Asas em Repressão

14:41

Por vezes quero saltar o muro do medo e impor fim ao receio da altitude. Quero demorar-me e sentir o tempo a pressionar as mãos nas minhas costas, forçando-me a caminhar, mesmo que aos tropeções. Beijar ventos e saborear outras encostas que não aquelas que me sempre prenderam. Abraçar outros lençóis e tecer com os dedos outros corpos. Tocar em partes sentindo outras. Olhar para umas e perder-me noutras. Por vezes gostava apenas que uma destas noites fosse diferente. Que o clamar do seu nome não fosse tão imperativo e que outros dançassem na mesma canção. Mas ninguém compreende os passos, ninguém sente a música, e os olhares não são dançarinos. São fechados, sugados pelo desejo, pelo prazer inexistente. Que não haverá. Pelo menos por mais uma e outra noite. Porque não vou trocar aquilo que preciso, para e, toda a minha vida, por algo que quero uma noite.



 * a última frase (embora muito alterada) foi inspirada numa que li e desconheço o autor mas o restante texto é completamente da minha autoria.

Meus queridos, leitores e seguidores, desejo-vos um Feliz Natal, cheio de amor e autêntica felicidade. Desejo-vos tudo de bom e que se lembrem sempre que na vida a qualidade é muito mais importante que a quantidade. E, se não postar nada até lá, ótimas entradas em 2013 e que o sorriso sempre acompanhe o caminhar! 

You Might Also Like

23 comentários

  1. Bom texto ! Desejo-te um Feliz Natal, agami :)

    ResponderEliminar
  2. En ocasiones queremos soltar nuestras alas de esa represión agobiante, volar sobre abismales latitudes y dejarnos llevar.
    En cualquier caso; es muy difícil cambiar por sólo una noche lo que es preciso para siempre en nuestra Vida.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Fazer escolhas precipitadas nunca é uma boa idéia.O jeito é andar conforme a música.
    Um Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  4. todos os homens deviam pensar assim..

    ResponderEliminar
  5. Pelo menos seria um dia ou uma noite diferente...maravilha acordar abraçado nos braços de alguem que nos fez sonhar...bom demais...

    ResponderEliminar
  6. Paulão sempre magnífico ...bela reflexão um grande abraço e um grande e feliz natal Pedro Pugliese

    ResponderEliminar
  7. Feliz Natal e um excelente 2013 para você e tua arte, que venha um ano cheio de inovação em tudo e que nesse momento a felicidade seja completa.
    Enquanto o texto, tão apreciável ler as suas palavras, nos entregamos ao que mais amamos e gostamos na vida, sem dúvida uma sensação de uma noite não pode mudar uma vida.
    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. Um Feliz Natal para ti também e entra em 2013 com o pé direito e um sorriso no rosto :)

    ResponderEliminar
  9. 19 anos mais velho do que tu, sinto cada uma das tuas palavras como minhas. Ainda não consegui ... Conseguirei?
    Abraço-te

    ResponderEliminar
  10. Não fiques no querer e, faz! ;)

    Boas festas! :)

    ResponderEliminar
  11. sempre adorei os teus textos e continuo a adora-los.
    Bom natal e muitos beijinhos :)

    ResponderEliminar
  12. HOJE EU PASSEI AQUI SÓ PRA DESEJAR UM NATAL DELICIOSO PRA VC!!

    BJS.SOL

    ResponderEliminar
  13. Saltar os muros
    [Independente da altura]
    Só assim aprenderemos a voar...

    ResponderEliminar
  14. Porque não valeria uma vida, uma noite só!
    Adoro o jeito que você escreve, parabéns!

    ResponderEliminar
  15. Desejos reprimidos por um alguém que esperamos eternamente. Ai ai.

    Paulo, que o seu Natal tenha sido iluminado! E, desde já, desejo um feliz ano novo! Que todos os teus desejos se realizem e que você consiga alcançar todas as suas metas!

    ResponderEliminar
  16. Pensei mesmo ter reconhecido a adaptação, mas tudo ficou muito bom! Adorei o "saltar o mudo do medo". Devemos fazer isso todos os dias.
    Feliz Ano Novo! :D

    ResponderEliminar
  17. Oiii,
    descobri seu blogue nos comentários super legais que você escreve no blogue da minha prima( meu mundo interior) e decidi descobrir o seu cantinho, que muito me cativa!
    Gostei muito da narrativa, e das imagens. Um feliz ano novo para você, te sigo, Beijos!!!
    Deus te abençoe!

    ResponderEliminar
  18. votos de um 2013 cheio de realizações pessoais, muitas alegrias, saúde, amor, luz , grandes inspirações e muito sucesso para o blog!

    um grande beijinho

    ResponderEliminar
  19. Mais um belíssimo texto, Paulo! Muito poético, reflexivo, talentoso!
    Grande abraço, sucesso, feliz 2013 e continuamos a nos encontrar por aqui!

    ResponderEliminar
  20. simplesmente encantado com cada palavra.

    ResponderEliminar
  21. simplesmente encantado com cada palavra.

    ResponderEliminar
  22. Desculpa o incomodo, mas em que site encontras-te o teu tema? não quero imitar apenas queria uma dica de site que templates de jeito :x Obrigado.

    ResponderEliminar
  23. Oi Paulo,
    "Beijar ventos e saborear outras encostas que não aquelas que me sempre prenderam. Abraçar outros lençóis e tecer com os dedos outros corpos. Tocar em partes sentindo outras. Olhar para umas e perder-me noutras."
    Depois disso só posso dizer maravilhoso,como é intensa a tua poesia,como é cheia de vida,como faz bem ler tudo isso!

    E que esse seja um ano de muitas realizações,abraço querido,=)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *