Um beijo da noite

08:14

Os raios emitidos pelo lindo pôr-do-sol parecem queimar as lindas pétalas das flores do campo. Flores essas que me tapam segredos todas as tardes e que confidenciam os meus desejos pensantes. Flores de pétalas suaves que permanecem hirtas mesmo com um vendaval e, já pessoas de carne e osso, limitam-se a cair quando algo corre mal. Costumo tocar nas pétalas com suavidade imaginando que sejam elas a tua doce pele com o sabor que ultrapassa todos os já conhecidos.  Toco e depois deixo que a flor de pétalas bonitas me toque, a mim, enquanto balançam as suas pétalas com o vento que suavemente lhes dá vida, que dá vida assim aos campos durante o fim da tarde. E o crepúsculo, por fim, absorve as cores lindas da tarde mas a única cor que me consegue prender o olhar é a da flor que sempre permanece visível aos meus olhos. Já há muito que a conheço e talvez seja por isso, por lhe ter depositado tudo o que penso que ainda a continuo a ver. E aquele vermelho que me chama envolve-me na mesma intriga todos os fins de tarde, retenho um pouco da respiração e envolvo-me num beijo à pétala que me consome com o veneno dos teus lábios. Mesmo que morra agora, quero morrer com o sabor da suavidade em mim. Quero que me leve suavemente, este final de tarde, mas que não me deixe esquecido.


You Might Also Like

121 comentários

  1. Adoro, adoro, adoro, e adoro(-te) :')
    <3

    ResponderEliminar
  2. gostei muito (:
    acho que não se iriam interessar :o

    ResponderEliminar
  3. gosto sempre.
    e não, não estou enganada, ninguém se daria ao trabalho, presumo :o (uma capicua xD)

    ResponderEliminar
  4. Já? Custa a acreditar xD
    Fazes bem ter mudado, é uma vida encarnada na personagem que representamos :)
    Grande final de tarde, bastante intenso nessas petalas vermelhas :)
    p.s- optima escolha de imagem, papoilas, adoro papoilas é uma flor tão simples, que nasce onde crer e ha apenas no verao :b

    ResponderEliminar
  5. precisamente (:
    tens de as derubar, as paredes que crias só te servem de obstáculos para ultrapassar!

    ResponderEliminar
  6. ahahah bastante bem. foi para o oceano. em cima das rochas

    ResponderEliminar
  7. É uma palavra tão forte e nem eu tenho coragem de dizer a tal pessoa, tão forte é essa palavra como o meu passado com ela, pode ter tido significados um para o outro mas para mim foi o suficiente para aprender a medir as palavras, aprendi a ser paciente mas não ao ponto de parar e esperar por tudo entendes? beijinhos $:

    ResponderEliminar
  8. hoje eu publico ^^

    ResponderEliminar
  9. é preciso te muita força para tal, visto que muitos não conseguem isso!

    ResponderEliminar
  10. está lindo :3

    ResponderEliminar
  11. Suas palavras ganham vida em versos envolventes.O amor nos possibilita de enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar.
    Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Beijo!

    ResponderEliminar
  12. Tão, mas tão liindo :D

    ResponderEliminar
  13. podes crer, mas depois há aquelas que vêm e que dão valor a tudo o que seja nosso (:

    ResponderEliminar
  14. está lindo, lindo, lindo, como sempre :')

    ResponderEliminar
  15. Lindo* Amei* Adorei*

    Eu sempre que aqui venho saio "tocada" por ti!

    ResponderEliminar
  16. "... mas não me deixe esquecido."
    Tão horrível é sentir-se assim: esquecido.
    Lindo trecho!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  17. se o deixar entrar a felicidade será, certamente, passageira :/

    ResponderEliminar
  18. nem mais! (:
    gosto muito da forma como escreves*

    ResponderEliminar
  19. podes crer :D

    ResponderEliminar
  20. texto poético, inspirador e de muito bom gosto. curti muito.

    abraços!

    ResponderEliminar
  21. eheh ;D
    nada que agradecer :)

    ResponderEliminar
  22. Obrigada querido, enorme texto!

    ResponderEliminar
  23. Você tem um jeito de escrever que me encanta, por isso venho sempre aqui. Há musicalidade em seus textos e uma grande capacidade de cantar o amor.
    Fiquei a imaginar as pétalas, tão suaves e perfumadas. O toque cuidadoso para não tirar a vida. Como no amor.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  24. escreves sempre bem Paulo, não consigo acreditar * (este é só mais um que está lindo! :D)

    ResponderEliminar
  25. já esteve pior, podes ter a certeza que sim.
    parece que somos brinquedos, parece que gostam de brincar com os nossos sentimentos.
    obrigado pelas palavras e pelo apoio querido, obrigado mesmo :c

    ResponderEliminar
  26. simplesmente, não quero bater no fundo, Paulo :/

    ResponderEliminar
  27. simplesmente, não quero bater no fundo, Paulo :/

    ResponderEliminar
  28. eu também! já adorava, mas agora que experimentei, adoro mais :D

    ResponderEliminar
  29. tens toda a razão, mas sei lá... tenho bastante medo :/

    ResponderEliminar
  30. Que belo texto. Suave, lindinho. *-*

    ResponderEliminar
  31. e o pior e que depois de tudo o que me disse e fez continuo a gostar dele, fonix :x

    ResponderEliminar
  32. ahah, também deve ser giro :b

    ResponderEliminar
  33. ele magoou-me imenso, não posso agir como se nada tivesse acontecido e voltar, entendes? :s

    ResponderEliminar
  34. Quanto mais simples escreves, mais bonitos os textos se tornam ^^ *

    ResponderEliminar
  35. sinceramente? não, não gosto de ama-lo, ele não vale nada, completamente nada, ja provou isso tantas vezes, posso dizer que ele foi uma grande desilusao, talvez foi o maior erro da minha vida :x

    ResponderEliminar
  36. Ele que vá! Vá e que só volte quando for para me trazer felicidade. Por ser muito novo, é que acho que deve ir. O meu coração pequenino não merece sofrer isto já.

    ResponderEliminar
  37. sim, obrigada pelos conselhos (:

    ResponderEliminar
  38. talvez precisasse de saber as razoes, aquelas que ele nao me quis dizer, se calhar preciso disso para seguir e frente :c

    ResponderEliminar
  39. esta tão lindo amor (:
    Olha sabes que a minha professora de apoio de portugues viu o teu blog amor?

    ResponderEliminar
  40. mas marcou :c o problema e esse.

    ResponderEliminar
  41. Sabe bem quando "continuamos a ver" a nossa flor no meio de tantas. E a deslumbrar-nos com ela.

    ResponderEliminar
  42. Simplesmente lindo.Um amor doce e delicado.Beijos achocolatados

    ResponderEliminar
  43. Que texto espetacular, escreves tão bem , fico sempre espantada cada vez que leioum texto teu , escreves mesmo bem :D Texto simples mas diz tudo. Adorei :D

    ResponderEliminar
  44. mas eu é que tenho razão :b

    ResponderEliminar
  45. Tão bonito, esse campo só teu =)

    E amanhã há novo pôr do sol...

    Bjinho!*

    ResponderEliminar
  46. Não podia deixar de registrar minha satisfação por colocar meu blog em um lugar tão especial.
    Sou sua grande admiradora e já o mencionei várias vezes.

    Obrigada.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  47. Aww *__* nao sejas modesto, tu escreves bem, qalquer texto que escrevas é sempre um bom texto :)

    ResponderEliminar
  48. Claro que pode ser um companheiro... só me estava a referir no feminino à mochila :P

    Bjinho*

    ResponderEliminar
  49. Sim, estou viva :D eheheheh... Estou de volta! LoL



    Vejo que fizeste umas modificações no blog ;) está girissimo!

    ResponderEliminar
  50. Hey Paulo (:
    AMEI o teu post **
    "Mesmo que morra agora, quero morrer com o sabor da suavidade em mim. Quero que me leve suavemente, este final de tarde, mas que não me deixe esquecido." Mais uma vez parabéns pelo teu grande trabalho **

    ResponderEliminar
  51. Ela foi ver os comentarios que tinha e sem querer carregou no teu comentario, e disse me que o titulo do teu blog chamava atenção, então ela leu o teu blog, e ela diz que gosta muito (:

    ResponderEliminar
  52. Oi !
    Eu amo a cor vermelha, e adoro petálas de rosas!
    Lindo seu texto!
    Quero que me leve suavemente, este final de tarde, mas que não me deixe esquecido...
    Lindo é de uma sensibilidade!
    Foi um prazer ler-te
    Aline.

    ResponderEliminar
  53. Lindo texto, adorei sua sensibilidade!
    Beijo
    Aline.

    ResponderEliminar
  54. quem me dera escrever como tu ;)

    ResponderEliminar
  55. Sou sua seguidora a algum tempo mais renovei para você não esquecer de mim.Lindos seus textos postados aqui a gente faz uma excelente viagem lendo seu blog.
    Linda noite beijos no coração,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderEliminar
  56. É, há pessoas que sabem como lidar com aqueles tristes que não têm vida própria xb

    ResponderEliminar
  57. Estou a três meses de fazer 15 anos :D
    O que quer dizer que, estou a três meses e meio de entrar no secundário :S

    ResponderEliminar
  58. está lindo paulinho*

    ResponderEliminar
  59. mas ainda mal me ponho em pé :o

    ResponderEliminar
  60. claro que tenho Paulo :b

    ResponderEliminar
  61. Obrigada :)
    Uma boa semana para ti também :)

    ResponderEliminar
  62. Aiii que fofo, Obrigada pelo carinho. Teu blog é um dos meus favoritos tb.

    Tua escrita é sempre terna e cativante. Mil vezes Parabéns e já linkei seu blog tb!

    Beijosssssss

    ResponderEliminar
  63. tenho é de praticar muito !

    ResponderEliminar
  64. obrigada por tudo o teu apoio paulo
    adoro-te
    escreves tao bem ((:

    ResponderEliminar
  65. Faço posts daqueles para recordar momentos e para deixar os meus seguidores a rirem x)

    ResponderEliminar
  66. Como sempre mais um texto maravilhoso :D Sem palavras mesmo, " Quero que me leve suavemente, este final de tarde, mas que não me deixe esquecido." perfeito :D

    ResponderEliminar
  67. Como sempre mais um texto maravilhoso :D Sem palavras mesmo, " Quero que me leve suavemente, este final de tarde, mas que não me deixe esquecido." perfeito :D

    ResponderEliminar
  68. Lindo teu texto ,escreves muito bem. E o põr do sol sempre será a hora mágica que nos transforma e mexe com a nossa sensibilidade.
    Beijos
    Zelia

    ResponderEliminar
  69. mando pois amor *.*

    ResponderEliminar
  70. obrigad acerio paulinho *.*

    ResponderEliminar
  71. mas ocupado com coisas más? :x
    se for com coisas boas, até é bom :b

    e eu ao tempo que não posto nada, além de pouco tempo, falta de inspiração :s

    ResponderEliminar
  72. claro que tenho tu ajudas-me muito!
    olha eu queri mudar o nome do emu blog so que nao sei que nome e que ponhho podes-me ajudar ou dizeres-me um fofinho *.*

    ResponderEliminar
  73. Esse teu post e fez lembrar de uma música de autoria de Alceu Valença, chamada "Pétalas". É um cantor/compositor regional aqui do meu estado (Pernambuco/Brasil).

    ResponderEliminar
  74. nunca tinha pensado nas redes sociais / inspiração dessa maneira, mas acho que tens razão :s

    ResponderEliminar
  75. obrigada paulinho*

    ResponderEliminar
  76. ainda bem *.*

    ResponderEliminar
  77. Obrigada :) Adoro as minhas tartarugas, já as tenho à algum tempo :)
    E adorei o teu texto :) Parabéns*

    ResponderEliminar
  78. Belissimo meu amigo,,,quando a noite chega, ela nos beija com tantas e tantas paisagens e sons diferentes,,,que nossa alma pulsa...abraços fraternos de bom dia.

    ResponderEliminar
  79. Muito obrigado Paulo (:
    Achei interessante a letra, por acaso aquela é uma das partes que eu mais adoro **

    ResponderEliminar
  80. fico tão feliz por ti amor , finalmente as coisas parecem que se estão a recompor :)

    ResponderEliminar
  81. segues o meu também sff ? preciso de seguidores :s

    ResponderEliminar
  82. É impressionante a forma como guardas todos os sentimentos, todos os momentos e tudo o que sentiste e relembras do teu Amor.
    É lindo...

    ResponderEliminar
  83. Não conhecia o teu blog. Digamos que me perdi nele durante um bom tempo. Gostei mesmo muito. Tens imenso jeito para a escrita.

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *