Outro texto para ti, amor.

12:20

Quando estás por perto sinto que estou a salvo de todos os males que me possam fazer. Sinto que sou imune e feliz.
Confesso que os teus sorrisos me aquecem o coração e o teu peito quente, quando se aproxima, me faz perder a graça. Coro e deixo-me levar pelas tuas palavras. Cada vez que estás comigo perco a noção do tempo. Apenas tu e eu interessamos um ao outro. Eu dentro de ti e tu no meu interior... Nada a esconder? Nada, pois fazes-me desbobinar tudo e por vezes nem preciso falar.
Quero ficar assim. A cheirar a tua felicidade e a sentir o calor dos teus gestos. Chamo de amor a tudo aquilo que passamos, mesmo que não passe de simples imaginação minha. Ou não será? 

Sabes, embora te agarre com ambas as mãos e me deixe prender pelo teu olhar, sinto-me livre. Tão feliz por estar ali. Tão feliz por poder estar contigo, por poder falar-te, por poder tocar-te e por poder ver e sentir a intensidade do brilho dos teus olhos e sempre sem nenhum compromisso.
Sinto-me feliz assim e tu?



Confesso que já tinha saudades deste amor tão platónico.


(eu e uma amiga na fotografia, se copiar mencione os direitos de autor)

You Might Also Like

68 comentários

  1. Fazes muito bem :D
    Também podes sacar da net :)

    piratatuga.info

    ResponderEliminar
  2. Está muito bonito, e a foto está fantástica*
    Concordo plenamente com o que disseste ... às vezes a "máscara" faz mesmo falta, e eu apesar de parecer uma pessoa muito sentimental, não gosto de me mostrar assim. Obrigado pelas tuas palavrinhas melodiosas e doces*
    E, acredita, sorrir é um bom passatempo, e eu também te quero ver a sorrir e a ser feliz ;) (com ou sem compromisso, tu mereces sê-lo, por tudo o que já passaste, e por tudo o que lutaste)
    Beijo ^-^

    ResponderEliminar
  3. Tão lindoooo :D
    Tenho um papá escritor xD
    Porque é que eu não saio a ti?
    Opá...
    Adoro- teeeeeee <3

    ResponderEliminar
  4. hoje posso afirmar, que o compromisso, ou a pressão do nome, não muda em nada o sentimento, nada literalmente, também sou feliz assim (:
    gostei !

    ResponderEliminar
  5. Muito bom! Gostei imenso da foto, bem captada :) *

    ResponderEliminar
  6. Obrigada querido (:

    Felismente ou infelismente (nem sei -.-) eu sinto que ele ainda tem algo que nao me quer contar ;c

    Tentarei, todos dias faço um pequeno esforço para sorrir! $:

    .aii este texto, amei amei mesmo, pricipalmente a foto que esta Linda +.+*


    Pois é, quando se gosta de uma coisa mais tarde vem a pior parte as saudades! ;s

    ResponderEliminar
  7. « ei achas exagero ? , :o
    pára de escrever assim , :|

    ResponderEliminar
  8. a foto está tão simples e tão boninta...:)
    Paulo, sê feliz, mas não te agarres ao passado...a tua vida seguiu, ainda segue, e outra mão se dará à tua.

    beijinho**
    (ah e gostei muito do texto!!)

    ResponderEliminar
  9. Tudo o que mexe com o nosso imaginário é sempre motivante... leva os devaneios ao rubro! ;)

    ResponderEliminar
  10. Concordo completamente. FElicidades para ti também, Paulo <3

    ResponderEliminar
  11. É a amar sem limites que realmente amamos Paulo, obrigada pelas tuas palavras, um beijo <3

    ResponderEliminar
  12. Sim, é muito errado. Concordo
    Eu alugava.. só que a loja fechou à 2 anos :x

    ResponderEliminar
  13. Lindo *.*

    Adorava ter alguém que me escrevesse coisas assim, tão belas e profundas..
    QUando o sentimento é sentido...

    ResponderEliminar
  14. De nada, e Muito Obrigado pela Força :)
    Eu bem queria mudar de ares, mas sinto-me presa a este ambiente. Além do mais, não sei o que me deu para escrever aquele texto, mas de certa forma caracterizo-me um pouco com ele ... Mas a história não acaba aqui, tem uma 2ª parte ;)
    Beijo <3

    ResponderEliminar
  15. Pois é meu querido, e no fim nunca chegamos a saber a verdade!

    Infelismente as saudades são daquelas coisas que já vem com o amor...

    Não tens que agradecer! (:
    Um grande beijinhos e enormes felicidades para ti também.

    ResponderEliminar
  16. Que amor, hein!! haha
    Ah, bela foto também!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  17. juro-te, os teus textos são super amorosos, tu és super amoroso, não tenho mais nada a dizer ♥

    ResponderEliminar
  18. Sempre tão simpático, obrigada :D *

    ResponderEliminar
  19. Nada mais belo que o amor.

    lindo texto.

    ResponderEliminar
  20. É mesmo :x
    Porque é que o exterior é mais valorizado que o interior?
    Eis a grande questão

    ResponderEliminar
  21. adoro o teu texto. (mais um vez o digo)

    ResponderEliminar
  22. As vezes gostava de ter razão no que tanto queria meu querido ;s

    ResponderEliminar
  23. que bonita foto... um grande beijinho virtual

    ResponderEliminar
  24. Muitissimo obrigado... vou tentar apaga-lo mas está complicado!

    ResponderEliminar
  25. Eu espero que sim... tenho que esperar mais uns dias para que este receio passe! mas sou guerreira na batalha que é a minha vida.

    ResponderEliminar
  26. obrigado! Estou sensivel e com um receio impossivel de explicar, sinceramente não sei o que faça a esta vida

    ResponderEliminar
  27. É MUITO TRISTE MESMO, ESTOU DESILUDIDA COM ESTAS MENTALIDADES

    ResponderEliminar
  28. Obrigdo Paulo (;
    Ganhas mais um seguidor :D

    ResponderEliminar
  29. infelizmente é verdade, Paulo..

    ResponderEliminar
  30. Eu sei que passa... muito provavelmente amanha ja passou!

    ResponderEliminar
  31. Que belo texto! Gostei da foto também (:
    Obrigada pela visita, estou seguindo!

    beijos

    ResponderEliminar
  32. « mas por vezes as forças desaparecem por completo sabes :x
    e demoram a vir , é o que custa mesmo :'

    ResponderEliminar
  33. Acho que já nem sequer tenho forças para gritar por ajuda neste momento ...
    Obrigado pelos comentários, têm sido uma mais valia :)
    Beijo <3

    ResponderEliminar
  34. Adorei :D
    E a foto está fantástica :D

    ResponderEliminar
  35. O texto tá lindo *.*
    e a foto tbm:D

    ResponderEliminar
  36. Olá, poderia ler meu texto sobre suicideo?

    OBRIGADA!

    http://ideiasquevem.blogspot.com/2009/12/suicideo-pelo-amor.html

    ResponderEliminar
  37. .

    A pergunta que não quer calar:

    Será esse amor aquele que julgavas acabado? (rsrs)

    Fica a pergunta no ar. Não necessitando de resposta.

    Belíssimo texto!


    Beijos e sorrisos muitos

    =)



    .

    ResponderEliminar
  38. Neste texto descreveste tudo o que te faz sentir desde a segurança ao sofrimento. É tão sincero. Ficou tão lindo. Adorei.

    ResponderEliminar
  39. Adorei esse blog ele tem otimos textos depois dê uma olhada no meu blog http://www.derlandreflexivo.blogspot.com/
    E se quiser deixar sujestões e criticas eu irei adorar, pois e sempre bom ouvir quem ja conhece sobre o assunto.

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *