A vida num palco

05:29

Movia-se no palco escarlate e adocicava os meus olhos com aquele ritmo dançante. A plateia delirava e montes de assobios de luxuria e pensamentos desviantes eram lançados contra o palco musical. Olhos mantinham-se atentos e mãos procuravam esmagar o tecido das calças com o desejo de envolve-las na alma de quem dançava. Já eu, perpétuo na cadeira desconfortável, sorria com aqueles movimentos que transcendiam a perfeição alguma vez sonhada. Permaneci de olhos postos na sua imagem pedindo um contacto directo com aqueles olhos que a mim não fitavam. Completamente hipnotizado vi os seus passos caminharem na minha direcção, não piscava os olhos por incapacidade e pareci esquecer que tinha de respirar. O fôlego foi-me cortado e a perfeição, de um estado felizardo, foi atingida. Que era aquilo que tocava na minha mão? De carne e osso não se tratava. Tratava-se de alma e de sonho, de necessidade e sentimento. Não tardei a envolver os meus dedos na sua mão e uma rosa vermelha foi largada em mim. Depois de voltar a sentir o cheiro do pinhal fresco no castanho dos seus olhos, voltei a perder o contacto directo, mas sabia que se ali estava, dançava para mim. Perdi a noção do que era ficar a assistir um espectáculo que em nada me poderia mudar a partir do momento em que me tornei parte activa da minha própria história mas no entanto, olhar para aqueles movimentos fez-me levantar da áspera comodidade e bater palmas. Por momentos fui assombrado pela vontade de assaltar o veludo que fechava a dança que assistira mas tudo o que é nosso a nós virá. Vou sentar-me, continuar a bater palmas e esperar pela próxima alma dançante, visto que a vida apenas se trata de pequenos espectáculos que se cruzam entre vidas e cabe-nos a nós decidir se haveremos de subir para o palco ou ficar de fora a cheirar naquela perfumada rosa e a assistir. E se aquela alma que se envolvera com os meus pedintes olhos se destinar a bailar com a minha, terei todo o gosto de montar um palco onde as só as duas dançarão sem a cortina se fechar.


You Might Also Like

198 comentários

  1. Esta lindoooooooo :3

    ResponderEliminar
  2. perfeito, tipo na tua escola não há concursos de escrita nem nada?

    ResponderEliminar
  3. perfeito, tipo na tua escola não há concursos de escrita nem nada?

    ResponderEliminar
  4. perfeito, tipo na tua escola não há concursos de escrita nem nada?

    ResponderEliminar
  5. " menina dos sentimentos puros " adorei *.*

    ResponderEliminar
  6. obrigada, adorei este texto (:

    ResponderEliminar
  7. Ao falares de dança no teu texto tornas este ainda mais perfeito <3

    ResponderEliminar
  8. tens razão... obrigado ;)

    ResponderEliminar
  9. Não interessa o prémio mas sim o valor que as pessoas vão dar à tua escrita e o orgulho de ganhar!

    ResponderEliminar
  10. eu digo o mesmo :)

    ResponderEliminar
  11. andam, mas nao sao meras opiniao, sao palavras 'feias' para nao dizer os nomes.

    ResponderEliminar
  12. vou seguir *

    ResponderEliminar
  13. talvez.
    Apesar de ter mudado, so mais fria e nao me meto na primeira encruzilhada no amor Agora penso mais e nao deixo que o meu coração abra a porta ao primeiro toque de campainha.

    ResponderEliminar
  14. oh, nem sei o que dizer, deixaste-me completamente envergonhada $:

    ResponderEliminar
  15. Pois neste caso quem mudou fui eu, ao ponto de as vezes nem me conseguir reconheçer...
    Gostei do texto está mesmo muito bom =)

    ResponderEliminar
  16. Já ouvi dizer que a vida é como um espectáculo em palco. Temos de aproveitar a vida ao máximo antes que a cortina se feche.

    ResponderEliminar
  17. de nada principezinho :)
    adoro estas metáforas que fazes nos teus textos, meu Deus. és o meu ídolo ahah :D

    ResponderEliminar
  18. oh, és um querido, muito obrigada (:

    ResponderEliminar
  19. Obrigada Paulo. É sem dúvida muito dificil deixar de gostar de alguém que nos conseguiu fazer tão bem e mal ao mesmo tempo e ainda mais quando o processo de esquecimento não é facilitado pela outra parte:x
    Está tão bonito o teu post :o

    ResponderEliminar
  20. Pois!
    E ficaste de fora, foi?

    ResponderEliminar
  21. estás sempre a corar rapaz, calma xD
    estou a falar a sério! se me pedissem para dizer as pessoas que mais admiro aqui na blogosfera, tu estavas lá de certeza :)

    ResponderEliminar
  22. Óh, claro, as coisas não vem ter às nossas mãos.

    Vou pedir-te um favor. Há uma blogger que precisa que lhe respondam a um questionário para um trabalho. O blog é: http://desabafosdamii.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  23. e escreveres um livro, Paulo? :b

    ResponderEliminar
  24. oh, és uma fofura ;b
    mas não o faças só porque eu te ponho sempre a corar (xD) se o fizeres, faz pelo meu blog mesmo :)

    ResponderEliminar
  25. Ela agradece e eu também.

    ResponderEliminar
  26. Ok, às suas ordens xb

    ResponderEliminar
  27. Comparado ao que escreves , não é nada *

    ResponderEliminar
  28. obrigada :) diz-me só a tua idade por favor :o
    p.s: pede a amigos/as teus/tuas para responderem também!

    ResponderEliminar
  29. ahah, sim.

    olha , sbees o que se passa com os blogs?

    ResponderEliminar
  30. Pois, mas não importa xbbb
    Estarei sempre às ordens ;]

    ResponderEliminar
  31. Quando sentimos algo , torna-se mais simples transparece-lo *

    Obrigado , fico feliz por saber que gostas-te <3

    ResponderEliminar
  32. é mesmo :) ainda há pessoas nossas amigas mesmo quando achámos que não existem, elas estão lá, quanto a isso eu tenho sorte :3

    ResponderEliminar
  33. está tão lindoooo *o*
    Amo-te irmão lindoo <3

    ResponderEliminar
  34. Pois continua e é bom que seja durante muito mais tempo xb

    ResponderEliminar
  35. Eu acho que não me exprimi muito bem no texto, mas o que eu queria dizer era que eu para mim nunca tinha mudado e sempre fui a mesma pessoa, até que chegei a um ponto na minha vida em que olhei para mim e vi o quanto tinha mudado. Eu estava a falar sobre mim como se tivesse a falar sobre outra pessoa...

    ResponderEliminar
  36. pois, já me disseram outra maneira, e agora ja deu para ser utilizada que é instalar o google chorme.

    ResponderEliminar
  37. que kiko :) obrigada pelo 'apoio' é sempre agradável :)

    ResponderEliminar
  38. que kiko :) obrigada pelo 'apoio' é sempre agradável :)

    ResponderEliminar
  39. eu acredito que seja mais simpatia do que sinceridade (:

    ResponderEliminar
  40. tens razao, nem merecem resposta -.-

    ResponderEliminar
  41. sem dúvida, quando nos vemos a pensar que eles não existem, eles aparecem!

    ResponderEliminar
  42. Não faz mal Paulo. Abraço =)

    ResponderEliminar
  43. eu digo o mesmo Paulo *.*
    muito obrigada!

    ResponderEliminar
  44. Sim é um bocado (':

    ResponderEliminar
  45. ai adorei *-* é incrível a maneira como escreves!
    sim foi mesmo esse o objectivo :p

    ResponderEliminar
  46. Ahaha adorei :b
    Gostei do texto :b

    ResponderEliminar
  47. eu tambem nao gosto muito do casal, mas gostei da foto (:

    ResponderEliminar
  48. mas fica sempre bem e agradeço do fundo do coração . és um grande amigo

    ResponderEliminar
  49. magnífico (: espero que esteja tudo bem contigo Paulo (: *

    ResponderEliminar
  50. ahahahahahaha, por acaso também acho que ela merecia melhor. e tu eras um bom partido :b. melhor que ele sem dúvida (:

    ResponderEliminar
  51. agora nem dinheiro para uns para mim tenho! ahahhahah :(

    ResponderEliminar
  52. Não preciso de dizer que adoro este post e que está completamente lindo.
    Paulo, Paulo, Paulo... vou alugar-te para a minha estante :)

    A Zeny ainda vai fazer a pobre Benny ficar mais louca do que o que já é! :P
    Fico felicíssima que gostes :')) ***

    ResponderEliminar
  53. de qualquer das maneiras existe imensa simpatia *.*

    ResponderEliminar
  54. cada vez me deixas mais certa disso :o

    ResponderEliminar
  55. preciso !
    Nunca tive dúvidas que eras uma grande pessoa :$

    ResponderEliminar
  56. ahahaha, digamos que ele tambem nao é GRANDE nisso de cantar xD

    ResponderEliminar
  57. Há dias melhores e outros piores, mas vive-se (:

    ResponderEliminar
  58. Oh meu doce, muito obrigada :')
    Eu também gostava muito, assim tinha a certeza que tinha sempre algo de novo para ler eheh :') ***

    ResponderEliminar
  59. não vinha aqui há algum tempo. Já tinha saudades dos teus textos :)

    ResponderEliminar
  60. mas eu disse aquilo bastante a sério és uma grande pessoa ,um grande rapaz ! e não sou nada fofinha :$

    ResponderEliminar
  61. tonta nada, super realista :o

    ResponderEliminar
  62. ora essa :b simpático és tu (;

    ResponderEliminar
  63. óh para lá com isso que se não fico envergonhada :$$

    Tu sim és "fofo e querido" pequenito:)

    ResponderEliminar
  64. pronto, assim já concordo parcialmente, porque está cientificamente provado que não sou tonta :o

    ResponderEliminar
  65. paulo, dá-me um bocadinho da tua habilidade de escrever. juro-te que não notarás diferença na tua escrita.

    até atribuo uma música aos teus textos: fuckin' perfect - pink *-* <3

    ResponderEliminar
  66. já está e desculpa meu querido (:

    ResponderEliminar
  67. ah não posso nada, depois não sei que dizer :$

    ResponderEliminar
  68. Muito, mas realmente muito bonito!
    Para mim conseguiste transmitir (e muito bem) todo o Amor que sentes e que tens "preso" dentro de ti, pronto para ser dado a alguém muito especial. É pena que ele continue aprisionado...
    Talvez a única forma de o libertares é escreveres este bonitos textos (não é verdade!).
    Mas por vezes deve-se procurar outras formas de tornar a nossa vida diferente, procurar dar outros toques de cor*, para além dos que descreves-te neste texto.
    Sei que temos sempre altos e baixos, mas seria muito positivo se a tentar "desviares o olhar do palco" por instantes...

    Quanto ao texto, vou vou dar a minha opinião, sobre o que senti. E tenho que dizer que gostei muito, pois em todo o texto existe uma descrição perfeita da realidade, existindo um conjugar de cores, superior a um filme digital ou 3D (como nos cinemas), que nos dá todos os pormenores de tudo o que acontece.
    Mas a última frase, apesar de não descrever nada sobre o que é real, para além dos sentimentos, está algo "apetitoso"/divinal.

    ResponderEliminar
  69. nao mesmo. aquilo é mais pela cara fofinha do que por outra coisa!

    ResponderEliminar
  70. na cabeça das Beliebers, só mesmo lá xD

    ResponderEliminar
  71. sabes bem que eu já não sofro por ele, porque já não vale a pena :s
    mas pronto, é sempre bom relembrar o que passámos, de vez em quando :)

    ResponderEliminar
  72. totó e tonta são palavras que não constam no meu dicionário, quando destinadas a mim, claro ;o

    ResponderEliminar
  73. podias ir começando :b

    ResponderEliminar
  74. pois não por isso é que não me podes chamar esses nomes fofinhos :$

    ResponderEliminar
  75. oh! não acredito que esteja feio o:

    ResponderEliminar
  76. ahaha :b
    sabes sentia saudades de falar contigo e ouvir os teus conselhos

    ResponderEliminar
  77. tomara muita gente ter o nosso nível, ahah :b

    ResponderEliminar
  78. ainda bem (:

    ResponderEliminar
  79. ora bem,isto sem o consultar é um pouquinho difícil, visto que o meu léxico é imenso, mas palavras como querida e simpática devem lá estar com toda a certeza :o (isto é fictício)

    ResponderEliminar
  80. assim acho bem :) e muito muito obrigada :D

    ResponderEliminar
  81. deve ser impressão tua :x

    ResponderEliminar
  82. ainda bem que gostaste (:
    ela não é mesmo minha irmã, é uma grande amiga, por isso é como se fosse (:

    ResponderEliminar
  83. se estiverem, estão com o tipo de letra Chiller e tamanho 8 (a)

    ResponderEliminar
  84. Carolina Almeidamaio 29, 2011

    Adorei o texto. Esta muito bem escrito e com um sentimento enorme. Parabéns!

    ResponderEliminar
  85. mas é que somos mesmo :D

    ResponderEliminar
  86. é como se fosse praticamente (:

    ResponderEliminar
  87. Não fui capaz de deixar de vir "reler" o teu texto, depois de teres explicado a perspectiva que tinha (um pouco diferente da que inicialmente tinha captado).
    Mas ainda bem que é diferente, pois assim fiquei a saber que te sentes dono do teu palco/vida e que não irás abdicar dele!

    Quanto ao meu Domingo, experimentei a enviar um email, pois este blog é teu e não devo colocar coisas sobre mim (acho eu!). Espero que não te importe que eu tenha tomado a liberdade para o fazer.
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  88. é-me igual, desde que ninguém perceba :o

    ResponderEliminar
  89. Blog de cara nova. Maravilhoso!!
    É muito bom sentir harmonia quando estamos presente a um espetáculo da vida. Poder compartilhá-lo, se nos inspira, seria a realização, sem necessidade de palco e do descer as cortinas.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  90. Muito bom :)
    Na minha opinião, devemos sempre ir para o palco, não para receber aplausos mas porque temos sempre a mania de nos por abaixo sempre de tudo, por isso subir para o palco, lutar sempre para atingirmos os nossos objectivos e concretizar sonhos! Isso sim, seria um brutal espectáculo :D *

    ResponderEliminar
  91. pensei nisso :)
    mas nunca é a mesma coisa, e vou morrer de saudades :$

    ResponderEliminar
  92. Estamos fazendo uma votação para escolher os 10 melhores blogs mais interessantes e que atraiu um bom numero de visitantes durante os últimos 6 meses.
    Os ganhadores irão receber um selinho com o nome do seu blog, e seu blog será divulgado durante 1 mês no Salada Mixtta com o banner do seu blog,se você não possuir um banner,colocaremos só o nome do seu blog. A votação começará no dia 01/07/2011 e terá termino no dia 15/08/2011.
    dê uma passada lá e divulgue o seu blog preferido.

    ResponderEliminar
  93. » gosteii e seguii +.+

    ResponderEliminar
  94. » obriigadoo «

    ResponderEliminar
  95. As opiniões são todas iguais...o texto ficou muito bom!!

    ResponderEliminar
  96. lá nisso tens razão lol ve-se pelo numero de comentarios ahahah

    ResponderEliminar
  97. obrigada pela "boa sorte" Paulo, escreves lindamente, continua!

    ResponderEliminar
  98. Sou só mais um a corroborar a qualidade :9 E gostei da m+suica. Muito.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  99. Adorei :]
    Sigo-te :]

    ResponderEliminar
  100. De nada :]
    Não consegues seguir, pela barra de cima ?

    ResponderEliminar
  101. Eu ponho então os seguidores... Vê lá se fazes as pazes com ela xD

    ResponderEliminar
  102. Muito lindo!
    Adorei!
    Beijos meus querido, e uma boa semana pra ti!

    ResponderEliminar
  103. "Não tardei a envolver os meus dedos na sua mão e uma rosa vermelha foi largada em mim."

    Amo meu amor, a sério :')
    Faz isso comigo :3
    <3

    ResponderEliminar
  104. Bem tu és buee positivo, encontras solucao para tudo :o
    Ate agora tou a gostar, va va mas nem todos os adolescentes são assim, (só a maioria) xD

    Ao ler este teu texto só desejei ter feito algem sentir.se assim (ou pelo menos metade) ao ver.me actuar na sexta, só que não dancei, foi apenas uma peça de teatro

    ResponderEliminar
  105. pois, eu sei! mesmo assim, nem sei quando o volto a ver :(

    ResponderEliminar
  106. uhm, cheira-me que alguém vai ficar super preso ao meu blog (a)
    ahah, ainda bem que gostaste meu amor :')

    ResponderEliminar
  107. eles connosco tudo partilham, mas só os VERDADEIROS!

    ResponderEliminar
  108. Por vezes somos protagonistas e expectadores ao mesmo tempo (a vida é assim). Um texto excepcional, parabéns!

    ResponderEliminar
  109. de nada amor <3

    ResponderEliminar
  110. Identifiquei-me massivamente. E sim, claro que gostei.. :)

    ResponderEliminar
  111. sabes que podes contar sempre comigo não sabes amor? <3

    ResponderEliminar
  112. eu sei que se tiver algum problema posso contar contigo , e isso é bastante bom *_*

    ResponderEliminar
  113. é assim a vida , temos que saber lidar com as coisas boas e más :/

    ResponderEliminar
  114. sim apesar de ás ver parecer que não há solução para tal

    ResponderEliminar
  115. pois , e quanto a mim vou tentar esquecer as coisas menos boas

    ResponderEliminar
  116. é bom saber que posso contar sempre contigo :)

    ResponderEliminar
  117. Posso um desabafo?

    Não tivemos tempo para consolidar uma amizade, ou algo parecido. Entre centenas de comentários, sei que este é apenas mais um. Vai lá, desculpas!

    ResponderEliminar
  118. Elogios ao blog e escritor. Bjs!

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *