Final infeliz.

09:05

Hoje, enquanto eu via H2O na televisão, ele dormiu na minha manga.
De vez em quando saía para abrir as asas e tentar andar, mas sempre sem sucesso. A pata estava mesmo num estado crítico!
Alimentei-o e dei-lhe água antes de me ir embora.
Quando voltei reparei que a sua caixinha tinha uma garrafa de água em cima da tampa.
O meu pai tinha metido porque ele estava a tentar fugir. Ouvi-o a saltar e foi o último som que fez.
Minutos depois quando o fui ver, reparei no seu corpo coberto de pequenas penas imóvel naquela pequena caixa.



Nunca concordei com a chegada dele, mas já me estava a afeiçoar...


Descansa em paz, Loiro.


Peço desculpas às pessoas que depositaram confiança em mim, acabei por desiludi-las.

You Might Also Like

14 comentários

  1. Oh loiro :s
    Sei muito bem o que te custa, já passei algumas vezes por isso.. mas ele está num lugar melhor (:

    ResponderEliminar
  2. Ahh já sei :p
    é mesmo fiche *.*
    então também gosto (':
    não gostas de indie ?

    ResponderEliminar
  3. Coitadinho >.<
    Mas eles são tao frageis qe acabamos por sempre descuidar-nos e acontece isso..

    RIP Loiro :)

    ResponderEliminar
  4. Oh...infelizmente os nossos cuidados por vezes não chegam..
    Mas fizeste o melhor!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Oh...infelizmente os nossos cuidados por vezes não chegam..
    Mas fizeste o melhor!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. wow. tenho pena do pequeno. isso há-de passar.
    nem só as raparigas escrevem bem :p
    parabéns!


    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. por vezes os pássaros conseguem ser muito frágeis.

    ResponderEliminar
  8. por vezes os pássaros conseguem ser muito frágeis.

    ResponderEliminar
  9. Ohn, coitadinho :s .
    normalmente nunca sobrevivem, sentem sempre falta dos pais :c
    <3

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *