Pensamentos em riste.

14:05


Os fantasmas são mais que muitos e não encontro a minha arrogância em lado algum para que os evite e os maltrate, para que os assombre tal como me têm feito. 

As gavetas dos meus pensamentos não estão assim tão arrumadas e as memórias saltam e, sem ordem alguma, estampam-se no chão.

Já os sentimentos, esses não sei o que fazem na mente, mas estão congelados. Ultimamente nada consigo sentir, sinto-me fechado, preso ao tempo que parece passar tão depressa que me deixa ficar para trás.

A minha casa sou capaz de percorrer, de olhos fechados, já a minha mente, eu não quero sequer tentar. 


You Might Also Like

19 comentários

  1. Olá Paulo!
    A última frase resume todo o seu pensamento, texto brilhante, reflexivo!
    Grande abraço, sucesso, grato pela visita!

    ResponderEliminar
  2. GRANDE PAULÃO !!! FORTE REFLEXÃO !!! MAIS O SEGUIR AVANTE É O TEMA !!!E TEM QUE SER O LEMA !!! NÃO RESTA OPÇÃO A NÃO SER !! SE ENTREGAR A VIDA !!! UM GRANDE ABRAÇO Pedro Pugliese

    ResponderEliminar
  3. E fosse este mundo tão fácil de ser varrido de olhos fechados que fôssemos assolados pelo tédio existencial. Não pode ser assim. Nem a tua mente, porque também ela é um mundo. E tu tens música dentro de ti, o que é óptimo. Faz um chá e tem calma. O sol, de manhã, é muito bonito. Acorda cedo e vê-o nascer. Renasce também tu.
    Um beijo.
    Alice

    ResponderEliminar
  4. Acho que os sentimentos, a mente, as vezes são tão confusos e incertos que confundem o resto todo, se é que dá pra entender.
    Adorei, eu meio que me vi em algumas partes rs

    ResponderEliminar
  5. OI PAULO!
    UM DAQUELES MOMENTOS EM QUE, SE PUDÉSSEMOS ESQUECERÍAMOS DE NÓS MESMOS E IRÍAMOS VER SE ESTÁVAMOS LÁ NA ESQUINA, FAZ PARTE...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. A confusão que muitas vezes se instala na mente, no corpo, no coração, parece que nos vira do avesso, troca-nos as coisas de sinto, deixa-nos imóveis, desorientados, sem forças. Como se já nada fizesse sentido. Deixa-nos apáticos, como se a nossa única solução passasse por ver o mundo correr diante dos nossos olhos. E tal ideia pesa, talvez por isso haja necessidade de nos fecharmos em silêncio e permanecermos de olhos fechados.
    Mas quando conseguimos arrumar as gavetas, por mais lento que o processo seja, tudo regressa ao normal. E aí tudo se encontra. E não desistimos de tentar.

    Adorei, como já seria de esperar.
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Paulo,

    Voltaste. Ainda bem que voltaste.
    Não dei, parece mentira pelo tempo passar, porque sabia que mesmo estando longe, estavas perto.

    Obrigada pela rosa sem espinhos e pelo "amor", que há já algum tempo construímos e não há onda (eu, a falar de mar)! que o destrua.

    Maré cheia, maré vazia, mas sempre presente, em riste, como o teu pensamento, a tua mente que é super brilhante e inteligente.

    Não tentes, deixa lá. O tempo dá resposta tudo, sim, a tudo.

    Beijos e abraços, que te aqueçam, sobretudo a alma.

    PS: aí, não está frio? Aqui, está um gelo.

    ResponderEliminar
  8. As gavetas de meus pensamentos estão abertas... As coisas que eu deveria nelas guardar estão espalhadas, envolvendo meus atos...

    ResponderEliminar
  9. Viva, Paulo!
    Que fazer? A decisão inteligente é centrar a atenção e actuar. Não adianta queixar-se. Abandone o vitimismo que o faz débil e o deixa fora de jogo.
    Aceite a parte injusta da vida. Todos vivemos alguma vez uma situação que não merecemos.
    Se a vida lhe ganha uma partida, há muitas por jogar. Analise o erro e volte a começar.
    Tem capacidade de aprendizagem e ds se superar.
    Um abraço solidário com votos de Bom Natal.
    Jorge

    ResponderEliminar
  10. Meu amigo

    Como sempre um texto que adorei ler e aproveito para desejar um Feliz natal.

    Um beijinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  11. Nice*
    Podíamo-nos seguir um ao outro!?
    Diz-me se me seguires e seguirei de volta (:
    Beijinhos,
    pequenaflordemaracuja.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. O tempo da gente fecha e a chuva, por dias a fio, é inevitável...

    Paulo, que em 2014 o seu tampo abra para que o sol brilhe soberano. Obrigado por sua presença sincera em meu blog durante 2013. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  13. Há coisas que estão fora do nosso alcance. Que nem vale a pena entender o porquê de serem assim. O simples facto de a nossa mente ser assim é só mais uma das coisas que nós nunca iremos controlar.
    Resp: Muito obrigada :) Finalmente, voltei *

    ResponderEliminar
  14. Gosto do que escreves :) continua*

    e segui*

    http://tempodeviajargo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Olá, esse é meu blog "Leitura com Gordices" e eu queria pedir pra vocês darem uma passadinha lá e dizerem o que acham da nossa ideia ;)
    http://leituracomgordices.blogspot.com.br/

    bjs

    ResponderEliminar
  16. Vou mudar de blog. Vou deixar de publicar no «Parte do que Sou» para me instalar definitivamente n' «As gavetas da minha casa encantada».
    Espero por ti no meu novo porto de abrigo. Estou em:

    http://asgavetasdaminhacasaencantada.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. http://projeto-desabafo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Hi, i think that i saw you visited my web site thus i came to “return the favor”.I am attempting
    to find things to enhance my web site!I suppose its ok to use some of your ideas!!


    my blog post; Tri Cities Real Estate Appraisers ()

    ResponderEliminar
  19. Hello, I love ƴour blog post butt feel it could usе some artistic eye candy,
    possibly some images oof the ovie or two too reallу give it a robust impact.
    Many people think it is diffiult to piccture some thing and I еlieve this would give your website morе effect when someone can understand everything
    you are discussing.

    Here is my blog post - best tobacco e liquid uk

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *