A pilha acabou.

13:26

Nunca imaginei como seria perder-te. Quando te vi, desejei ver-te de anel colocado no dedo e a jantar do meu lado enquanto dávamos as mãos. Desejei poder tocar-te todas as manhãs, suavemente, como a dança de uma cortina branca do nosso quarto ao vento. Nunca imaginei acordar sem saber o que era ter-te a sorrir para mim mesmo que me tivesse babado a noite inteira e a almofada descansasse com a minha saliva imunda e meramente humana. Sabes, não imaginei a minha vida sem o toque sensual e tranquilo da tua alma porque quando te vi eu soube que era para sempre, mas agora, sinto-me enganado pelo tempo que escorreu com densidade pelas feridas abertas. Sinto que o vento já não balança com o meu corpo e sinto que acabou a pilha, que costumavas refortalecer, do coração. E agora que tudo acabou, tudo se tornou diferente, pálido e cinzento. Tudo se virou do avesso e não parece haver condições para continuar a lutar. Há enormes razões para questionar o que aconteceu mas não vejo motivo algum para o fazer. O destino trás, o destino leva, por isso, vou descansar, deitado sobre os lençóis quentes da tua presença e desejar, um dia, voltar a beijar a tua alma e sentir o que sentiste quando me beijaste pela primeira vez.

Com amor.

(agora coloco o nome dos autores na fotografia para evitar roubos sem colocação do autor - photography by LeighTaylor)

You Might Also Like

119 comentários

  1. fico tão emocionada com os teus textos.
    aqui também, mas mesmo assim, não gosto muito x)

    ResponderEliminar
  2. , obrigada pelo apoio :b . adorei o post, está lindo !

    ResponderEliminar
  3. Achei o teu blog muito fofinho e vou seguir segue o meu se gostares e passa a palavra se não te importares claro, o meu blog é: conceicaoccs.blogspot.com
    Beijinhos <3
    Continua assim!!!
    P.S Eu li!!!

    ResponderEliminar
  4. Adorei simplesmente. Quer dizer gosto sempre daquilo que escreves ^^
    Descreves as coisas tão bem que é como se entrasse na história $:

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. ainda bem (a)
    opá cala-te , até ali nunca tinha ouvido falar no nome (quase) , mas a partir de agora parece que toda a gente tem esse nome -.-

    ResponderEliminar
  6. também eu. quando for grande quero ter uma ilha só para mim e acordar todos os dias na praia e ver o mar lindo! *.*
    mas gosto mais de passear á beira mar, com o vento na cara e os cabelos a esvoaçar, gosto mais assim.
    são lindos! *

    ResponderEliminar
  7. , ohh, obrigada ! é impossível não gostar dos teus textos . são lindos!!

    ResponderEliminar
  8. é impossível não gostar do que escreves :)
    - Sabes, eu só não vou porque sei que vou encontrar exactamente as mesmas dificuldades, as mesmas dúvidas, os mesmos medos e mesmo que sejam pessoas diferente vou encontrar pessoas com mau carácter. Exactamente o que há aqui... E porquê fugir para um sitio igual ? :s

    ResponderEliminar
  9. que magnifico texto $:
    tens de ter força e seguir emfrente!

    ResponderEliminar
  10. Dizem que o que é realmente nosso nunca se vai para sempre.

    ResponderEliminar
  11. Muito obrigada (:

    Obrigada pelas palavras*

    ResponderEliminar
  12. o amor lixa-nos a todos. sofro dessa mesma doença... também quero comigo aquele que mais amor, mas...
    apenas, todos queremos ser amado e não sofrer mas infelizmente não e possível

    Força, pode ser que as coisas fiquem melhores para todos nos, um dia destes

    ResponderEliminar
  13. era mesmo o: mas também gosto do campo, e para descansar a cabeça também é bom e eu gosto :)
    odeio, odeio sentir isto e odeio o que ele me faz, nem consigo sorrir paulo, nem isso .

    ResponderEliminar
  14. "Desejei poder tocar-te todas as manhãs, suavemente, como a dança de uma cortina branca do nosso quarto ao vento. Nunca imaginei acordar sem saber o que era ter-te a sorrir para mim mesmo que me tivesse babado a noite inteira e a almofada descansasse com a minha saliva imunda e meramente humana." - eu gostei de todo o texto, mas essa parte é muito boa. são coisas simples, honestas, comuns e sobretudo verdadeiras (:

    ResponderEliminar
  15. Bom texto..lembra-te que a pilha pode ir abaixo mas dá sempre para recarregar ;)

    ResponderEliminar
  16. É só nos primeiros tempos depois tudo voltará a ser a mesma coisa :S

    ResponderEliminar
  17. Depois de quase um mês voltei e tu continuas com textos brutais *.*

    ResponderEliminar
  18. Oh, tás simplesmente a ser simpático! *-*
    Quanto ao texto, as vezes sonhamos de tal maneira, que passamos a viver na ilusão, e quando percebemos o que aconteceu por vezes já é tarde. $:

    ResponderEliminar
  19. Sabes querido, às vezes também nos cansamos de lutar...

    ResponderEliminar
  20. e impossivel nao gostar do que escreves *.*

    ResponderEliminar
  21. Boa noite moço de alma tão clara...
    Mais uma vez aqui emocionada com sua postagem...você consegue descrever de uma forma especial sentimentos únicos.
    Tão difícil conviver com a ausência, tudo tão vazio, tão pálido, sem sentido. Acho que na hora da raiva e da mágoa a gente até acredita que pode viver sem o outro, conviver com alguém é msm complicado, pessoa são diferentes...mas qdo nos vemos sozinhos é que nos damos conta que msm nas misturas mais improváveis o resultado acaba sendo perfeito.
    DESTINO...taí mais um menino travesso e arteiro que vive pregando peças em todos nós, e qdo se junta com o tal de AMOR, ai ninguém segura...só nos resta esperar que o SENHOR de tudo, o TEMPO, se encarregue de ajeitar cada coisinha no seu devido lugar...
    Tenha uma noite estrelada, com cheirinho de brisa do mar...beijinhos de LUZ pra ti!

    ResponderEliminar
  22. Quando alguém morre, por muito que a gente tente nunca volta à vida.

    acho que deu para perceber, às vezes não é o valer a pena, às vezes é levantar-se e seguir. Erros com os quais aprendemos levam-nos a desenlaces que não esperamos ou que nem sempre queremos.

    ResponderEliminar
  23. Eu gosto sempre!!! Porque escreves mesmo bem! :$

    ResponderEliminar
  24. mas sei eu. escreves lindamente *.*

    ResponderEliminar
  25. Já escrivi a continuação, amanhã publico (:

    ResponderEliminar
  26. Já escrivi a continuação, amanhã publico (:

    ResponderEliminar
  27. bacana...rsssss gostei da ideia de colocar ''nomes nas fotografias'' rssssss, aparece pra um papo abraço e curti seu blog

    ResponderEliminar
  28. mais um texto perfeitíssimo Paulo!

    « o para sempre é eterno, enquanto dura »
    beijinhos (:

    ResponderEliminar
  29. Deixei selos para você lá no blog. Depois passe lá para buscar.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/04/amicitia.html

    ResponderEliminar
  30. Só para que saibas que não passo um dia sem vir ao teu blogue para verificar se existe um post novo!
    Sim, estou viciada ou por outra, estou apaixonada pelos teus maravilhosos textos que me deixam sem palavras! Mas disso já tu sabes e acho que não consigo ser sincera de outra forma contigo :)
    Beijinhos Paulo :) *

    ResponderEliminar
  31. Mesmo assim, muito obrigada (:

    ResponderEliminar
  32. " o destino trás, o destino leva, (...) " .. não sei até que ponto isso será verdade, mas... sempre é bom sonhar :b

    ResponderEliminar
  33. oh, obrigada *
    mas custa ver o que me faz, depois de tudo ..

    ResponderEliminar
  34. sim , é isso.
    Eu amo-o, pela sua amizade, e pela sua sinceridade.
    (Pensei que tinhas entendido de outra forma., por isso é que eu se calhar compliquei tanto.)

    ResponderEliminar
  35. Fantástico, adorei este texto!*

    ResponderEliminar
  36. muito obrigada mesmo :')
    (vespers goodbye - nick jonas and the administration)

    ResponderEliminar
  37. se o problema fosse só ele, parece que me caiu tudo ao mesmo tempo. sei que é uma fase, mas está a demorar tempo de mais, e eu preciso de descansar, coisa que não faço á bastante tempo :s

    ResponderEliminar
  38. , que cena xD . Eu vou tentar não colocar ao longo da história (:

    ResponderEliminar
  39. mesmo assim, muito obrigada (:

    ResponderEliminar
  40. Amei, sem duvida alguma *.*

    ResponderEliminar
  41. Gosto muito do que escrevo, porque sempre achei que os rapazes não seriam capazes de transmitirem o que sentem para palavras , e demonstra-las. Tu provas-te que eu estava errada. Gosto muito do teu blog :)

    ResponderEliminar
  42. , claro que sim (: quero que os leitores se sintam bem e gostem do que escrevo.

    ResponderEliminar
  43. O blog "um quotidiano 1001 cores" aderiu a uma nova funcionalidade, que certamente já visualisaste em muitos sites.
    Ao entrares vês de imediato a opção de "gosto" relativa ao facebook, caso o blog seja do teu agrado e gostes de o consultar diariamente/semanalmente/mensalmente terás a oportunidade de mostrar que realmente "gostas", não só do texto como do visual, ao clicar num botão.
    Meu/Minha querido/a bloguer caso também tenhas alguma opinião a dar acerca do visual ou do modo de escrita, estou aberta à recepção da tua opinião que talvez me faça muito jeito.
    Obrigada pela atenção, beijinhos :)

    ResponderEliminar
  44. mas mesmo de cabeça quente , temos noção que as coisas que dizemos magoam.

    ResponderEliminar
  45. os meus pais têm-me muito amor e não me deixam dormir fora de casa. vou ver um filme, hoje apetece-me passar a tarde em casa e pensar no que vou fazer daqui para a frente. e amanha será um melhor dia *

    ResponderEliminar
  46. só a verdade , só a verdade :)

    ResponderEliminar
  47. gosto mesmo do que escreves
    sigo (:

    ResponderEliminar
  48. Olá!
    Desconheço se o texto que escreveste é verídico ou não. Independentemente disso, confesso que fiquei digamos que "maravilhada" com a forma com que retratas os sentimentos e emoções. Só te posso dizer que espero que nunca percas este teu "dom".

    Ah e desculpa a invasão xD
    Continuarei a ler esta tua arte, não desistas dela =)


    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  49. tenho que ter muita mesmo : s

    ResponderEliminar
  50. tens de ver o próximo post que irei pôr, está ainda melhor, espero que te rias (x

    ResponderEliminar
  51. Gostei do teus textos, escritos com sinceridade, com honestidade, e é assim que deve ser (:
    Eu sei bem o que isso é veres a pessoa de quem amas, imagina-la que é a mulher da tua vida, e depois, um dia, tudo mudou tudo é diferente, pensas que não tens ninguem do teu lado, mas ai enganaste, tens amigos, pode nao ser a mesma coisa, do que a tua mulher, mas ao menos são aqueles que dão o ombro amigo, para "fazeres" tudo. E é assim mesmo, o que vai, volta, pois se o amor é verdadeiro, vai voltar de certeza. Gosto dos textos textos sinceramente! Fiquei sem palavras, são lindos *-*
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  52. saio daqui com o coração mesmo apertadinho :| está lindo, está tão sentido.
    Adorei, do fundo do coração <3
    "O destino trás, o destino leva, por isso, vou descansar, deitado sobre os lençóis quentes da tua presença e desejar, um dia, voltar a beijar a tua alma e sentir o que sentiste quando me beijaste pela primeira vez" - sem palavras :$

    ResponderEliminar
  53. que texto bom ! god ! tãoo sentido, tão profundo !

    ResponderEliminar
  54. Epá a serio? Eu também quero!! Vais para lá estudar ou assim?

    ResponderEliminar
  55. Não tens nada que agradecer :)

    ResponderEliminar
  56. Muito obrigada, obrigada mesmo :)
    Adorei a mudança do design do blog, e este texto está fenomenal *-* "Nunca imaginei acordar sem saber o que era ter-te a sorrir para mim mesmo que me tivesse babado a noite inteira e a almofada descansasse com a minha saliva imunda e meramente humana." Achei esta parte mesmo original !

    ResponderEliminar
  57. Que blog bonito! adorei
    Estou a seguir :)

    ResponderEliminar
  58. Tu é que me fazes chorar com o que escreves aqui! Muito sinceramente, ainda acabo por gastar o meu stock de pacotes de lenços por causa de ti :) ahah Agradeço do fundo do coração a tua opinião, começo a acha-la fundamental :) **

    ResponderEliminar
  59. Que post lindo +.+
    Adoro quando dizes que ela é que te dá força "sinto que acabou a pilha" e adorei que tivesse sido esse o título do post. Muito bom*

    ResponderEliminar
  60. o meu amanhã vai ser em grande espero, já tomei uma das minhas decisões em lista de espera *
    ui, se estou, prontinha para dar uma abada á minha mana no pes, muahahah *.*

    ResponderEliminar
  61. somos meninas, mas adoramos jogar pes, não temos culpa :p
    obrigada principezinho, para ti também, e um dia de amanhã com tudo tudo a que tens direito *
    diz-me o nome da musica que estava aqui antes, eu adorava-a .

    ResponderEliminar
  62. Obrigada!
    Gosto sempre de vir aqui e deliciar-me com as tuas palavras, embora fique sempre com o coração apertado e com a lágrima no canto do olho.
    Escreves tão bem, é tudo tão transparente, tão sentido..
    ADORO, do fundo do coração! <3

    ResponderEliminar
  63. Vais achar-me maluca, a menos que gostes de artes marciais =P
    Os simbolos significam "Karaté" em japonês, visto ser o desporto que eu practico desde os 11 anos, daí ter desenhado aquilo =)

    E sim, arte! Todos temos um talento oculto dentro de nós, se bem que o teu, está bem revelado xD

    Obrigada por seguires =)

    ResponderEliminar
  64. mesmo :o
    paulo ? lê o meu novo texto , preciso mesmo da tua opinião u.u

    ResponderEliminar
  65. , eu quero que todos, todos os meus seguidores se sintam bem e respeito a opinião de cada um, por isso (:

    ResponderEliminar
  66. Sorriste ainda bem, pois é isso que todos queremos, pessoas que te adoram, e eu não te conheço, mas quero-te bem, siim?
    Obrigada, felicidades para ti tambem (:
    Se precisares de alguma coisa: jessiii_fii@hotmail.com
    adiciona, se quiseres (:

    ResponderEliminar
  67. - não tens que agradecer Paulinho :)

    ResponderEliminar
  68. exactamente, é assim que penso!
    Beijo*

    ResponderEliminar
  69. fogo mesmo , irrita tanto : c
    e obrigadaaaaaa !

    ResponderEliminar
  70. lindo és tu :$
    Ok beijinhos (:

    ResponderEliminar
  71. lindo és tu :$
    Ok beijinhos (:

    ResponderEliminar
  72. Tenho a minha quota parte de loucura, acredita. Em relação ao destacar, vou-te ser sincera, a maior parte das vezes prefiro permanecer na sombra. Sabes como é, para depois quando saimos dela, brilharmos mais que o Sol [ai que filosófica que eu estou hoje =S]

    É melhor ires-te habituando a este género de comentários =P

    ResponderEliminar
  73. Eu não te vou mentir...Quero ir lá quando poder (talvez nas ferias de verão ou assim) e vou procurar trabalho e isso tudo. Quero mesmo ir para lá, adorei mesmo o tempo que lá passei

    ResponderEliminar
  74. Não sou nada, tu é que és :$

    ResponderEliminar
  75. "quando te vi eu soube que era para sempre, mas agora, sinto-me enganado pelo tempo que escorreu com densidade pelas feridas abertas." -> é tudo tão idêntico aquilo que eu sinto $;


    Texto lindo *

    ResponderEliminar
  76. já li o teu texto três vezes, e não sei, não me canso.

    ResponderEliminar
  77. e um dia pode ser que esse mesmo destino que te levou a pessoa que tanto querias, um dia a traga pelo mesmo caminho e, com muito amor ainda vivam isso tudo.
    perfeito, maravilhoso e nem sei mais. tocou-me bastante

    ResponderEliminar
  78. Ahah espero mesmo que não te "assustes" ou assim. Eu tenho hábitos algo "estranhos" =S Não sou propriamente do genero de andar por aí a dar nas vistas mas quando dou, tenho muito que se lhe diga. Tenho uma mania de usar vestes que representem o meu estado de espirito [escuras para sentimentos negativos, claras para sentimentos positivos]. Isto já para não falar dos meus textos... estão longe de serem tão objectivos como muitos dos teus que já li =S A sério, quem me dera escrever sobre amor, mas grande parte da minha escrita é sobre ódio que [in]felizmente, também existe...

    ResponderEliminar
  79. anda difícil para estes lado , começou tudo a ir abaixo novamente : x

    ResponderEliminar
  80. Paulo, uma vez comi um bom-bom, daqueles que vêm enrolados numa frase e nunca mais esqueci uma que dizia:

    'A paixão deslumbra os amantes.
    O amor, une-os para sempre.'

    Não te deslumbres. Se a tua paixão voltar, une-te a ela... enquanto forem felizes, será para sempre.

    Beijinho e nunca deixes de sorrir
    Clara

    ResponderEliminar
  81. Nossa!
    Que texto mais lindo.
    Belas palavras as suas, transbordam muita sensibilidade, amor, verdade.
    Amei!


    Beijos*

    Obrigada pela visita!

    ResponderEliminar
  82. estou completamente in love com o texto. asério, as tuas palavras são tão simples mas não consigo parar de ler, são simples mas lindas e parece que só apetece ler cada vez mais. adoro *-*

    ResponderEliminar
  83. Simplesmente maravilhoso, como tudo o que escreves!!
    Adoro ler os teus textos, és muito bom. :)

    ResponderEliminar
  84. Todos nós temos um limite e quando o atingimos é dificil continuar a lutar. Por isso, paramos e recomeçamos com mais força. Realmente somos como uma pilha, que via reagindo lutando e por fim gasta as energias e acaba por ficar parada durante algum tempo para as recuperar. Mas as coisas dão voltas e mudar até que ficam bem. (Não penses muito nisto, Pali.

    ResponderEliminar
  85. que bela reflexão ...
    quando estamos a amar, é inconcebível pensar em não
    ter mais a pessoa amada ao nosso lado ... e isso demora a passar .. eu sei bem ... (quem não sabe?) rsrs ...
    bjim querido ...
    grata pela visita, adorei aqui ...

    ResponderEliminar
  86. Paulo! Nem imaginas o quanto AMO o teu blog!

    ResponderEliminar
  87. http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis
    http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis achat
    http://prezzocialisgenericoit.net/ prezzo cialis 5 mg
    http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

    ResponderEliminar
  88. propecia propecia acheter belgique
    costo propecia propecia acquistare
    propecia precio farmacia propecia espana

    ResponderEliminar
  89. generique propecia acheter propecia pas cher
    prezzo propecia vendita propecia
    propecia sin receta propecia sin receta

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *