletos em hidratos de carbono e gorduras. Tacteei no fundo dos sacos procurando o mesmo de sempre, abasteci as mãos e encaminhei-me para o meu canto clarificador de ideias. O bolo de baunilha, à primeira dentada, parece seco e as pequenas migalhas espalham-se pela boca incomodando a zona debaixo da língua e os cantos dos dentes junto das bochechas. Depois as dentadas vão-se dando naturalmente e cada vez o seu sabor é mais doce. No final, quando a ultima dentada no bolinho é dada, assalta-me um arrepio na língua pois olho para o último bolo. Ultimamente trago sempre dois do armário da minha cozinha: um para mim e outro para ti. Depois fico sentado a olhar para ele desejando que apareças e lhe dês uma dentada, mas que não o deixes a meio como deixaste o meu coração à espera de um abraço. Quero que o comas todo e eu juro-te que espero que venhas. Todos os dias recorro ao relógio para contabilizar os segundos que são escassos e implorar para que num deles a tua presença se torne visível. E como isso não acontece... eu costumo agarra-lo e dar-lhe uma leve dentada por ti até o devorar lentamente como costumas fazer com a minha alma que tanto de ti necessita.



You Might Also Like

148 comentários

  1. Mais um texto fantástico. Adorei :)

    ResponderEliminar
  2. não tenho ideias nenhumas, foi por isso que não alarguei a lista.

    ResponderEliminar
  3. lindo lindo lindo paulinho :') amei <3

    ResponderEliminar
  4. Ah, é muita alma aqui, intenso demais, detalhista, cheguei até seguir cada passo que deu!

    Um beijo, Querido Paulo.

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pela opinião (:

    A minha reacção final ao ler este post foi: uau (disse-o mesmo).
    Nunca te vista alguém escrever assim, comparando duas as coisas que à partida parecem nada ter em comum. Gostei da analogia, da comparação.
    Está muito bom! Adorei!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Ela não pode ter-te deixado sozinho...
    Eu ia com toda a certeza.
    O amor tem força estranhas.

    ResponderEliminar
  7. eu não gostei coração, eu ameeeei ! :3 está lindo de morrer , mesmoo ! :')

    ResponderEliminar
  8. Eu sei que sim (:
    Não há como não gostar!

    Pois já vi que não, gostava era de saber o porquê.

    ResponderEliminar
  9. ó Paulo, mais um. Adoro mesmo !

    ResponderEliminar
  10. o verdadeiro amor és tu Paulinho querido :')

    ResponderEliminar
  11. Pois, deve ser isso. Uma porcaria é o que é!

    ResponderEliminar
  12. está fantástico, mesmo! :)

    ResponderEliminar
  13. a primeira parte é sempre a pior :|

    ResponderEliminar
  14. que delicioso :')
    oh pode se dizer que sim :$

    ResponderEliminar
  15. Eu tenho jogado num igual àquele da foto mas só tenho um jogo :(

    ResponderEliminar
  16. oh lindo, desde que seja de felicidade :b òin, :$$

    obrigada e já estudei (a)

    <3

    ResponderEliminar
  17. Faz pensar na falibilidade e insegurança da plataforma -.-'

    ResponderEliminar
  18. unf :c

    love you too, bf <3

    ResponderEliminar
  19. É que com o gameboy posso andar com ele na carteira, não pesa nada e jogo em qualquer lado xp

    ResponderEliminar
  20. Texto incrivelmente lindo para demonstrar o quão doloroso pode ser esperarmos por alguém.. Adorei amor <3

    ResponderEliminar
  21. as tuas palavras são uma doçura:)

    ResponderEliminar
  22. Adorei mesmo, escreves lindamente! :)

    ResponderEliminar
  23. pois sou, mas também sou má quando quero (a) mas para ti (acho que) nunca vou ter de ser má <3

    ResponderEliminar
  24. Por agora, parece-me que anda tudo um pouco assim...

    ResponderEliminar
  25. De cada vez que leio um dos teus textos fico com uma vontade enorme de te "matar". A sério, continuo a dizer que tens um dom para isto, consegues escrever de uma maneira tão doce e simultaneamente amarga. Fogo pah, começo a ter inveja xD

    Ah e obrigada pelo teu comentário =)

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  26. texto lindo, já agora, deste-me fome :c

    ResponderEliminar
  27. que lindo o texto amor, bem verdade ...
    Loveyouu <3

    ResponderEliminar
  28. pois, mas as saudades sao tantas que eu nao aguento mais ficar sem ele! nem mais um minuto...
    OBRIGADA POR TUDO PAULINHO (:
    AMEI O TEXTO *.*

    ResponderEliminar
  29. Tu até com bolos fazes metáforas, como consegues paah?
    Mas olha dear Paul, vais ver que ele vai acabar por voltar, que se vai sentar ao teu lado e que juntos vão comer o bolo. Que se for preciso nem vão dizer nada, mas vai ser um momento super simples, super intimo, super vosso.

    ADORO-TEEEEE♥

    ResponderEliminar
  30. Obrigado pelo teu comentário , fiquei mesmo contente ao lê-lo , e sim , a partir de agora eu não vou ser mais boneca de trapos com quem todos brincam , vou ser daquelas bailarinas que vêm em caixinhas que dançam cada vez que as abrem , mas que têm de ser bem cuidadas se querem que elas durem !!
    Não precisas de agradecer o meu apoio , porque se o faço é porque mereces , porque tal como tu sempre me ajudas-te com as tuas palavras libertadoras e incentivadoras , também eu quero retribuir ^^
    Quanto ao teu texto , não tenho muito a dizer , como sempre , está fantástico , Gosto Muiito (:
    Beijiinho Doce ^^

    ResponderEliminar
  31. Gostei bastante do Blog, :)
    Muito interessante !
    Deixo o meu aqui, caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderEliminar
  32. Adorei, adorei mesmo $;

    Já a muito que não vinha cá e esta parte comoveu-me "Todos os dias recorro ao relógio para contabilizar os segundos que são escassos e implorar para que num deles a tua presença se torne visível."

    ResponderEliminar
  33. Gosto tanto das tuas palavrinhas :D *

    ResponderEliminar
  34. Está lindo!
    Normalmente tenho o som do PC desligado, mas hoje foi excepção e por isso, ao ler este texto parecia que a música e o texto tinham sido feitos um para o outro (tal e qual as personagens da história, tal como tu gostarias que fosse com a pessoa que realmente amas).
    Consegues mesmo surpreender-me! Pois dou por mim a pensar se isto terá sido fruto da coincidência ou propositadamente (não digas o que foi!). O mais certo é não ter sido nem uma coisa nem outra, porque tu deves ter dentro de ti o que os verdadeiros escritores têm (a arte), cultiva-a! Isto porque só alguém fora de série (não é anormal!), consegue não pensar em fazer algo que e que saem naturalmente, com a inspiração. Dando origem a momentos tão belos como este!
    E mesmo que tenha sido pensado, é muito difícil faze-lo, não é qualquer um que consegue encontrar este equilíbrio e conjugação de sentimentos.
    PARABÉNS!

    PS: Já tens título para o livro? Quando será publicado? Se tiver esta qualidade espero que alguém o consiga "projectar" por esse mundo fora!

    ResponderEliminar
  35. « E como isso não acontece... eu costumo agarra-lo e dar-lhe uma leve dentada por ti até o devorar lentamente como costumas fazer com a minha alma que tanto de ti necessita. » - amei !

    ResponderEliminar
  36. acredito e concordo plenamente, *.*
    O resto pode não ser secundário, mas saber que encontramos a força de novo é o mais importante*

    ResponderEliminar
  37. Dá para receber que a opinião é geral..o texto está muito bom :)

    ResponderEliminar
  38. não posso. tenho medo de estar a ver coisas onde elas não existem.

    ResponderEliminar
  39. dizem que as coisas acontecem naturalmente, será verdade?

    ResponderEliminar
  40. e quando sabemos que nunca poderemos voltar a ter o que esperamos?

    ResponderEliminar
  41. Fazerem tão pouco ou até nenhum.

    ResponderEliminar
  42. nem eu para ti <3

    obrigada, ainda bem que estás a gostar :D
    só se for entre a Liah e o Ty :b

    ResponderEliminar
  43. Não cheguei a dar o meu primeiro mergulho, a água estava demasiado fria e só molhei as pernas, de resto fiquei a "estorricar" ao sol x)

    O teu texto está magnifico, tens uma excelente escrita :)

    Bom fim-de-semana**

    ResponderEliminar
  44. obrigada paulo, as tuas palavras fazem tanto sentido :)

    ResponderEliminar
  45. ahah, eu também estou ansiosa pela parte seguinte *-* mas não pode ser, só amanhã :b

    ResponderEliminar
  46. sei eu e basta , e sei que no fundo tu também o sabes <3

    ResponderEliminar
  47. posso-te adicionar no msn? (;

    ResponderEliminar
  48. Particularmente pormenorizado, ADOREI (:
    E Obrigada :b

    ResponderEliminar
  49. i know. já me habituei a que isto aconteça :)

    ResponderEliminar
  50. olha que é mesmo !
    obrigada $:

    ResponderEliminar
  51. Muito Obrigada. Gostei mto do teu blog :)

    ResponderEliminar
  52. Amanhã também devo ir à praia, pode ser que ai sim, seja o meu primeiro mergulho x) Há que aproveitar enquanto temos este tempo maravilhoso!

    ResponderEliminar
  53. Olá Paulo,
    boa noite,

    Quero agradecer sua visita e comentário em meu blog. Fiquei muitoooo feliz.

    Tenha um abençoado domingo no Senhor Jesus.

    Salmos 55:22

    Confia os teus cuidados ao Senhor,
    e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado.

    Deus abençoe,
    Suely

    ResponderEliminar
  54. Tão intenso e triste.
    Passando para lhe desejar um bom final de semana meu amigo!
    Fiquei com vontade dos corações de baunilha, parecem deliciosos!
    Beijos meus

    ResponderEliminar
  55. ai dá-me um aperto tão mas tão grande no coração :/

    ResponderEliminar
  56. Meu primeiro carinho matinal... Me perdendo, me achando, sendo notada. E você percebendo. Parabéns pelo teu sucesso por aqui.

    Um beijo cheio de afeto, Querido Paulo.

    ResponderEliminar
  57. Muitas vezes somos nos a propria força*

    ResponderEliminar
  58. tal como dizes ali em cima « A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »
    Por isso, pensar, viver destes momentos faz com que isto aconteça com menos frequencia*

    ResponderEliminar
  59. Sim disso tens razão, mas que não deixam de ser essenciais nao deixam (:

    ResponderEliminar
  60. AMEI.
    Sem duvida alguma que por trás deste texto está um coração com muito amor.
    Um Beijinho *

    ResponderEliminar
  61. bastante grande , mas também tenho medo que estes pesadelos querem dizer mais alguma coisa *

    ResponderEliminar
  62. só espero que "ele" (pesadelo) náo me venha trazer más noticias

    ResponderEliminar
  63. selo pra ti no meu outro blog (doida-por-moda.blogspot.com)

    ResponderEliminar
  64. neste caso, é uma amizade. o meu melhor amigo... daí doer mais do que fosse um simples amor :)

    ResponderEliminar
  65. não é grande conselho, mas... (:

    ResponderEliminar
  66. obrigada meu amor <3

    grande texto, sem dúvida!

    ResponderEliminar
  67. Não há palavras para os teus textos, rapaz!
    São sempre maravilhosos!
    :)

    ResponderEliminar
  68. muito obrigada, mesmo :)
    (também fiz o mesmo no teu, e já agora, adorei o texto!)

    ResponderEliminar
  69. eu sei , so espero que nao sejanada de mal mas em todo o caso é sempre bom lembrar-me dele mesmo que desta maneira

    ResponderEliminar
  70. agora, sinto que sim. obrigado, valeu!

    ResponderEliminar
  71. bastante bom mesmo <3
    e mais uma vez obrigada por todo o apoio

    ResponderEliminar
  72. Sim, concordo totalmente com o que mencionas-te.
    Tens imenso talento para a escrita, fazes uma mistura de palavras tão leve e ao mesmo tempo tão sentimental.
    ADORO.

    ResponderEliminar
  73. mais um texto maravilhoso *-*

    ResponderEliminar
  74. Oi, Paulo
    Obrigada por estar presente lá no meu espaço.Também estou te seguindo. Belo texto. Parabéns e um belo domingo. Bjs com carinho!

    ResponderEliminar
  75. É uma das partes mais difíceis de uma relação... Fazer com que a nossa cara-metade lute da mesma maneira que nós pela mesma coisa :)

    ResponderEliminar
  76. é uma questão de amor próprio, coragem e força de vontade, qualquer pessoa no meu lugar seria capaz, julgo eu :)

    ResponderEliminar
  77. desculpa a minha estupidez de ainda não ter comentado sobre o teu texto estava demasiado ocupada a chatear-te com os meus problemas :$

    - Como sempre amo o que escreves e identifico-me quase sempre com eles , gostei especialmente desta parte onde dizes "Ultimamente trago sempre dois do armário da minha cozinha: um para mim e outro para ti. Depois fico sentado a olhar para ele desejando que apareças e lhe dês uma dentada, mas que não o deixes a meio como deixaste o meu coração à espera de um abraço." simplesmente fantástico sabes um dia se calhar voltas a ter esse abraço amor :)

    ResponderEliminar
  78. é a verdade $': é tãão díficil ser forte nestes momentos, é duvidar de tudo, até de mim..
    Muito obrigada pela força $': *

    Claro que terás, pelo menos no ramo da escrita, escreves super bem!

    ResponderEliminar
  79. tens razão, não podemos fazer nada, mas é uma tentação enorme gostar de uma pessoa, estar perto dela e não conseguir fazer nada para mudar os seus sentimentos :s

    ResponderEliminar
  80. eu também fazia, até ao momento em que percebi que era a unica magoada no meio da história, até que percebi que ne não começasse a remar o barco virava e eu acaba mesmo ali, no meio do nada, sozinha e sem meio de salvação. foi ai que pus mais aos remos, ergui a cabeça, limpei as lágrimas e sorri. com toda a força que tinha lutei pelo meu amor-próprio, por mim que valho mais que a outra pessoa. soube aprender a pensar em mim, em primeiro plano. porque na minha história, sou eu a personagem principal, não os outros que fazem parte da minha vida e que sempre pus em primeiro lugar. luta, sê forte e verás que o esforço é recompensado com o tempo (:

    ResponderEliminar
  81. Meu beeeeem, que bom que apareceu novamente no meu cantinho, pois no outro texto (que infelizmente foi apagado pelo blog junto com seu comentário) não tive a oportunidade de te vir aqui e te seguir!
    Parabéns pelos textos, são magníficos! Até eu fiquei esperando que a moça da poesia aparecesse e preenchesse o teu coração com o afago que tanto desejas!
    Beijos. :)

    ResponderEliminar
  82. Meu beeeeem, que bom que apareceu novamente no meu cantinho, pois no outro texto (que infelizmente foi apagado pelo blog junto com seu comentário) não tive a oportunidade de te vir aqui e te seguir!
    Parabéns pelos textos, são magníficos! Até eu fiquei esperando que a moça da poesia aparecesse e preenchesse o teu coração com o afago que tanto desejas!
    Beijos. :)

    ResponderEliminar
  83. espero do fundo do coração que sejas muito feliz

    ResponderEliminar
  84. acredita que é :s só resta esperar, esperar, esperar.. e ver no que dá. enfim... coisas da vida :c

    ResponderEliminar
  85. Escreves lindamente*

    Muito obrigada $; o mesmo pra ti <3

    ResponderEliminar
  86. "E como isso não acontece... eu costumo agarra-lo e dar-lhe uma leve dentada por ti até o devorar lentamente como costumas fazer com a minha alma que tanto de ti necessita."
    Percebo-te tão bem.
    Muita força :)*

    ResponderEliminar
  87. ninguém gosta de sofrer, isso quase que sou capaz de te garantir.

    ResponderEliminar
  88. é verdade Paulo! (: é uma verdade que doí muito, principalmente quando não estávamos nada à espera dela.

    ResponderEliminar
  89. sei que estarás aqui também se eu precisar e mesmo que não fosse o caso estarei sempre aqui acredita

    ResponderEliminar
  90. por isso é que digo que és uma pessoas especial , és super carinhoso e bastante querido comigo , obrigada do fundo do coração pelo apoio ! <3

    ResponderEliminar
  91. sou isso para quem o merece e tu mereces amor

    ResponderEliminar
  92. Exactamente fofinho! Talvez não esteja preparada para o amor, e deva descansar! Sem dúvida que quando surgir a oportunidade de ser feliz, eu o serei! Espero que tu também! Nunca deixes escapar pelos dedos, a tua felicidade! Hoje estamos aqui, amanhã sabemos lá! :| Estive ausente por causa da queima . Mas já estive a dar uma vista de olhos nos teus post's, como sempre maravilhosos. ADOREI ** Espero que estejas bem querido!

    ResponderEliminar
  93. tu mereces que seja paulinho és um menino "especial" :)

    ResponderEliminar
  94. es especial para os teus amigos , familiares e isso amor

    ResponderEliminar
  95. meu deus, mas que belo texto! mais que perfeito. o: amei. $:

    ResponderEliminar
  96. ola, olha como fazes para meter musica a decorrer no blog???

    ResponderEliminar
  97. ola, olha como fazes para meter musica a decorrer no blog???

    ResponderEliminar
  98. ola, olha como fazes para meter musica a decorrer no blog???

    ResponderEliminar
  99. ola, olha como fazes para meter musica a decorrer no blog???

    ResponderEliminar
  100. ola, olha como fazes para meter musica a decorrer no blog???

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *