Pensamentos desarrumados.

11:25

Remexi nas velhas pinturas que marcaram saborosamente a minha memória. Tintas pálidas, outras nem tanto. Algumas poeirentas, outras muito bem polidas. Mas nenhuma era a tal. Quase joguei a mão à cabeça com o desespero mas o desespero só baralha a teia de acontecimentos e mantive a calma. Resolvi organizar melhor as telas, colocar cada uma no devido espaço designado e depois sentar-me de frente a cada uma delas para a interpretar, talvez estivesse a tal tão secretamente escondida que eu não a conseguisse ver. Mordi a ponta do lábio e pude jurar que o frio se tinha evaporado da minha mente e agora conseguia ver. Tirei uma das telas da parede e coloquei-a num outro lugar, no chão. Depois, outra seguida e outra por baixo e ainda outra e outra. Cheguei à conclusão que não havia a tal mas sim eram a tal. Nunca reconheci necessidades que me levassem a visitar lojas de antiguidades e no entanto eu sabia apreciar uma obra-prima assim que a visse! E aquela junção de telas esquecidas formavam a que eu sempre procurei.
Formaram aquilo que eu sou hoje. Todas essas acções que juntei no interior da minha mente, após as ter resolvido e pensado individualizada-mente, mostraram-me que estou no caminho que tinha lutado para. Na verdade, as telas foram pensamentos desarrumados que precisei colocar em paredes para perceber que o motivo de eu estar aqui, o motivo de eu te amar é porque nunca ninguém me tinha oferecido o que tu me ofereceste. Paz, cumplicidade e muito amor. E agora eu sei que estou preparado para te amar pois as telas estão onde sempre deviam ter estado: arrumadas delicadamente no fundo da minha mente e relembradas uma por uma sem grandes entusiasmos.

You Might Also Like

64 comentários

  1. BOM DIA PAAAAAAAAAAULO ALEXANDRE !
    eu sei, é errado pensar para a frente mas ás vezes é inevitável. logo comigo, que tenho que estar sempre um passo á frente do que está a acontecer -.-
    «Na verdade, as telas foram pensamentos desarrumados que precisei colocar em paredes para perceber que o motivo de eu estar aqui, o motivo de eu te amar é porque nunca ninguém me tinha oferecido o que tu me ofereceste. Paz, cumplicidade e muito amor. E agora eu sei que estou preparado para te amar pois as telas estão onde sempre deviam ter estado: arrumadas delicadamente no fundo da minha mente e relembradas uma por uma sem grandes entusiasmos.» , já disse que adoro o que escreves ? Ai *-*
    e o nome do livro pode ser: ' A inês é linda e está muito bem disposta . ' , pronto, desculpa x)

    ResponderEliminar
  2. gostei muito Paulo e estou ansiosa por esse livro *.*
    em relaçao ao plagio, é das piores coisas que aqui andam. se as pessoas nao sabem ser originais, porque e que criam blogs?!

    ResponderEliminar
  3. pois gosto, e muito, dá muito jeito x)
    oh, era um titulo tãããããão giro :c

    ResponderEliminar
  4. adorei! gostei da metáfora quadros-pensamentos que serviu de base ao teu texto :)

    ResponderEliminar
  5. devia entrar o: bem disposta, feliz e linda, linda não te esqueças (a) x)

    ResponderEliminar
  6. que cena por acaso ainda náo vi em nenhum blogue ,mas que fora não tem originalidade :c

    ResponderEliminar
  7. OMG, adoro! e quero um livro :c e quanto ao te copiarem, como descobres isso? (a) também quero :f
    beijinhooooooooooos :D

    ResponderEliminar
  8. Sabes que dá para pôr um código, em que não dá para seleccionarem o texto e logo não podem copiar? Eu tenho isso no meu site. Se quiseres saber mais:
    http://www.icebreaker.com.br/2009/05/protegendo-seu-blog-contra-o-plagio.html
    Basta seguir as instruções, é muito fácil.

    ResponderEliminar
  9. O texto está algo de fantástico! Adorei :D
    Em relação ao título do livro, porque é que não escolhes algo que se identifique com a história que estás a contar? :)

    ResponderEliminar
  10. paulosilva, o nó da gravata é dado por outro, não por mim, e por isso mesmo essa acção não depende de mim, mas afecta a minha vida, o meu viver.

    ResponderEliminar
  11. é que nao tem logica nenhuma mesmo. enfim -.-
    óh, obrigada *.*

    ResponderEliminar
  12. é que nao tem logica nenhuma mesmo. enfim -.-
    óh, obrigada *.*

    ResponderEliminar
  13. gosto imenso da forma como escreves dando vida a coisas simples na vida e não só. ficarei a espera desse livre e os dramas sao sempre intressantes. plagio enfim -.- nem digo nd

    ResponderEliminar
  14. Que lindo texto :)
    Eu estou tão ansiosa por esse teu livro *.* És lindo, adoro-te tanto <3

    ResponderEliminar
  15. Que lindo texto :)
    Eu estou tão ansiosa por esse teu livro *.* És lindo, adoro-te tanto <3

    ResponderEliminar
  16. Lindas palavras Paulo, é de nossas lebranças que se fazem estradas coloridas do hoje e do amanhã, onde nossos pés irão pisar, mas nossos sapatos já farão reconhecimento.

    Você tem sorte moço, você já tá com o livro pré-pronto, do meu eu até agora só tenho o título.. Aff!!!rs

    ResponderEliminar
  17. Ninguém merece esse povo sem noção e criativiade que vive nos copiando. =S

    Quanto ao texto. Precisamos mesmo arrumar os pensamentos, as idéias, para que tudo fique mais claro e possa ser resolvido.


    beijokas

    Nina.


    Onde andaria a inocência, o amor ao próximo, o respeito?
    Onde andaria as pessoas de coração puro?
    Desesperadamente ela os procurava através das lembranças. Remexeu lá no fundo e nada encontrou.
    Será que existiram um dia?


    www.devaneios-fragmentos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. Muito Obrigado (: a leveza e a pureza são características que se têm apoderado de mim ultimamente , porque tal como digo , "nem tudo é propositado , mas nada acontece só porque sim" , tudo na vida tem a sua razão de ser ^-^

    Quanto ao teu post , Adorei* roubas-te-me as palavras menino Paulo , eu bem tento dizer qualquer coisa , mas de cada vez que leio , fico tão maravilhada que a minha mente é inundada e me deixa colada ao teu blog , a apreciar as tuas palavras doces e melodiosas (:
    "Na verdade, as telas foram pensamentos desarrumados que precisei colocar em paredes para perceber que o motivo de eu estar aqui,..." - just that ! Amei*

    Beijo Doce*
    ps: quanto ao livro... eu vou querer um autografado pelo autor ^-^

    ResponderEliminar
  19. Adorava ler o teu futuro livro :) mas os dramas deixam-me sempre um pouco melancólica, sabes? oh, não percebo porque te copiam, já sabem que descobres sempre. E as pessoas podem demonstrar que gostam do que escreves sem ser preciso isso :s
    quanto ao texto, amei (para variar). Consegues falar do amor utilizando imensas coisas diferentes :)) Um beijinhooo*

    ResponderEliminar
  20. Todos os animais racionais e irracionais vão sendo são formados através das vivências que têm ao longo da vida (boas e más). Temos é que as encarar de forma positiva, de forma a retirarmos sempre o lado bom das situações, para que da próxima vez que algo semelhante aconteça saibamos enfrente-las "de peito aberto" e sem medo.

    Quando aos pedidos:
    1 - quando me correr algo e com tempo darei uma opinião que valha realmente a pena.
    2 - Tenho pena que alguém faça plágio. Neste momento existe tanta informação disponível, porquê não referência de onde é retirada a informação, não custa nada, para além de que deveria ter vergonha. Mesmo que não se lembrem de onde retiram a informação, refiram que não se lembram do autor e da origem!!!

    ResponderEliminar
  21. O teu texto *-*
    Gostaria muito de ler esse livro (:

    ResponderEliminar
  22. Meu querido, não poderias ter dito melhor no teu comentário :) a verdade, é que no peito dói que se farta...
    Mais uma vez maravilhoso, Paulo :))
    Vou ter oportunidade de ler esse livro? Nem se questiona a qualidade! :') Não tenho muito jeito para títulos, mas vou pensar no assunto, eu prometo :))
    Detesto pessoas com falta de originalidade e que se limitam a copiar com uma lata incrível :/ **

    ResponderEliminar
  23. Verdade que é uma copia mas estou curiosa em saber o que é que a sic vai fazer...

    ResponderEliminar
  24. gosto sempre *_*
    vais postar o livro? *o*
    nem tenho palavras para este texto!

    ResponderEliminar
  25. "não havia a tal mas sim eram a tal." - isto quer dizer que para "te formar" nao ah um so sentimento, mas sim varios *.*

    -Amei este texto, principalmente por mexeres bastante com a minha vida *.* a Arte $:


    Olha, tu fazes exactamente o mesmo que eu nome nas fotos e nos textos *.* e fazes bem, ninguem mesmo merece plagio $: e estas a escrever um livro? isso quer dizer que os textos nao tem a ver com a tua vida real? :s

    ResponderEliminar
  26. é completamente verdade, também penso assim, por isso mesmo postei, obrigada (:

    ResponderEliminar
  27. é uma boa frase essa :)
    obrigada! eu adorei mesmo, como sempre, os teus textos são sempre lindos :D
    quanto ao livro, não podes dizer mais nada? assim é muito vago :$

    ResponderEliminar
  28. Tenho pois :)
    Adoro-te <3
    És lindo <3

    ResponderEliminar
  29. já fiz isso com alguns meus e thank god, não tenho plágios! :D
    obrigada paulinho, do fundo do meu coraçãozinho moleeeeee <3

    ResponderEliminar
  30. De nada :)
    Sim, às vezes o destino também tem coisas dessas, mas nós somos os principais responsáveis por essas falhas..

    ResponderEliminar
  31. e pior ainda são aqueles que copiam e depois nem sequer têm a dignidade de apagar -.-

    ResponderEliminar
  32. A nossa casa é sempre onde menos esperamos *.*

    ResponderEliminar
  33. ora essa :) foi um simples comentario baseado na verdade :b
    obrigado :) sim as vezes temos mesmo de deixar o nosso coraçao sofrer em silencio mas depois de cada sofrimento o coraçao criar forças, cada vez mais e saimos de cada queda mais fortes

    ResponderEliminar
  34. sim é verdade. mas é algo que nunca vou entender mesmo -.-

    ResponderEliminar
  35. muito linda o: (estou a brincar)
    ás vezes arrependo-me, mas paciencia. dou muito valor a tudo, muito imenso. sou assim, maluquinha. adoro o que escreves, já sabes :p
    a foto ? oh meu deus , MESMO xd

    ResponderEliminar
  36. quando for grande vou ter um daqueles (a) não gosto nada de ser assim, de dar demasiado valor, depois penso muito :c oh, és lindo *-*

    ResponderEliminar
  37. A gente acaba se colocando numa forma de acomodação...

    devemos desarrumar e arrumar,
    sempre ! com vontade, mesmo que dê preguiça de fazer isto.

    ResponderEliminar
  38. pois sou tonta ^^
    Eu adoro-te mais <3

    ResponderEliminar
  39. Ohh que Querido Menino Paulo ^-^
    Fiquei toda alegre de saber que faz parte dos teus planos ofereceres-me um dos teus maravilhosos livros que mais dia menos dia irão sair e fazer sucesso neste nosso país cheio de talentos ocultos (o que é o teu caso , porque a escrita , para ti é como um dom , algo que já nasceu contigo e que te corre nas veias ^-^) Fico muito contente por te lembrares de mim :')
    E ... não tens de agradecer o comentário , apenas digo o que sinto quanto leio o que escreves meu bem (:

    Beijo Doce <3

    ResponderEliminar
  40. Fiz te rir? *.*
    Seja por coisa boa ou ma, isso é óptimo!
    Que durante muito tempo consiga isso então (:


    Já entendi, então tu gostas mesmo de escrever, um dia mostras-me esse livro (:

    E de nada querido $:

    ResponderEliminar
  41. oh, que querido. Que sorte que eu tenho em ter seguidores assim. Obrigado pela preocupação! Mesmo *.*

    p.s.: TEXTO LINDO!

    ResponderEliminar
  42. Não quero que em agradeças meu querido, qualquer coisa, conta comigo!! :))) ♥

    ResponderEliminar
  43. Isso de ser pequeno, não tem mal, olha a minha história, vou publicando consoante escrevo (:

    ResponderEliminar
  44. Gostei muito :D
    Este texto demonstra parte da garra que tens aí dentro meu anjo :D

    <3

    ResponderEliminar
  45. Que lindo, como sempre. *.*

    Não sabia que também andavas no 12º ano.. :s

    ResponderEliminar
  46. Boa noite. Sou um dos membros da Associação Blogueira de letras e vim te convidar a participar do nosso projeto. Divulgaremos todos os dias um blogueiro diferente. Nosso maior objetivo é realizar a união entre os blogueiros e aumentar o número de seguidores de todos os blogs. Gostaríamos muito de sua participação. Caso estaja interessado em participar, inscreva o seu texto na comunidade do projeto.

    http://associacaoblogueiradeletras.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  47. foi mau mesmo, mas ele há de perceber isso sozinho. obrigada <3

    ResponderEliminar
  48. Ohh , agora é que tu me deixas-te sem palavras ! Por todas as que (me) disses-te , por tudo o que tens dito , por todo o teu apoio , por tudo mesmo , naquele pequeno comentário veio-me tudo à cabeça , só sei que , apesar de distante , estás sempre presente ^^
    "um doce com pernas" , ehehe , amei*
    Obrigado ... Obrigado ... Obrigado ...

    ResponderEliminar
  49. Adorei o blog, e a forma como espressas os teus sentimentos (:
    Muito bom mesmo, estou a seguir*

    ResponderEliminar
  50. Ás vezes as coisas não são tão óbvias e precisamos de as procurar, fixar o olhar e organiza-las de outra maneira. E no momento em que o fazemos acaba tudo por se tornar mais leve e encontramos o que faltava. O pormenor mais pequenino mas aquele que nos é mais importante e precioso. Mais tarde ou mais cedo encontramos sempre aquilo que precisamos e que nos falta. (Não penses nisto, Pali)

    ResponderEliminar
  51. De nada (:

    Tens toda a razão , nós é que temos que ir em busca de felicidade mesmo que isso traga consequências ...
    Não devemos desistir de sermos felizes porque um dia alcançaremos a verdadeira felicidade :$

    Gosto da tua maneira de pensar .

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *