Esperas também?

12:21

Emaranhei-me no sentimento perturbante de noites cómodas à espera de um sinal que ocultasse a tua ausência no meu peito. Esperei intensos e longos momentos pela aparição do teu gesto carinhoso que interpretaria um autêntico bailado de fantasia que me iria fazer esquecer os momentos de solidão negra que me perfurava o peito e incomodava os lençóis que tanto queriam dormir. Por outro lado, enquanto pisava a dor da tua inexistência, perdi grande parte do tempo, que aproveitado de outra maneira, me seria útil. Deixando de viver por mim passei a viver para ti e ocultei os mistérios da mágoa que residiam sem pagar qualquer imposto dentro do meu coração. Por fim, consegui abstrair-me da espera que, incessante, me fazia aguentar a tua ausência. Quando fui capaz de sentir que cresci e que a espera não me incomodava mais, resolvi procurar em outro lugar o que, outrora, tu me deste com tanto carinho; não sabendo eu que aquilo que procuro, ou seja, aquilo que mais necessito e mais admiro está na tua essência e não noutro lugar qualquer. 




You Might Also Like

134 comentários

  1. escreves sempre tão bem :')

    ResponderEliminar
  2. ADORO ! *
    vou ser sempre louca, sempre feliz.

    ResponderEliminar
  3. 1- escreves lindamente
    2- fazes com que qualquer pessoa sinta essas emoções na pele

    fantástico, fantástico!

    Texto muito bonito, parabéns!

    ResponderEliminar
  4. tem que ser paulo alexandre :c

    ResponderEliminar
  5. obrigada por estares aqui *

    ResponderEliminar
  6. Adorei^^
    Hoje estou um pouco sem palavras para nada , tenho estado assim ultimamente , a isso se deve a minha ausência por estas bandas ...
    Enfim , mas sobre aquilo que tu escreves , não há muito a dizer , acho que já disse todas as outras vezes que adoro a maneira como escreves , e que adoro ler os teus textos , porque me fazem sentir que vives certamente cada história , cada pormenor , cada palavra que transpões para aqui , e a maneira como o fazes faz-me imaginar um mundo paralelo , onde tudo é bom e só existem histórias bonitas que nem as tuas , e finais felizes como todos ansiamos ! infelizmente , volto à realidade quando acabo de ler , e fico sempre espectante pelo dia seguinte , para voltar a esse mundo , e voltar a voar , e imaginar como era bom viver assim (:
    Beijiinho Doce ^^

    ResponderEliminar
  7. arrepias-me toda, com cada texto teu «3

    ResponderEliminar
  8. é óptimo, obviamente, querido :))

    ResponderEliminar
  9. Está brilhante, espectacular! Gosto muito de um texto assim, que é sintético e complexo, mas com sentido (o que é muito difícil de escrever, mas como me ensinaram são os melhores!).

    Quanto ao teu comentário, sim posso-te chamar amigo, pois tens-me servido de amparo para os meus dias e mesmo sem te conhecer, fico durante todo o dia à espera de um comentário teu, assim como de outras pessoas. Embora agora todos escrevam relativamente pouco, pois acho que devem ser maioritariamente estudantes, mais novos que eu e que devem (e muito bem) ter canalizado as suas atenções para os estudos (julgo eu).
    Quanto à surpresa, tenho medo que comece a ser "um chato", não quero estar a insistir. Queria antes ter hipótese de poder falar com ela conseguir coloca-la à vontade e conseguir fazer como já fiz com outras pessoas, (sem fazer nada por isso), que foi estabelecer uma relação de confiança (costumam dizer que sou muito boa pessoa e sem maldade - nem sempre o sou, mas por vezes sou obrigado a agir e pensar com "maldade" para não me magoar)
    PS: Já tive que chamar amigos a pessoas que conheço e preferia não conhecer e prefiro que fiquem à distância...

    ResponderEliminar
  10. és dos poucos *
    e mais uma vez, post excelente (:

    ResponderEliminar
  11. Um texto lindo, cheio de sentimentos...
    Bjss

    ResponderEliminar
  12. E as essências, como tu dizes, que necessitamos daqueles que amamos *.*

    ResponderEliminar
  13. É incrível como uma pessoa vale o Mundo para nós.

    ResponderEliminar
  14. - « O mundo é pequeno e escapa entre os dedos, pequenos desejos levam a grandes sofrimentos, pequenos actos revelam-se grandes erros e nós somos pequenos para a altura em que vivemos. » *
    - Gostava de saber onde a hei-de ir buscar.
    - Ora essa.

    ResponderEliminar
  15. "não sabendo eu que aquilo que eu procuro, ou seja, mais necessito e mais admiro está na tua essência e não noutro lugar qualquer."
    É impossível, não gostar das tuas palavras :)

    ResponderEliminar
  16. tão bonito :)
    desculpa a ausência, beijinho *

    ResponderEliminar
  17. é meu caro, também espero...
    fazer o que, os vivos sempre
    estão a espera de alguma coisa...

    bjs meus
    (nate)

    ResponderEliminar
  18. São variadas as essências. Por mais que gostemos de uma, outra vai aparecer para nos inebriar. As pessoas são como elas, variadas, com odores e sabores diversos. E aprendemos a substituí-las, quando o perfume que tanto amamos já se exalou completamente, sem renovação.

    ResponderEliminar
  19. Nossa!!! Que lindo!!!!!!!!!!
    Sério, lembrei-me dos dias que fiquei rodando pela noite, esperando essa "fantasia"...os meus lençóis, nem se fala.. :/
    Mas agora, tudo é saudade!
    Gostei de seu blog, estou a te seguir! Segue o meu tb!
    Abraços
    Pri Rosa

    ResponderEliminar
  20. isso é porque és um fofinho :c

    ResponderEliminar
  21. Cómica é a minha vida, Paulo :p esta-me constantemente acontecer alguma coisa :p ahah ***

    ResponderEliminar
  22. Existem pessoas que nasceram para dar ênfase ao nosso existir, e que plantam tanto dentro de nós, que até no meio das rosas é só o seu cheiro que prevalece...

    Lindo teu poetar!

    ResponderEliminar
  23. Obrigada pelo teu comentario :) realmente eh mais uma copia...

    ResponderEliminar
  24. O meu reino da noite gostaria de te oferecer um selo especial, para o teu blog, alusivo ao Dia Mundial do Enfermeiro! :)

    Podes copiar o selo AQUI.

    Muitos beijinhos *

    ResponderEliminar
  25. adoro o teu blog, os textos, as imagens (:
    sigo-te, segue-me também *

    ResponderEliminar
  26. Temos que fazer por isso :)

    ResponderEliminar
  27. Um texto a ultrapassar a perfeição!

    ResponderEliminar
  28. Obrigada $: gosto muito do texto, como sempre :)

    ResponderEliminar
  29. Nem tudo são rosas meu querido :) Mas sabes... nunca me quis lamentar, nunca quis perder o meu tempo a tentar dormir sobre lágrimas derramadas. Talvez seja isso que me faça falta, um bom choro à noite daqueles que nos limpa a alma.
    Na verdade, também já passei por algumas coisas que defino como menos boas... Mas até as coisas menos boas, são boas para aumentar a nossa capacidade de aprendizagem.
    Prefiro contar as coisas menos boas de uma forma mais suave, e não torna-las terrivelmente terríveis como já foram. Um dia coloco um post, e perceberás do que é que estou a falar... :))
    (Não sei porque que decidi escrever-te este enorme comentário, mas tenho a certeza que me irás perceber. De outra forma, não o escreveria.)
    Um beijo, meu doce! <3

    ResponderEliminar
  30. Não sou nada :)
    Escreves muito bem :P

    ResponderEliminar
  31. Obrigado por tudo <3
    Em tao pouco tempo, és uma das pessoas mais lindas que conheço, por fora e por dentro :$
    Agradeço-te por tudo, pelas tuas palavras de conforto, pela tua compreensão!
    Agora pergunto-me, porque não sou de Sines :$

    ResponderEliminar
  32. Às vezes não podemos ouvir tanto o coração e tomar as verdadeiras decisões com a nossa cabeça. Deves saber isso tão bem, meu querido. :)
    Se não fosse a decisão que tomei com a minha cabeça... a esta hora estaria a continuar alimentar o meu coração com um amor que não existia.
    Tu és muito mais forte do que aquilo que possas imaginar, acredita nisso! <3

    ResponderEliminar
  33. "Deixando de viver por mim passei a viver para ti" quando gostamos de alguém acontece sempre.
    Adorei (:

    ResponderEliminar
  34. Não podes pensar assim, Paulo. De todo :( Tens de pensar em ti, meu querido :x *

    ResponderEliminar
  35. sou palerma, mas tu gostas, irmão <3!
    Obrigadooo <3

    ResponderEliminar
  36. anda enganado você, meu caro :)

    ResponderEliminar
  37. está lindooooooooooooooooo $:

    ResponderEliminar
  38. Tonta nada! Só quero que faças o mesmo, sempre! :)

    ResponderEliminar
  39. a nês é que manda :c
    afinal o final de um amor não é assim tão mau .

    ResponderEliminar
  40. não é meu anjo, vais ver como não .

    ResponderEliminar
  41. sim, e eles não me vão deixar cair, eu sei. Mais uma vez, obrigado *

    ResponderEliminar
  42. Sabes tão bem como eu que esse dia já devia ter sido ontem! e ter continuado ;)

    ResponderEliminar
  43. sabes que gosto sempre (:
    obrigada $:

    ResponderEliminar
  44. Gostei muito, especialmente da última frase, por vezes aquilo que mais precisamos está mesmo só dentro de uma só pessoa...

    ResponderEliminar
  45. sei que é complicado. mas tu és tão forte!

    ResponderEliminar
  46. ja disse que te invejava .. escreves de uma maneira tao sucinta.. nota-se que vem do coraçao =)

    por vezes esperamos tanto, tanto, e, por vezes, o que esperamos vem quando não estamos nada à espera..

    ResponderEliminar
  47. eu sei amor , mas queria que ele estivesse a olhar por mim aqui do meu lado :(

    ResponderEliminar
  48. sofro eu , a vida é mesmo cruel com as pessoas que não merecem nada de mal :(

    ResponderEliminar
  49. A serio? A mim não apagarm nada...

    ResponderEliminar
  50. não claro que não mas caramba custa sabes disso

    ResponderEliminar
  51. "[...]Por outro lado, enquanto pisava a dor da tua inexistência, perdi grande parte do tempo, que aproveitado de outra maneira, me seria útil. Deixando de viver por mim passei a viver para ti e ocultei os mistérios da mágoa que residiam sem pagar qualquer imposto dentro do meu coração. Por fim, consegui abstrair-me da espera que, incessante, me fazia aguentar a tua ausência. Quando fui capaz de sentir que cresci e que a espera não me incomodava mais, resolvi procurar em outro lugar o que, outrora, tu me deste com tanto carinho; não sabendo eu que aquilo que procuro, ou seja, aquilo que mais necessito e mais admiro está na tua essência e não noutro lugar qualquer." É incrivil, como em cada texto teu, existe algo com que me identifique. Já te o disse e volto a dizer, escreves lindamente. Continua*
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  52. ahah :) Mesmo, ainda falta bastante infelizmente ;)

    ResponderEliminar
  53. Acho que os meus posts sem a tua opinião deixam de ter o mesmo sabor :') Obrigada, Paulo! Um enorme beijo *

    ResponderEliminar
  54. Eu também me repito nos teus e nunca deixo de ser sincera!! :)

    ResponderEliminar
  55. Procuramos os dois :))) sempre sinceridade! :)

    ResponderEliminar
  56. Ai Paulinho, se os dons existem, o teu é mesmo a escrita :')
    A cada texto que leio teu, mais embasbacada fico com o talento que tens, coração :')
    "Deixando de viver por mim passei a viver para ti e ocultei os mistérios da mágoa que residiam sem pagar qualquer imposto dentro do meu coração." Adoreeeeeeeeei! Amei, rejubilei! :')
    <3

    ResponderEliminar
  57. Preciso sim pois não é qualquer pessoa que está disposta a ajudar ! e sabes que quando precisares aqui estarei para TUDO MESMo ♥

    ResponderEliminar
  58. a espera por vezes traz beneficios :)

    ResponderEliminar
  59. pois não , és o "meu" paulinho querido de quem eu gosto muito ahah :)

    ResponderEliminar
  60. Adorei, mais uma vez para não variar :)

    ResponderEliminar
  61. as saudades já são tantas, e fiquei sem ele á tão pouco tempo );
    - Obrigada pelo apoio xc

    ResponderEliminar
  62. mas com o tempo essas batalhas são sempre vencidas, basta ter muita força de vontade e acreditar que o que nos importuna se irá :)
    é fazer figas para que traga :D

    ResponderEliminar
  63. acima de tudo sou :) raramente me deitam a baixo. :D

    ResponderEliminar
  64. Obrigada :)
    Nunca vejo as tuas actualizações o.O

    ResponderEliminar
  65. Sou sou :o
    vou deixar de seguir e voltar a seguir :)

    ResponderEliminar
  66. Quando eu carregava no nome do teu blogue da lista aparecia uma coisa qualquer , mas agora sim já dá :D

    ResponderEliminar
  67. vou voltar a repetir-me: és um doce de pessoa! :)))

    ResponderEliminar
  68. obrigada paulo, e adorei o teu texto, aliás adoro todo o blogue:)

    ResponderEliminar
  69. é verdade :') o orgulho atrapalhou-me muito! pode ser que desta vez me surpreenda :)

    ResponderEliminar
  70. Lá isso é verdade :D

    Bonito post, adorei a última frase *.*

    ResponderEliminar
  71. obrigado. mas força é o que tenho tido estes últimos tempos $:

    ResponderEliminar
  72. ah, adorei o texto :) está tão profundo <3

    ResponderEliminar
  73. Obrigado!
    Adorei esse comentário :D

    ResponderEliminar
  74. Gosto tanto, da maneira como escreves *-*
    Desculpa a minha ausência, mas tenho andado mesmo sem tempo -.-'

    ResponderEliminar
  75. ahahah, felizmente não sofro desse problema :P

    ResponderEliminar
  76. Você já me disse que não liga para selos, mas eu estou concorrendo para um e venho fazer um pedido.

    Se você me dedicar seu voto na eleição do "blog da semana", criado pelo Will, ficarei feliz. Aliás, só a indicação da Van já me alegrou bastante. A votação se inicia em 14/05/2011 às 12:00 HORAS e ficará aberta até o dia 21/05/2011 no BLOG DO SUPER WILL http://wwwwillblog.blogspot.com, idealizador do Selo.

    Obrigada
    Bjs.

    ResponderEliminar
  77. é mesmo isso, e esta acho que é so o inico de muitos anos :)
    obrigada

    ResponderEliminar
  78. quando aceitares, mete conversa, para saber que já aceitaste (:

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *