Vazio Inteiro

11:27

Ultimamente tenho saltado parágrafos e atropelado linhas que não vejo pelo caminho que traço. Tem-me faltado a palavra e a vontade de me sentar e conversar silenciosamente comigo mesmo já não é a mesma de outrora. Mas, no entanto, tenho fitado o meu tecto e perguntado quantas estrelas ensaiam a minha vida e comandam o meu destino. Tempo não me tem sobrado na ponta dos dedos que tecem palavras nas linhas tortas da sobrevivência humana. A correria do quotidiano tem esgotado a minha capacidade pormenorizada de sentir e desejar. O som das motorizadas que oiço pela minha janela enquanto fumo um leve cigarro já não me incomoda os pensamentos em que tento não pensar. Não me recordo de me ter encontrado neste estado vazio e congelado e, muito menos me lembro, de estar tão perto de mim quanto estou. Compartilho comigo mesmo o sorriso das conquistas e a mágoa não me atinge tão clandestinamente quanto antes: de momento sinto-me preparado para a adversidade pois também não estou a correr contra a ventania da madrugada. Tenho-me deixado domesticar pelo tempo, a fera dentro de mim está calma e de momento ainda ninguém a provocou para que saltasse e empurrasse o meu peito para a frente. Mas enquanto isso vou caminhando pelas linhas e escrevendo e saboreando uma e outra vez enquanto o tempo me deixa encontrar nele. Mas antes prefiro me encontrar perdido num sentimento que perdido algures pelo tempo. 


You Might Also Like

51 comentários

  1. adoro, tens tanto jeito, sempre o disse.

    ResponderEliminar
  2. Gostei. Será que sinto uma mudança de atitude!? :)

    ResponderEliminar
  3. Eu também prefiro ficar perdida em sentimentos e não sei se me achar é o melhor pra mim.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Que encontres no tempo, os sentimentos que julgas ter perdido! Porra que escreves bem!!!!

    ResponderEliminar
  5. Adorei os textos e o blogue , vou seguir (:

    ResponderEliminar
  6. Muito texto, e gostei das fotografias, têm um ar muito vintage ;) *

    ResponderEliminar
  7. por mais que o silêncio seja bom -as vezes-, acho que é o maior erro que fazemos! ya, a conversa é exemplo disso.. eu gostei dele, e abri-me, ele gostava/gosta mas nunca mo disse, e puff..

    ResponderEliminar
  8. seria boms e fosse de fato algo perdido, mas a parte dificil é encontrar esse sentimento em toda parte q se vai

    ResponderEliminar
  9. " Mas, no entanto, tenho fitado o meu tecto e perguntado quantas estrelas ensaiam a minha vida e comandam o meu destino." Tens de ser tu a tua própria estrela.

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pelas tuas palavras. eu tento que cada dia seja um passo mais neste caminho e tento colocar as peças no lugar de modo a construir de novo o puzle da minha vida. desta vez com a imagem que eu desejo

    ResponderEliminar
  11. Está lindo, mais uma vez muito bonito :')

    ResponderEliminar
  12. "Mas antes prefiro me encontrar perdido num sentimento que perdido algures pelo tempo." PERFEITO! :)

    ResponderEliminar
  13. As veses me pergunto ,onde vc busca tanta inspiração?lógico ,são coisas de um grande poeta.Lendo seu texto comecei a ver que também estou me sentindo assim,um tanto vazia ,sem saber o motivo,bjos.

    ResponderEliminar
  14. You my friend are a wizard of words. Love the photos too.

    ResponderEliminar
  15. desculpa apaga o outro comentario se puderes nao era para ti $:

    e muito obrigada , correu tão bem o primeiro dia naquela escola! *-* huum!

    ResponderEliminar
  16. que texto lindo $:
    "Tenho-me deixado domesticar pelo tempo, a fera dentro de mim está calma e de momento ainda ninguém a provocou para que saltasse e empurrasse o meu peito para a frente. " - sinto também *

    ResponderEliminar
  17. É essa a minha meta na escrita, transportar-vos e mostrar-vos aquilo que eu sinto, saber que quando vocês leem os meus textos, não é só mais um, mas que vos faz sentir um bocadinho do que eu sinto **
    «Tem-me faltado a palavra e a vontade de me sentar e conversar silenciosamente comigo mesmo já não é a mesma de outrora.» - como eu compreendo.

    ResponderEliminar
  18. ; as vezes passa pela cabeÇa de uma pessoa :$

    ResponderEliminar
  19. Poesia aos meus olhos..
    Tenho questionamentos próximos a estes... É deveras complicado mas... Eu não culpo tanto o cotidiano, prefiro definir de destino!

    @juhhouse

    ResponderEliminar
  20. CONVITE

    ...eu vim lhe convidar a visitar o meu blogue. Ler, e se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei grato, esperando por você lá.
    Abraços

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  21. Obrigada meu anjo! Acho que já me conheces há tempo suficiente para saber que eu não vou desistir, não sou pessoa disso. Graças a Deus tenho pessoas como tu que me apoiam e isso vale tudo :) **

    ResponderEliminar
  22. é estranho como conseguimos ser preenchidos por este vazio, que nos deixa perdidos no sentimento que tanto nos atormenta..talvez não seja estranho, não o é, quando perdemos algo e não o conseguimos substituir,nem o queremos fazer, passa a existir um pequeno espaço que vai aumentando, tornando-se já parte de nós, mas não devia ser assim, certo?

    Identifico-me imenso com o que escreves! =)

    ResponderEliminar
  23. adorei.*
    perdido em pensamento, ou perdido no vasto tempo, perdes sempre a noção do que está acontecer à tua volta.

    ResponderEliminar
  24. Perca-se, se preciso for... reme a favor da correnteza, pois que nadar contra as águas turbulentas só causa cansaço em vão! Contudo, no perder e se deixar levar pelas dificuldades, há sempre o caminho certo e a margens oportuna...

    ResponderEliminar
  25. O refúgio do pensamento, escondemos em nós próprios aquilo que pensamos e que sentimos. A ausência de palavras não quer ditar o fim de um sentir mas sim uma pausa em que as ideias parecem difusas e os sentimentos enublados por algo ou alguém que permanece ancorado a nossa vida. Um grande texto sim senhor. Abraço :)

    ResponderEliminar
  26. Adorei simplesmente o teu post :)

    Ps: Já tinha saudades de vir ao teu cantinho *

    ResponderEliminar
  27. Não tens nada que agradecer :) , ora :)

    ResponderEliminar
  28. Lindo o texto, logo tu te encontra, conversar conosco mesmo é bom demais, faço muito isso...Desejo uma ótima semana. Beijo grande!
    Smareis

    ResponderEliminar
  29. From blog to blog I just found yours and the truth is that I just loved it!I have already become your follower. I leave you my blog and in case you like it I hoe you support me too. We all know how difficult is to launch a blog. Huge kiss

    Cami

    Room on the third floor

    ResponderEliminar
  30. From blog to blog I just found yours and the truth is that I just loved it!I have already become your follower. I leave you my blog and in case you like it I hoe you support me too. We all know how difficult is to launch a blog. Huge kiss

    Cami

    Room on the third floor

    ResponderEliminar
  31. Não é sempre que conversar com si mesmo seja positivo. Em meu caso muitas vezes não o é, e prefiro este estado de inércia descrito aqui. Inércia de introspecção digo, pois no exterior, tudo corre e isto contribui para que os pensamentos acompanhem esta corrida também.

    ResponderEliminar
  32. está simplesmente lindo *.*

    ResponderEliminar
  33. Bonito serviço. O Patife gosta disto. ;)

    ResponderEliminar
  34. Por vezes deixamo-nos domesticar...mas apenas superficialmente, porque, a nossa essencia, as nossas raizes...serão sempre as mesmas! Serão sempre rebeldes e selvagens.
    Beijito.

    ResponderEliminar
  35. Não gosto do vazio...
    A correria trás isso a nós.
    "São tempos dificeis para os sonhadores"

    ResponderEliminar
  36. Disso tenho a certeza lutaremos por mais que as forças pareçam perdidas e por mais que os sentimentos pareçam esquecidos. Desistir nunca e virar as costas muito menos. Abraço :)

    ResponderEliminar
  37. Um dia assalto-te a alma e roubo-te um bocado da inspiração! :')
    Não preciso de dizer mais nada!
    Ah, espera... preciso: És um doce! *

    ResponderEliminar
  38. claro que sei, a mudança vai-se tornando cada vez mais a coisa mais natural do mundo, basta crescermos um pouco , e ver que o mundo adquire novas formas de ser visto todos os dias.

    ResponderEliminar
  39. Parece mesmo que a vida, acelerada, nos afasta de nós.

    =*

    ResponderEliminar
  40. a palavra certa no momento certo é muito *

    ResponderEliminar
  41. Os sentimentos verdadeiros nunca nos saem... e se saem sempre voltam.
    Perder-se, às vezes, é achar outras possibilidades para novos caminhos...
    Abraços

    ResponderEliminar
  42. Ando cheia desses vazios. De pular parágrafos e linhas sem razões. Atravessando sem saber de mim, sem conversar comigo mesma. E acho que isso alimentaria a alma e realmente nos faria bem. Belo texto, como sempre... Palavras enriquecedoras. Um beijo.

    ResponderEliminar
  43. Ando cheia desses vazios. De pular parágrafos e linhas sem razões. Atravessando sem saber de mim, sem conversar comigo mesma. E acho que isso alimentaria a alma e realmente nos faria bem. Belo texto, como sempre... Palavras enriquecedoras. Um beijo.

    ResponderEliminar
  44. Podemos não ter tempo para conversar cnnosco, mas conseguimos pôr a conversa em dia connosco sempre que quisermos.

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *