Alma deambulante.

12:06

Afastei o pesadelo que nada significa e concentrei-me no desejo e no sonho alimentado pela esperança composta de sentimentos inerentes para a sobrevivência da alma. Apenas abastecendo o corpo com chávenas de alimentos e sacos de futilidades é não querer dar a notícia de uma alma desamparada. Sendo assim, esta será a melhor maneira de dar à terra o corpo quente e aos céus a alma desenfreada. Pois não há corpo que viva com alma caminhante, há sim corpo que dure implorando silenciosamente pelo reencontro com a sua outra parte. Corpo insatisfeito de sentimentos jamais encontrará a alma saciada. Pois a essência do homem está no amor que dentro dele cresce e acresce.
Acabei por pousar a mágoa algures num espaço ilimitado onde jamais a encontrarei mas também pouca falta me faz. A minha morada ela não sabe e algures dentro da minha própria vontade está o esquecimento pronto para atacar assim que ela se tentar aproximar de mim novamente. E agora pedindo à alma que pare de ser teimosa, prometi-lhe um coração pronto a batalhar contra todos os perigos do inconsciente esquecendo-me eu que o maior perigo que alguma vez presenciei... foi dar o coração a alguém.




(photos - e hoje queria desejar um feliz aniversário a uma pessoa muito querida. Noélia, imensas felicidades e nunca se esqueça que não nos picamos em todas as rosas)

You Might Also Like

102 comentários

  1. Gostei tanto do texto, está perfeito :D "Pois não há corpo que viva com alma caminhante, há sim corpo que dure implorando silenciosamente pelo reencontro com a sua outra parte. " esta foi sem dúvida a parte que mais me tocou. escreves mesmo muito bem :D

    ResponderEliminar
  2. «Corpo insatisfeito de sentimentos jamais encontrará a alma saciada» - gostei particularmente desta frase. e concordo plenamente ctg!

    Outrora soube colocar a minha mágoa bem longe mas ela teima em aparecer á flor da pele e nesse momento lá terei que inspirar e empurrá-la para bem longe de mim. E concordo plenamente que dar o coração a alguém é mais perigoso do outras coisas que nos afectem fisicamente pois o fisico sempre acaba por recuperar e lá fica com umas cicatrizes. As cicatrizes do coração ninguém as vê e essas são sempre relembradas ao longo do nosso dia-a-dia. Gosto imenso do teu blog. aadoro a maneira como escreves. é simplesmente profundo.

    kiss, Al*

    ResponderEliminar
  3. Lindo :)
    Amar, é sentimento perigoso, e por vezes fruto proibido.*
    Adorei o post*

    ResponderEliminar
  4. lindo. a tua alma um dia irá estar livre de todas as mágoas e tristezas*

    ResponderEliminar
  5. que lindo, profundo e verdadeiro *.*
    Loveyouu brother lindoo <3

    ResponderEliminar
  6. uma das coisas que menos gosto é que as pessoas postam coisas mas como tambem seguimos outras pessoas depois sem querer deixamos passar alguns posts e dps e uma complicaçao para orietarmo-nos.
    obrigado e gostei

    ResponderEliminar
  7. Dei o meu coração, e nos últimos tempos foi-me devolvido.

    Tenho a alma desamparada...

    "obrigado pela visita"? Obrigada eu por partilhares tão belas palavras.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela força, Paulo.
    Mas torna-se difícil lutar... Há sempre obstáculos. Há sempre "se's", "mas" e "não's" :s
    Parece que anda aí uma força qualquer que o anda a afastar de mim. Parece que anda aí um diabo que lhe diz ao ouvido de 5 em 5 minutos "não a deixes falar contigo".

    ResponderEliminar
  9. Paulinho, A-D-O-R-E-I sabes?
    A cada texto que escreves, surpreendes-me sempre :')

    ResponderEliminar
  10. Sim, coração devolvido dói bastante...

    Que feliz acaso ter vindo parar a este espaço. Vou voltar. Que alma tão bonita!

    Bjinho*

    ResponderEliminar
  11. ainda bem que gostaste (;
    quem é que tem a personalidade forte?a Hayley?

    ResponderEliminar
  12. sim, o coração é o que sofre mais e é apanhado sempre no fogo cruzado. ainda bem que gostaste *.*

    ResponderEliminar
  13. muita força, é aquilo que precisas. e a forla não são os outros que te dão, és tu que a tens, possuis a força que precisas para qualque acontecimento. tu consegues*

    ResponderEliminar
  14. já leste a 7ª parte? :o xD

    ResponderEliminar
  15. Paulo, obrigada pela lembrança e por este texto maravilhoso, no qual me revejo por completo. Vou ler tudo, mas tudo, com imensa atenção e carinho. Continua, tens uma alma luminosa e um dom que não te deixará só, mesmo quanto estás ou te sentes só. Um beijinho, meu querido. Tem sido um dia perfeito! E conhecer-te esta manhã fez parte dessa perfeição. Nô

    ResponderEliminar
  16. Obrigada pela força !!
    Vou tentar, vou tentar.

    ResponderEliminar
  17. Toda a gente que eu conheço que ganha a vida a usar os outro, é feliz. Vou superar? Vamos lá ver.

    ResponderEliminar
  18. Por mais que lhe tenham ferido o coração, fez uma promessa e haverá que cumprí-la. E sei que sempre haverá batalhas, mas nem todas perdidas, inúteis, sem vitórias.
    Uma delas levará à glória do encontro de almas que se buscam.

    ResponderEliminar
  19. Mais um: maravilhoso.
    São fantásticas essas palavras!
    Sigo sempre sempre sempre (:

    ResponderEliminar
  20. Adorei o teu blog *-* Vou seguir :)

    ResponderEliminar
  21. "(...)esquecendo-me eu que o maior perigo que alguma vez presenciei... foi dar o coração a alguém"
    Tão verdade... Dar aquilo que nos pertence, ou dar todo o nosso amor, carinho, felicidade, a alguém, pode ser muito doloroso, pode ser benéfico, mas também muito maléfico. Faz-nos sentir bem, e de um dia para o outro, destrói-nos aos poucos, dá cabo de nós.
    Mas calma, a base de uma amizade ou amor, não passa também pela parte em que nos damos ao próximo? Então porque é que acabamos sempre por nos magoar? O que há de errado? Porque é que não podemos seguir o que pensamos estar correcto? (ou será que "cientificamente" não é o correcto?).. As dúvidas persistem, as respostas desvanecem...


    With love, Diana <3

    ResponderEliminar
  22. Obrigada (:

    É. É perigoso dar o coração. É que depois é-nos devolvido todo partido e mal-tratado.

    ResponderEliminar
  23. Tenho que ser sincero, tive que fazer várias passagens, em diferentes partes do texto, para conseguir perceber todo o conteúdo. Pois apesar de estar extremamente bem escrito e estruturado, sem ter qualquer ressalva para se fazer, achei que cada frase possuía vários pensamentos e ideias que queriam ser transmitidos.
    (Poderei ser eu, que hoje tenha mais dificuldade na interpretação).
    Para mim o texto está como um lindo, complexo e bem construído castelo de cartas, que foram cuidadosamente colocadas, de tal forma que não se desmorona. (Nem todos são capazes de tal, já o disse e não me farto de o referir)

    As ideias são tantas que para já irei tentarei fazer comentários ao conteúdo amanhã (não quero "falar" em vão)

    ResponderEliminar
  24. somos dois então que amamos :)
    beijinhos
    adoro-te*

    ResponderEliminar
  25. Oh meu querido, a sério?? :)) Fico super feliz!
    Mais um post lindíssimo! Enorme beijinho, meu bem :)

    ResponderEliminar
  26. Eu estou a ficar sem ela -.-
    - Aii mas tudo se há-de de resolver e eu vou ficar encontrar o meu lugar no mundo. é tudo uma questão de tempo.

    ResponderEliminar
  27. Impossível não gostar.
    Quero um dia conseguir escrever assim ! *

    ResponderEliminar
  28. Eu vou começar a procurar o meu, obrigada *.*

    ResponderEliminar
  29. tens de ser forte baby :$

    Quanto a este texto ,foi um dos que mais gostei (apesar de ser todos de óptima qualidade )."esquecendo-me eu que o maior perigo que alguma vez presenciei... foi dar o coração a alguém." Fantástico Paulo *_*

    ResponderEliminar
  30. amarra-te as coisas que te fazem feliz e esquece por um bocadinho esse sofrimento sei que falar é facíl e não sou ninguém para te dar "lições" destas mas , abstrai-te disso um bocado , faz coisas para teres a cabeça ocupada , e o mais importante acredita em ti e no que tu es capaz ,Tu tens força pode não parecer mas tens , acredita nisso , e eu estou aqui a dar-te força sei que não chega mas tu vais ver que se pensares assim que melhoras *_*

    ResponderEliminar
  31. pois se calhar não de dei a melhor ideia desculpa :/
    mas tens de ter força !

    ResponderEliminar
  32. estarei aqui para tudo , sabes que podes falar quando quiseres . <3
    e tem calma tudo se resolve mais cedo ou mais tarde

    ResponderEliminar
  33. vais ver que não , eu também tou mal e tenho que esperar que tudo se resolva enfim é a vida

    ResponderEliminar
  34. e do Pedro, é da minha avó e coisas aqui em casa e aquilo do meu ex é tanta coisa ://

    ResponderEliminar
  35. Perigoso, realmente muitíssimo perigoso entregar o nosso bem mais precioso que é o nosso coração a uma pessoa, mesmo até para aquelas que achamos que conhecemos profundamente. É difícil prever as decisões e atitudes do próximo e certamente qualquer dia desses, alguém nesse mundo louco vai nos machucar. E ai a alma sofre, pena e a cicatrização nem sempre é perfeita. E junto com um restinho de dor ficam as dúvidas e os medos.

    Pensando de um certo modo, se todos fôssemos inteligentes, nunca entregariamos nossos corações a ngm.

    Beijíssimos.

    ResponderEliminar
  36. apesar de ter poucos esperanças espero que tenhas razão<3

    ResponderEliminar
  37. está lindo, lindo!
    "prometi-lhe um coração pronto a batalhar contra todos os perigos do inconsciente esquecendo-me eu que o maior perigo que alguma vez presenciei... foi dar o coração a alguém." - é tão verdade esta frase...

    ResponderEliminar
  38. adorei o teu blog e a tua escrita é impressionante. adorei cada palavra que aqui proferiste e, por isso mesmo, aqui me tens como mais uma seguidora e leitora do teu blog. muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  39. Nada melhor do que o deslumbrante mundo dos sonhos guardados,,,do amor que vem em infinito...grande abraço de bom dia pra ti meu amigo...

    ResponderEliminar
  40. aprendi que temos que acreditar em nós mesmos, porque a felicidade e a força estão sempre connosco. às vezes não as queremos ver porque tapamos os olhos, mas se alargarmos o campo de visão e abrirmos horizontes torna-se tudo mais simples. estarei aqui*

    ResponderEliminar
  41. adorei o blog! sim, é triste, mas é verdade :/

    ResponderEliminar
  42. não precisas de agradecer (:
    sim, é optimo, sem duvida*

    ResponderEliminar
  43. ja esta la a outra parte :)

    ResponderEliminar
  44. Li os textos todas da página principal, ainda não li o resto mas tenho a certeza absoluta de que vão ter a mesma qualidade destes (que é muita diga-se já)

    Os meus parabéns pelo texto sentido.

    ResponderEliminar
  45. vais noutro dia , tem calma tudo se resolve :$

    ResponderEliminar
  46. ainda bem xdd
    obrigado querido :)

    ResponderEliminar
  47. Obrigada ;D
    Sim , nisso posso concordar contigo , o qe muitos veem outros não veem !

    ResponderEliminar
  48. já sabes que não é necessário agradecer, e que a qualquer altura cá estarei para te dar apoio, mesmo sem me conheceres, podes recorrer a mim para qualquer coisa (:

    ResponderEliminar
  49. um enorme obrigado (':

    ResponderEliminar
  50. já falamos sobre isso (:

    ResponderEliminar
  51. não tens nada que agradecer, o mérito é todo teu!
    espero bem que tenha, porque eu faço de tudo para que ela olhe para mim lá de cima e veja a neta que sempre sonhou.
    muito obrigada (:

    ResponderEliminar
  52. não é exagero nenhum, tens imenso jeito !
    Ora essa <3

    ResponderEliminar
  53. São tantas as verdades que dizes e de forma tão bonita!

    O Amor para mim cada vez se parece mais parecido com o mar, pois é natural como o amor, e tem tanto de de belo como de perigoso.
    Para além que nós não o podermos dominar, ele é que nos domina e se por algum motivo tivermos um desastre (ou momento mau), ele é como um naufrágio, pois temos que estar constantemente a lutar para nos mantermos à tona de água e nadar para chegar a terra firme, sentindo sempre uma enorme necessidade de ter algo para agarrar e ajudar-nos a flutuar, enquanto não chegamos a terra.

    Por isso enquanto estamos no mar temos que manter a esperança, para que não pensemos o pesadelo que estamos a viver. Mas continuaremos sempre a vive-lo se a nossa alma (como referes) não for preenchida com o sentimentos que incansavelmente procuramos. Não passamos de um corpo deambulante/flutuante!

    Qualquer coisa que escreva sobre este texto, parece-me minúscula, comparado com a "imensidão"/grandeza de conteúdo deste texto.

    Continua a lutar por "chegar a terra firme", sem perder a esperança (às de superar!)
    Muitos Parabéns, o texto está mesmo transcendente!

    ResponderEliminar
  54. não sou nada, tu é que és :)
    exacto, não sei explicar, é a chuva e pronto *

    ResponderEliminar
  55. por acaso é incrível como pequenas gotas de água nos ajudam *

    ResponderEliminar
  56. sempre ouvi dizer que as pequenas coisas são sempre as mais belas (:

    ResponderEliminar
  57. Ainda não sei o que fazer, mas o que terá de vir, que venha.
    Adorei o texto, a última frase diz tudo, beijinho.

    ResponderEliminar
  58. Hoje ainda não vieste ao blog :s estou a espera de um textinho teu :)
    Beijinhos.
    With love, Diana <3

    ResponderEliminar
  59. tal e qual Paulo, obrigada* btw, continuas a escrever belissimamente ! beijocas

    ResponderEliminar
  60. Obrigada pelas palavras (:
    E o teu blog é lindo, parabéns :)

    ResponderEliminar
  61. Pelo que escreves, ja nao deve faltar muito para esse dia :)
    Não tens de agradecer *_*

    ResponderEliminar
  62. Aconchegaste seu cantinho!
    Suave a melodia!
    Voltarei!
    Aline.

    ResponderEliminar
  63. tuas palavras me inspiram, sim!
    é lindooo e eu sigo pra voltar...

    ResponderEliminar
  64. Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderEliminar
  65. A alma e o coraçao raramente se entendem, por isso, sim, foi arriscada a tua decisão... Mas, a vida é assim mesmo. E é um acto de coragem também, saber tomar esse tipo de decisões e enfrentar os "perigos" de frente!
    Muito bom este teu texto, este teu pensamento.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  66. Se soubessemos tudo, a vda deixava de ter piada, não é? Não tenhas medo de arriscar, ainda que possas cair. Tens de aproveitar a vida querido Paulo, com tudo o que ela tem. Tens de aproveitar cada momento, e sentir que todos os prazeres que alcança vem do teu coração e da vontade louca que tens em descobrir coisas. Mas, volto a dizer, não queiras saber demais. Tenta sempre deixar em ti aquela pequena criança curiosa que procura respostas, mas não tentes tornar essa criança adulta demasiado depressa, pois ela pode desapontar-se com as descobertas que faz. Deixa-a viver no seu próprio mundo, deixa-a amar com todo o coração, rir e chorar, deixa-a cair para que ela depois se levante e acima de tudo, nunca a impeças de ser feliz xD

    Um beijinho*

    Ah e Sora Dawn? Hum... quem será? xD ahahah

    ResponderEliminar
  67. adorei o teu blog :)
    já estou a seguir.
    podes visitar e seguir o meu :3 ?
    http://flying-humans.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  68. Dar o coração a alguém é um risco mas o impulso de o dar-mos é maior do que nós. Esquecer a mágoa funciona como uma defesa mas também como um ataque, não deixamos que ela entre e também não deixamos que se acumule dentro de nós. Damos sempre a volta por cima embora ás vezes, não saibamos bem como nem de onde veio a força. (Não penses nisto, Pali)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *