Broken Heart.

10:47


Lembrei-me dos teus sorrisos que diziam tudo. Deixavam escapar o mais íntimo detalhe da tua alma conservadora e sincera. Mostravam-me a luz de uma noite cerrada, mostravam-me o proveito daqueles problemas. Sempre me mostraste o ponto certo em todas as asneiras que poderiam ser criadas. Sempre me apoiaste e te ofereceste para me ajudar. Continuo, ainda agora, a suspirar naquele canto onde outrora te vi sorrir.


 No entanto o sorriso não diz tudo, são as palavras que projectavas para me fazer cair da nuvem de sonhos que abalavam o meu mundo. Quando mais precisei, deixaste-me cair... e sabes o quão frágil eu sou. E agora sinto que não voltarei a subir tão alto. Não por já não te amar como antes, mas porque não quero partir-me de novo.

You Might Also Like

68 comentários

  1. É mesmo bom ser diferente, quando essa diferença marca pela positiva !
    Eu marco a diferença pelo meu estilo, tu, pelas tuas palavras ^-^
    Adorei o texto ;)

    ResponderEliminar
  2. Que lindooo.
    .Eu sei Paulo, mas escrever para mim agora tem sido dificel, não é como antes. ;s

    ResponderEliminar
  3. Quando nos partem... ás vezes nem cola junta os nossos cacos de novo. E vou ser sincera, acho que fazes bem em não subir tão alto desta vez, quando há possibilidade remota de deixarem partir de novo, apesar de esperar que isso não aconteça $:
    mas tens que ser forte meu Paul :/

    muitos beijinhos, gosto muitao de ti, mas isso tu já sabes :3 ♥

    ResponderEliminar
  4. Gostei mesmo muito do teu texto e do blog tambem, claro :)

    Vou seguir ._.

    ResponderEliminar
  5. "Quando mais precisei, deixaste-me cair... e sabes o quão frágil eu sou. E agora sinto que não voltarei a subir tão alto."
    Como eu entendo...
    Se te deixou cair é porque não merecia ter-te ao seu lado! Mas uma coisa é certa... "quanto mais alto, maior é a queda!".
    força <3

    ResponderEliminar
  6. É o que sinto neste momento, esse "não quero partir-me de novo". Amar é tão complicado bb .

    ResponderEliminar
  7. "E agora sinto que não voltarei a subir tão alto. Não por já não te amar como antes, mas porque não quero partir-me de novo."

    Percebo cada palavra mas se isso significa deixar de viver plenamente, não te contenhas nem tenhas receio de voltar a cair. *

    ResponderEliminar
  8. " E agora sinto que não voltarei a subir tão alto. Não por já não te amar como antes, mas porque não quero partir-me de novo." O medo impede que o amor venha...e sabes, mesmo comigo está a acontecer isso que dizes, mas dá tempo..primeiro esquece-a, fica feliz, volta a amar e depois voarás alto, isso prometo-te eu..alguém com os teus sentimentos e estes escritos assim, merece que a alma chegue bem alto.
    vai correr tudo bem, tem força **

    ResponderEliminar
  9. Quando certos sentimentos desaparecem, com eles vão também certas coisas, é inevitável.
    E depois para não magoar-mos mais o nosso coração, tentamos desviar a nossa memória de certas e determinadas coisas.
    Gostei muito *

    ResponderEliminar
  10. Ainda bem que concordas a sério Paulo (:

    ResponderEliminar
  11. É mesmo, e é tão complicado quando essa pessoa nos falta. Mas tudo se ultrapassa, eu acredito nisso!

    Obrigada, beijinho (:

    ResponderEliminar
  12. é bem verdade. normalmente até vivemos metidos em várias.

    ResponderEliminar
  13. Vou continuar a escrever sim *

    ResponderEliminar
  14. Como diz o teu sobre mim, "somos guerreiros todos os dias".
    Um dia, hei-de lidar com ela. Beijinho *

    ResponderEliminar
  15. Sim, realmente é totalmente impossível :s

    ResponderEliminar
  16. Como é que eu não ia gostar, tudo o que escreves é tão puro, tão bonito, tão sentimental... com uma essência tão inigualável que capta a nossa atenção, Enfiim ... Adoreii mesmoo ^-^

    ResponderEliminar
  17. Isso é natural sermos muitas vezes muito mais do que aquilo que merecem ou são para nós mas, faz parte de nós :$

    ResponderEliminar
  18. não digo que não, mas agora jogo na defensiva, só me tiram dela quando me sentir segura :x

    ResponderEliminar
  19. Sim, há sempre ambos os lados :$

    ResponderEliminar
  20. é, a minha melhor amiga diz me o mesmo . (:

    ResponderEliminar
  21. Exatamente, sem esforços nao se chega a lado nenhuma +.+*

    Tentarei não pedir desculpa :x

    Sim todos nos vimos o sexo oposto como um desafio, ou como algo bem confuso. Tal como tu disses-te e tens razão ade chegar aquele que verá tudo muito simples e percebera tudo! Obrigada querido*

    Beijinho Grande <3

    ResponderEliminar
  22. Oh que fofinho +.+*
    Obrigada a serio, é que simples palavras vindas de ti e tão bem ditas representam e valorizam muito (...) tiram-me pensamentos maus e dou-me mais força <3

    ResponderEliminar
  23. tenho conselheiros profissionais ahah

    ResponderEliminar
  24. claro, ela vai tirar psicologia x)

    ResponderEliminar
  25. .Ainda bem que ficas contente a serio meu querido. Eu tento dar-te um pouco da minha força mas está dificel ;s
    Beijinho grande''

    ResponderEliminar
  26. As quedas trazem consigo o medo de voar. Cabe a nós eliminar este medo.

    ResponderEliminar
  27. é mesmo injusto :s. mas também os momentos proporcionados pela felicidade que temos, em ter-mos alguém, é bem maior (:

    ResponderEliminar
  28. extremamente perfeito este texto meu amor <3 tenho saudades tuas :x

    ResponderEliminar
  29. é por desconhecermos que temos medo, medo do desconhecido.

    ResponderEliminar
  30. Obrigada.
    Concordo plenamente, é muito bom quando somos nos a mandar na nossa propria vida :)

    Beijinhos *.*

    ResponderEliminar
  31. de nada paulo :) "não te conheço", digamos assim, mas conhecemo-nos o suficiente para saber que mereces mais. ainda irás ter muitas lutas, amar muito e mesmo quando tudo parecer perfeito vão haver sempre desafios...lida com tudo isto como um desafio.
    beijo grande ***

    ResponderEliminar
  32. Tens uma escrita familiar, mas ao mesmo tempo é estanho, porque não estou habituada a ler coisas escritas por pessoas do sexo masculino. mas é um estranho bom. :)

    ResponderEliminar
  33. muito obrigada paulo (:
    beijinhos também para ti.

    ResponderEliminar
  34. gosto muito do teu blog assim (:

    ResponderEliminar
  35. é uma partida ainda sem certeza..saberei lá para o fim da semana se ele sempre tem que ir..ele disse-me que virá todos os fds, mas tenho medo...nunca tive ninguém como ele ao pé de mim..nunca amei ninguém desta forma...com amor em vez de apenas paixão. e se perder tudo? pela distância..*
    (obrigada pela força *)

    ResponderEliminar
  36. está lindo, sem palavras mesmo :)

    ResponderEliminar
  37. não tinha motivos para não gostar, está lindo :D

    ResponderEliminar
  38. Talvez o sorriso náo diga mas os olhos dizem muito, abraço Lisette.

    ResponderEliminar
  39. Aaaaaain que lindo o post *-* Amei!
    Se der depois da uma passadinha lá no blog...

    Beijokas Paulo *-*

    ResponderEliminar
  40. Tens razão.

    Adorei! :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  41. lindooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo *.*

    sou mesmo tua fã :$

    ResponderEliminar
  42. E ainda bem que continuas a escrever! Apenas eu ando meio sumida... mas sempre lendo seus textos! Tem um selo para você lá no blog... espero que goste! Beijo.

    ResponderEliminar
  43. O medo não pode nem deve pautar!

    Sê feliz na tua essência.

    Beijo

    ResponderEliminar
  44. Espero bem que não seja meu querido $:

    ResponderEliminar
  45. Acho que o sorriso é uma janela aberta da alma... é um perfume intenso que queremos semear para que todos os dias floresça e enfeite o coração.

    Os seus textos são de uma sensibilidade natural, são sorrisos que nascem ao lê-los!:)

    beijinho

    ResponderEliminar
  46. adoro, identifico-me com o que escreves :)

    continua a escrever assim, é libertador :D

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *