Cor dourada

13:54

Fora um sinal do destino ou coincidência mas o que importa foi que eu voltei a reabrir a caixinha de bijutaria e retirei de lá o bem mais necessário, mais brilhante. Aquele tom dourado competiu com a força dos raios solares. Não tão quente mas, sem dúvida, de que era mais confortável. Não tão grande mas à medida certa. Voltei a unir em mim aquela peça, que há muito tempo não havia tido notícia dela. Apenas não tivera tempo nem curiosidade em abrir aquele baú ou apenas me tinha esquecido. Esquecimento este que me leva a encerrar os olhos por tempos indeterminados só para me encontrar onde poderei estar desencontrado. Esquecimento este que me leva a perder a noção de que os maiores pedidos aos céus nos voltam a cair no colo com a mesma força com que se elevaram. Pedidos esses que encerrei. Deixei de os fazer quando encontrei aquela peça na minha mão. Talvez tenha sido trazida de algum tesouro dos Deuses ou seja apenas uma peça vulgar em que lhe depositei imenso sentimento. E sei que todos temos uma e há muito tempo que não pegava na minha. Todos temos a tal caixinha e todos sabemos quando devemos abri-la e posso dizer que abri a minha por lapso de consciência. E ainda digo que me soube-me imensamente bem voltar a pegar na minha felicidade, soube mesmo.


You Might Also Like

91 comentários

  1. gostei imenso! guarda essa pecinha contigo, não a percas, ela é única..e traz-nos tanta felicidade quando a temos =)

    ResponderEliminar
  2. se pegaste na tua felicidade, se estás feliz, eu fico feliz por ti pequeno príncipe +.+

    ResponderEliminar
  3. Tão lindo Paulo! fico feliz por ti :)

    ResponderEliminar
  4. mas estás a duvidar? :c

    às vezes é bom abrirmos essas caixinhas :')

    ResponderEliminar
  5. "Esquecimento este que me leva a encerrar os olhos por tempos indeterminados só para me encontrar onde poderei estar desencontrado".
    Sublime!
    "Todos temos a tal caixinha e todos sabemos quando devemos abri-la e posso dizer que abri a minha por lapso de consciência..."
    Sublime! Mais uma vez...todos temos uma caixinha, verdade ... um dia quero ter uma como a tua e jogar fora a minha...Sinto a tua paz, como a paz que anseio um dia encontrar.
    És adoravelmente..."livre", em pensamento...Voa.
    Beijo n´oteudoceolhar *

    ResponderEliminar
  6. mais um texto lindo Paulo *.*

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho uma. De vez em quando vou lá espreitar. Só guardei as boas recordações, por isso sempre que a abro, sinto-me feliz :)

    ResponderEliminar
  8. -"Queria fazer algo fora do normal» sim eu sei que não tem de ser assim, mas tal como tudo isto tem um lado bom e mau (: Neste caso, no meu texto, era bom*
    Acho que toda a gente gosta de se sentir assim! *.* Mudar de ares por um bocadinho *.*

    -Como tem corrido aquilo do concurso?

    -Nunca te disse, mas hoje digo-te, pelos textos que fazes, a maior parte é de amor, e revela que amas de verdade a outra pessoa e que a vossa relação é verdadeira e forte* (:

    -Texto muito bom, "Esquecimento este que me leva a perder a noção de que os maiores pedidos aos céus nos voltam a cair no colo com a mesma força com que se elevaram." força, a felicidade está sempre ao nosso lodo, apenas por vezes precisamos de algo deste género para reencontra-la (:

    ResponderEliminar
  9. De vez em quando é preciso amor ;)

    ResponderEliminar
  10. e és $:
    «Esquecimento este que me leva a encerrar os olhos por tempos indeterminados só para me encontrar onde poderei estar desencontrado.» adorei esta frase *-*
    sabe sempre bem pegar na nossa felicidade querido (:

    ResponderEliminar
  11. agora trabalha-a, a tua felicidade!
    gostei muito!

    ResponderEliminar
  12. os tamanhos do nosso querer e acreditar mudam tudo!



    =)

    bjsmeus

    ResponderEliminar
  13. "E ainda digo que me soube-me imensamente bem voltar a pegar na minha felicidade, soube mesmo." VIVA TU PAULINHO!

    pd: não consigo circular pela direita :'(

    ResponderEliminar
  14. . foi mesmo por essas duas frases que escolhi aquela imagem para aquele post. até podia ser uma imagem de um casal de namorados, tudo muito querido e fofo, mas nenhuma imagem iria demonstrar o verdadeiro sentido da mesma forma que aquelas duas simples e verdadeiras frases

    ResponderEliminar
  15. aiiiiiiiiiii , adorei *.*

    ResponderEliminar
  16. Muitas histórias existem nesses baús da vida,,,sonhos perdidos...outros por realizar,,,saudades imensas...e muitas vezes ali, ainda mora um coração...abraços de bom dia...

    ResponderEliminar
  17. Infelizmente não correu nada bem =S Acho que ninguém estava à espera. Enfim... é esperar pelo resultado e possivelmente, pela segunda fase =S Mas já sabes, se o teu exame de Economia, correr mal [espero que não!] vamos os dois "tratar da saúde" ao Ministério ahah xD

    Gostei tanto deste teu texto. Principalmente da parte "todos temos a tal caixinha e todos sabemos quando devemos abri-la". Curiosamente eu tenho uma caixinha dessas coisas na realidade, daí que me identifico bastante com isto.
    E sim, explicar-te-ei tudo. Algo me diz que temos muito para conversar ;)

    ResponderEliminar
  18. Eu guardo tantos sentimentos na caixinha. Tantas cores e dissabores. E lá eles se perdem, na cavidade natural do aconchego ou na mesmice da escuridão.

    Um beijo meu amigo querido!

    ResponderEliminar
  19. "squecimento este que me leva a perder a noção de que os maiores pedidos aos céus nos voltam a cair no colo com a mesma força com que se elevaram." Lindo mesmo, gostei bastante.
    Escreves muito bem mesmo, é óptimo ler o que escreves!! Bjnhos

    ResponderEliminar
  20. ai o menino está-me a chamar exagerada? eu sou é realista.
    - amei este texto, mas mesmo muitoo !

    ResponderEliminar
  21. Por vezes temos que nos deixar levar...pelo nosso inconsciente...
    Beijito.

    ResponderEliminar
  22. é verdade de que todos temos essa caixinha, mas as vezes estamo tão concentrados nos nossos afazeres, com o trabalho, os estudos,
    e até mesmo com o dinheiro que esquecemos do que é mais importante.
    Talvez não tenha compreendido direito o texto, mas pela forma que interpretei o adorei.

    ResponderEliminar
  23. Também prefiro praia 1000 vezes, mas como nao tenho contento-me com a piscina :b

    ResponderEliminar
  24. Antes de mais obrigada pelo comentário no meu blog e em reposta ao comentário que me deixaste, na verdade, não te sei definir ódio mas sei, pk já senti em mim, que é tudo.. mas nada de bom!! é o que sei!!

    Continua a escrever lindamente que eu estarei sempre disponível para ler(-te)!!

    Kiss

    ResponderEliminar
  25. Olá olá (:
    até sinto falta dessas tuas lindas palavras :o
    textos maravilhosos, como sempreee!

    ResponderEliminar
  26. impotência é a palavra mais certa...

    ResponderEliminar
  27. Mas pelos teus textos por acaso parecia que vocês tinham voltado, e depois havia alguns que não e outros que sim, mas sempre notei um amor pelo meu por isso é que disse o que disse percebes? (:
    E sim, se é assim espero que o tempo faça milagres!
    (É verdade, és um adolescente, ainda temos muito pela frente para viver, para quem sofrer?)

    o: Desististe porque? Ainda hoje votei em ti $:

    De nada, só sou sincera querido $:

    ResponderEliminar
  28. gostava tanto que isso ainda fosse possivel :$

    ResponderEliminar
  29. o pior é quando cometemos um erro duas vezes, apesar de saber que está errado!

    ResponderEliminar
  30. De nada (:
    Obrigado meu irmão <3
    Love youu so much <3

    ResponderEliminar
  31. ; nao consigo :' sou FRACA !

    ResponderEliminar
  32. sabes bem que tenho de agradecer toda a força que sempre me deste, nem vamos discutir! sou demasiado teimosa para isso, querido :b

    ResponderEliminar
  33. uma pessoa muito mais querida que eu :b

    ResponderEliminar
  34. ; eu sei que é muito mais que isso , mas perdi uma das pessoas mais importantes da minha vida !

    ResponderEliminar
  35. fizeste uma excelente comparação, faço minhas as tuas palavras!*

    ResponderEliminar
  36. está sempre (: e contigo?

    ResponderEliminar
  37. Ainda bem que encontras-te a tua "caixinha" e voltas-te a viver a felicidade, pois bem o mereces!
    Era bom que existisse uma forma de abrir essa caixinha sempre que se quisesse, mas igualmente bom seria existir uma forma de multiplicar a alegria vivida, por um número infinito de vezes, para viver ternamente e de forma intensificar a felicidade que tanto bem nos faz!
    Um grande Abraço e continua assim, todos os dias!

    ResponderEliminar
  38. são umas frases bem bonitas, por acaso (a)

    ResponderEliminar
  39. Todos temos o nosso baú, e de vez enquanto sabe tão bem abri-la e recordar todos os segredos e momentos que ele guarda *

    ResponderEliminar
  40. adoro, adoro!
    já te estou a seguir :)

    ResponderEliminar
  41. Muito obrigada Paulo <3

    ResponderEliminar
  42. e essa "caixinha" consegue-nos trazer tanto mais do que a felicidade...beijinho :)* (www.phooenix.blogspot.com)

    P.S. epah não consigo assinar com o meu username..sabes de alguém com o mesmo problema? **

    ResponderEliminar
  43. não :'( levo 4 práticas e não sei conduzir pela direita...

    pd: de nada meu lindo :)

    ResponderEliminar
  44. Adorei demais .. voltei a ativa no blog.

    ResponderEliminar
  45. "E ainda digo que me soube-me imensamente bem voltar a pegar na minha felicidade, soube mesmo." Adoro ler estes finais :')

    Tenho de ler os posts em atraso, SEM FALTA! isto é imperdoável :((
    Beijinhos meu doce *

    (Eu não me esqueço da nossa viagem!!! :P)

    ResponderEliminar
  46. eu nao sou exagerada (; .
    - mas sabes que o problema é que às vezes as verdadeiras aamizades perdem-se, por pensarmos que já estao garantidas ;s

    ResponderEliminar
  47. Ninguém pode dizer que não sofre, isso é verdade :s

    ResponderEliminar
  48. Está maravilhoso, adorei!

    ResponderEliminar
  49. Parece qe algem voltou a encontrar a inspiração e uma caixinha muito especial ;)
    Ha dias que anda assim, nao sei o que se passa, nao alterei o codigo nem nda..

    ResponderEliminar
  50. Vim espreitar por onde andava o Pensador a Divagar ... está tudo no sitio certo, entenda-se o piano.
    Voltarei pelas palavras. Ficou resposta.
    Beijo Paulo n´oteudoceolhar *

    ResponderEliminar
  51. Um belo dia repleto de poesia pra ti meu amigo...abraços fraternos.

    ResponderEliminar
  52. opá, tá calado xD deixas-me envergonhada :$ ahah!
    eu é que gosto imenso de te leeer! adorei o texto, mais uma vez. e nós nunca devíamos guardar a nossa felicidade, essa é que é a verdade *

    ResponderEliminar
  53. Olá Paulo! Andei por alguns blog e encontrei o seu. Estou adorando! Belo texto, sensível e realmente encanta quem lê. Voltarei sempre! Já virei seguidora, e aguarderei o próximo post anciosamente! Beijo.

    ResponderEliminar
  54. oh, adorei mesmo ! :) sigo *

    ResponderEliminar
  55. escreves lindamente e tu sabes !

    ResponderEliminar
  56. mto obrigada mesmo !
    ai não que nao faz Paulo...

    ResponderEliminar
  57. e eu fico muuuuuito feliz por teres ficado feliz, ahahah :p
    gostei mesmo muito a serio :)

    ResponderEliminar
  58. Ainda nao consegues aceder ? :s
    Não sei o que fazer pra pagina nao ir direccionada :s

    ResponderEliminar
  59. Olha acho que já resolvi o problema :D

    ResponderEliminar
  60. Não me lembro muito bem onde guardei a caixinha na qual encontra-se a minha felicidade. Tem sido dias difíceis.

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *