Palpitação.

04:27

Faltou-me o apetite para permanecer dentro das quatro paredes que me sufocam e por isso, abri a porta e deambulei pela cidade encerrada de nevoeiro e deixei o meu coração respirar ar puro. Ele palpita e deseja-te a cada esquina. Depois imagina-te na próxima e tenta alcançar-te na seguinte e assim sucessivamente; numa incessante busca do teu corpo que apaziguará os meus sentimentos. É assim, quando se entra no amor são inspiradas as cores da vida e procuramos sempre a tela onde as possamos demonstrar. E hoje sei que não te vou encontrar nas ruas que permanecem de olhos fechados à multidão mas talvez, se fizer um esforço, consiga lembrar-me do caminho de regresso a casa. E lá, dentro das quatro paredes que não me deixam respirar, eu, vou abrir uma janela e vou escrever sobre ti.

Para mim, amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente para passar a utilizar a bússola do coração...
Tenho saudades tuas.

You Might Also Like

89 comentários

  1. que shit, devais lembrar-te :c

    ResponderEliminar
  2. Gostei da penúltima frase, mais do que do resto :)

    ResponderEliminar
  3. Que-lindo. :O
    então a última frase :D

    merci*

    ResponderEliminar
  4. E que nome que se dá quando a agulha da bussola tá errada, nos fazendo ficar dando murro em pontá de faca, em um sentimento que já não existe no outro, só em nós, nos fazendo agarrados em memorias queridas, de um tempo que não volta mais?

    seria falta de amor proprio?


    Beijos

    Ótima semana e um domingo com tudo de bom.

    ResponderEliminar
  5. e fiquei sem palavras :o
    consegui ver-me no que escreveste! ate me vieram as lagrimas aos olhos :$

    ResponderEliminar
  6. está mesmo lindo, adorei a frase ...''amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente para passar a utilizar a bússola do coração.''

    ResponderEliminar
  7. tenho a certeza que no sou a primeira a dize-lo :p

    ResponderEliminar
  8. tenho a certeza que no sou a primeira a dize-lo :p

    ResponderEliminar
  9. está lindo :)
    escreves muito bem Paulo!

    ResponderEliminar
  10. *Que bonito!
    Pois uma conversa, ja tentei -.-'

    ResponderEliminar
  11. Oh amoor que texto mais lindo :D

    <3

    ResponderEliminar
  12. está muito bonito, x)
    (espero que não te importes, se houver problema avisa, mas pus no meu blog, entre aspas claro e pus também o link do teu blog por baixo)

    fica bem (:

    ResponderEliminar
  13. boa definição de amar. força (: as saudades custam eu sei que sim, eu mesma tenho um pouco de saudades, mas não me faltarão momentos melhores do que aqueles que eu ja vivi.

    ResponderEliminar
  14. óh, não tem mal, mas pensei que te lembrasses :c

    ResponderEliminar
  15. Vagar pelas ruas a procura de qualquer coisa que nos preencha nunca é fácil. Mas ainda penso que vagar pelas ruas na esperança de encontrar ou reencontrar quem tanto queríamos que não tivesse ido, pode gerar uma confusão regada de indecisão e dúvida: Seria melhor encontrar/reencontrar, ou apenas andar por aí, buscando algo novo?

    ResponderEliminar
  16. adorei! está tão amoroso, meu Paulo (:

    ResponderEliminar
  17. Não tens que agradecer :) É simplesmente fantástica aquele música *
    A última frase deste texto deixo-me sem palavras, uau !

    ResponderEliminar
  18. achoo bem (:
    que lindo paulo, a fotografia lá em cima és tu?

    ResponderEliminar
  19. Está mesmo muito bem. gostei muito. xD
    vejam o meu blog: http://lovelylovefriends.blogspot.com/
    Gostava muito que o seguissem! bj

    ResponderEliminar
  20. as saudades às vezes parece mesmo que nos matam por dentro...
    dá tempo. beijinho**

    ResponderEliminar
  21. Obrigada mas escrever muito melhor (:

    ResponderEliminar
  22. Oh sim mas a forma como te expressas, o uso das palavras...

    ResponderEliminar
  23. oh ainda bem que gostaste :)

    ResponderEliminar
  24. Os sentimentos estão na cabeça, o coração apenas bombeia o sangue. Não está totalmente correcto dizeres "utilizar a bússola do coração".

    ResponderEliminar
  25. adoro o teu blog, principalmente esta frase «para mim, amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente e passar a utilizar a bussola do coração»

    amo e vou seguir *-*

    ResponderEliminar
  26. obrigada por não te importares (:

    ResponderEliminar
  27. Amar é se perder nos caminhos de alguem...Beijos achocolatados

    ResponderEliminar
  28. ai , que lindo .
    Hoje também sinto tantas saudades ._.
    o que tu escreves , é apaixonante :D

    Beijos meus , ótima semana rapaz!

    ResponderEliminar
  29. Que mais é que o coração faz, então? :o

    ResponderEliminar
  30. Lindissimo :) Mais uma vez, superaste!
    Beijo

    ResponderEliminar
  31. Gostei! Principalmente desta parte: «Para mim, amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente para passar a utilizar a bússola do coração...»

    ResponderEliminar
  32. Denada, esta lindo que ja li, e vou seguir, se quiseres faz o mesmo *.*

    ResponderEliminar
  33. É isso é que é bonito, não se ser da mesma opinião mas aceitar : )
    Continuo a achar na mesma que escreves extremamente bem. Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. obrigada :$
    e mais uma vez, adoro este!

    ResponderEliminar
  35. há momentos que é impossivel controlar (:

    ResponderEliminar
  36. Infelizmente tens razão. Mas também não vale a pena lamentarmo-nos por isso. Temos que seguir em frente e um dia encontraremos alguém que ficará connosco para sempre

    ResponderEliminar
  37. São as atitudes que fazem de nós aquilo que somos :) E tu também és fofinho.
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  38. claro que tenho Paulo , e aliás adorei o que escreveste *-*

    ResponderEliminar
  39. ahah, obrigada! bem que preciso :)

    ResponderEliminar
  40. Sim, tens razão. Mas é no cérebro que passam os sentimentos, pensamentos, memórias...

    ResponderEliminar
  41. gosto da tua sinceridade, querido :$

    ResponderEliminar
  42. mais uma vez, lindo :)
    "Para mim, amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente para passar a utilizar a bússola do coração..." amei :o

    ResponderEliminar
  43. Obrigada :$
    o amor é mesmo assim .

    ResponderEliminar
  44. Obrigada por me seguires Paulo *-* E olha, isto que sentes: ''Faltou-me o apetite para permanecer dentro das quatro paredes que me sufocam e por isso, abri a porta e deambulei pela cidade encerrada de nevoeiro e deixei o meu coração respirar ar puro.'' Nunca deixes que certos sentimentos se elevem de tal forma a deixarem-te tão em baixo, ergue a cabeça e respira o ar puro que a vida te da fora dessas quatro paredes, porque existe muito para além desse sentimento, alegrias enormes que a vida te pode dar *.*

    ResponderEliminar
  45. vah, secalhar tens razão, existem sempre uns textos melhores que outros, mas o que eu queria dizer é que acho todos os teus textos ricos, e coerentes, e então, bem escritos, logo para mim são bons.
    :]

    ResponderEliminar
  46. A bussula nao se engana, só se existir algo a alterar o seu norte :)

    Segue o que sentes :)

    ResponderEliminar
  47. Quando chega a saudade, fazemos uma busca incesante pelo ser que nos completa, pelo ser que nos falta...
    Beijito.

    ResponderEliminar
  48. a minha mãe ia fazer a salada de frutas e caiu, lembras-te ? xD
    ahah, está mesmo lindo. a put* andou a chamar-me de fdp e na quarta estou batidinha na school dela para ver se ela me chama frente a frente -.-

    ResponderEliminar
  49. Concordo contigo (:
    Bonito texto *-*

    ResponderEliminar
  50. "É assim, quando se entra no amor são inspiradas as cores da vida e procuramos sempre a tela onde as possamos demonstrar." Mas que grande verdade! Eu que o diga, eu que fiquei perdidamente apaixonado de repente e que procuro todos e mais alguns meios para mostrar isso todos os dias, cada vez mais.

    "Para mim, amar é deixar de utilizar o mapa da nossa mente para passar a utilizar a bússola do coração..."

    O problema é quando queremos conjugar os dois e acabamos por fazer uma grande asneira ao seguir o mapa em vez da bússola ou vice-versa. Mas assim se aprende e lá está, cada amor é um amor.

    Excelente texto.

    ResponderEliminar
  51. Deves ficar feliz por escreveres tão bem. É profundo !

    ResponderEliminar
  52. Acho que não é por ser um rapaz, não sei :s
    Simplesmente adoro (:

    ResponderEliminar
  53. "Perfeito" a última frase. Nada a acrescentar! :)

    Kiss

    ResponderEliminar
  54. pois muda. mas há várias formas de mudar. e não mudará da forma que eu mais quero :s

    ResponderEliminar
  55. Não agradeças querido é de boa vontade que digo isso :)

    ResponderEliminar
  56. Oh nada :$
    se quiseres falar diz-me amorzinho * :)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *