18 janelas, 1 sentimento.

12:16

Do meu quarto, neste preciso momento, consigo ver 18 janelas grandes e pequenas. Sabes em quantas te desejo encontrar? Em todas. O piar dos pássaros que se descansam nas árvores altas parecem divertir-se com a minha cara séria que mira todos os cantos à tua procura. O meu arfar torna-se incomodativo e a persiana fecha-se levando consigo a liberdade de céu azul mas a tua pessoa fica gravada com lisura no meu peito.

Agora que a noite está cerrada, não preciso de te procurar. O piar dos pássaros tornou-se pouco audível para dar lugar à barulhenta mente que implora pela liberdade junto ao teu lado. Preciso antes de uma nova pesquisa de métodos inconfundíveis para atenuar a dor que não me deixa fechar os olhos sem te ver.


Eleva-me. Transforma-me em tudo o que te apetecer mas não me faças parecer um tosco que não sabe amar porque, feliz ou infelizmente, eu já o sei. Fui obrigado a saber já que não me deste outras escolhas. Mas sabes, deixei de ser escravo deste sentimento, agora também sei mudar as regras deste jogo para dois e não vou deixar de lançar os dados.

You Might Also Like

93 comentários

  1. Tão profundo, só como tu sabes escrever :) *

    ResponderEliminar
  2. adoro a determinação que existe neste texto e adoro ainda mais a forma como caracterizas a procura da pessoa que amas.
    mais um maravilhoso texto, e de outra forma nao poderia ser.

    ResponderEliminar
  3. Escrever que amo não deixa de ser verdade, mas também não é diferente, portanto dizer o quê:
    -Que tudo o que escreves é sincero?
    -Perfeito?
    -Maravilhoso?
    -Marcante?
    -Diferente?
    -Sentido?
    ...
    Coisas que tu sabes mas que não deixa de ser bom de ouvir.
    És a pessoa mais maravilhosa que conheço a usar palavras acredita.
    Gostei muito, aliás gosto sempre, porque sabes que ler o que escreves não é perder tempo mas sim ganhá-lo.
    Beijinho<3

    ResponderEliminar
  4. da minha parte terás sempre isso (:

    ResponderEliminar
  5. escreves tão bem !
    o amor é uma merda, e desculpa os modos . *

    ResponderEliminar
  6. pois, é pena não existir o intermédio . mas tambem é coisa que não me importo, sou pouco equilibrada x)

    ResponderEliminar
  7. eu sei ursinho, ahahaha (:

    ResponderEliminar
  8. Sou realista sabes? :b
    Floresta Paulónica és mau:c
    Eheh
    Não me voltes a chamar exagerada senão arranco-te os paus todos da tua floresta:C

    Beijinho <3

    ResponderEliminar
  9. mesmo profundo e bonito, lindo (: *

    ResponderEliminar
  10. uau paulo, e eu e que sou brutal?! escreves mesmo bem *-* AMO <3

    ResponderEliminar
  11. "Mas sabes, deixei de ser escravo deste sentimento, agora também sei mudar as regras deste jogo para dois e não vou deixar de lançar os dados."
    ADOOOREI!

    Sim, foi um texto dividido em três para não ficar tão grande com uma pequena mensagem no final para quem percebe :) tenho a certeza que irás perceber! Até porque adoro escrever histórias pequenas que transmitam uma mensagem :) eheh

    Ainda bem que te fiz sorrir :) Beijinhos Paulo **

    ResponderEliminar
  12. Gostei :)

    Como tu disses-te e daqueles assuntos que, na minha opiniao, nunca vamos chegar a conclusao alguma.

    Obrigada e beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Adoro adoro o sentimento que colocas nas palavras !
    Parabéns :D

    ResponderEliminar
  14. gostei muito.

    ah.. o jogo do amor, um jogo difícil de jogar, não? o dado é o nosso coração e, o que sair, é o que teremos de seguir em frente, ou recuar.
    não és um tosco (só um bocadinho)

    ResponderEliminar
  15. pois , é isso que tenho mesmo que fazer !
    obrigada pelo conselho : $

    ResponderEliminar
  16. Aprender a amar. Tão difícil parece ser essa tarefa!
    Mas é preciso aprender a amar a si mesmo. Só assim o amor não o machucará tanto.

    O nosso primeiro amor deverá ser nós mesmos. Essa é a principal regra.

    =D

    bjokas!!
    nina


    WWW.tempestade-floresnocaminho.blogspot.com

    www.devaneios-fragmentos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. está muito bonito, como sempre :)

    ResponderEliminar
  18. Concordo contigo, ou se é bastante feliz, ou se é super infeliz com o amor :x
    é bom que consigas mudar as regras e que aprendas a vencer esse sentimento :x

    ResponderEliminar
  19. o texto está tão perfeito :O

    <3

    ResponderEliminar
  20. primeiro, não agradeças porque apenas gosto de ajudar os outros e de os ver bem ; e segundo: obrigado pela correcção, mas com a pressa nem dei conta do erro xd
    a ideia era essencialmente essa, tentei exprimir toda a minha felicidade nas minhas palavras.
    Conto sim: foi um dia em que realmente me senti diferente, acordei mesmo bem disposta (coisa que não é muito normal), arranjei-me, tomeu o pequeno almoço e saí, saí para fazer umas compras, e por volta das 13h voltei a casa, almocei, conversei com a minha mãe (coisa que também já não fazia à algum tempo), voltei a sair ; então da parte da tarde fui até à escola ter com uns amigos e com as minhas "irmãs", e passei momentos maravilhosos, por instantes senti-me inteiramente livre. Mais para o fim da tarde tive explicação, e correu mesmo muito bem; à noite fui sair com os meus meninos, e correu lindamente, senti-me mesmo bem, como já não me sentia assim há algum tempo, e "resentir" esta sensação foi muito bom (:
    quanto ao teu texto: sabes a minha opinião quanto a este tema; e só te digo para lutar e seguir em frente. Mas mesmo assim está mesmo muito bonito paulo *-*

    ResponderEliminar
  21. adoro o teu blog! sigo-te :) acompanhas-me ?

    ResponderEliminar
  22. sim, de facto não é assim tão mau, mas também não o disse ser :o
    P.s. Gostei deste texto.

    ResponderEliminar
  23. "Mas sabes, deixei de ser escravo deste sentimento, agora também sei mudar as regras deste jogo para dois e não vou deixar de lançar os dados."
    Finalmente apercebeste-te que apensar desse sentimento enorme a tua TUA felicidade é o melhor *--*

    ResponderEliminar
  24. Boa noite doce menino!!
    Nossa, me doeu aqui. Sei bem essa sensação de procurar por alguém em tudo que vimos e nem sempre encontrar, sentir a presença desse mesmo alguém até no ar que respiramos. Quisera eu deixar de ser escrava de um sentimento, qdo eu "crescer" quero ser como vc, e quem sabe assim tb mudar as regras desse grande jogo e poder tb lançar os dados.
    Linda noite pra ti com cheirinho de anoitecer, beijinhos de LUZ!

    ResponderEliminar
  25. Sou forte, porque acredito que a felicidade pode ser o nosso maior medo e a nossa maior fraqueza mas é apartir dela que alimento a minha força ... e se eu andar triste como saberei se fui capaz?
    Não saberei!


    Obrigada mesmo Pedro*

    ResponderEliminar
  26. Não tens de agradecer Paulinho (:

    ResponderEliminar
  27. « O piar dos pássaros tornou-se pouco audível para dar lugar à barulhenta mente que implora pela liberdade junto ao teu lado. »
    Concordo. A mente gosta de ser barulhenta, mesmo quando paira no ar o maior dos silêncios.

    ResponderEliminar
  28. se foi (:
    mas não podes ter dias bons que sejam "dentro dos possiveis", tens de ter dias maravilhosos, e viver cada um como se maanhã fosse o último, mesmo que custe imenso.
    de nada paulinho *-*

    ResponderEliminar
  29. óh, que pena.
    eu sei que faz.
    claro, gosto de todos.
    como este, não é excepção.

    ResponderEliminar
  30. um dia nao vais precisar de procurar ou desejar encontrar, essa pessoa vai estar a tua frente à espera que a observes, vais ver (:

    ResponderEliminar
  31. qe lindooo :o adoreii :*

    ResponderEliminar
  32. Oh Paulo :) Nem sei como te agradecer! És um amor de pessoa, espero que saibas disso! :)

    ResponderEliminar
  33. « Eleva-me. Transforma-me em tudo o que te apetecer mas não me faças parecer um tosco que não sabe amar porque, feliz ou infelizmente, eu já o sei. » AMEI : $

    mas eu faço questão de agradecer , foi simpático da tua parte ( :

    ResponderEliminar
  34. Desculpa Paulo pelo enorme erro ;$

    ResponderEliminar
  35. Desculpa mesmo! Tens sido um querido e muito prestável para comigo e eu vou e engano-me no teu nome $;


    Desculpa.

    ResponderEliminar
  36. Pedro é um nome especial para ti? (:


    Oh Tonta (x ... Não me faças rir* (:

    ResponderEliminar
  37. Está perfeito, tão profundo, tão sentido... Consegui sentir o que você sentia a cada palavra que dizia... O seu texto envolve-nos inteiramente e leva-nos até dentro do seu pensamento... Fantástico...
    Parabéns a sério, está fantástico... Continue assim... :)

    ResponderEliminar
  38. muito pouco x)
    ou estou SUPER bem, ou SUPER mal .

    ResponderEliminar
  39. obrigada por seguires :)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  40. Amei.

    Sim, sei que está num sítio muito melhor mas, mesmo assim, não deixa de ser doloroso, para quem fica, para quem gosta imenso dele. Oh :(

    beijinho e obrigada*

    ResponderEliminar
  41. ahah , obrigada então (a)
    é o primeiro blog de um rapaz que vejo : o

    ResponderEliminar
  42. ás vezes gostava de viver só no intermédio x)

    ResponderEliminar
  43. adorei especialmente este texto, parabéns* :)

    ResponderEliminar
  44. Oh paulo, foi tão bom ler o teu comentário agora.
    De facto é normal falar disso, mas torna-se chato para quem houve, penso eu de que...
    E eu acredito em contos de fadas e nas pessoas. Já me magoei muito por causa disso, mas como eu costumo dizer, não aprendo, e por mais que ganhe idade nesse aspecto eu não mudo! E quanto ao vazio? Bem essa há-de ser preenchido quando aparecer alguém capaz de o fazer.

    Abraço meu pequeno*

    ResponderEliminar
  45. yaaa , a sério : o
    mas , está cientificamente provado ( pelo meu professor de filosofia ) que os rapazes escrevem melhor que as raparigas (a)

    ResponderEliminar
  46. mas ás vezes agradecia andar lá, tornam-se aborrecidos estes constantes picos de humor :o o Hulk é muito fofo, apesar de não gostar dele x)

    ResponderEliminar
  47. Eu sou assim como tu: não me importo nada que falem comigo, eu gosto e sinto-me bem em porder ajudar as pessoas. Mas sinto-me chato ao fazê-lo... E sim também já me disseram isso! :p

    ResponderEliminar
  48. muitas das vezes temos amigos que para nós são "verdadeiros" e basta a vida virar as coisas um bocadinho do avesso, para percebermos quem realmente é nosso verdadeiro amigo! :3

    ResponderEliminar
  49. eu soube à pouco tempo ( x

    ResponderEliminar
  50. nem preciso de comentar os teus textos, sabes melhor que alguém o que me passa pela cabeça quando os leio.

    ele ontem fez anos.. e eu não lhe dei os parabéns... quando ia a mandar-lhe um "testamento" a minha melhor amiga liga-me. achei que era um sinal para não enviar.. e não enviei.

    sabes sempre como animar-me, obrigada amor <3

    ResponderEliminar
  51. eu ainda vou arranjar uma explicação para não gostar nada dele o:
    eu vivo, e vivo muito x)

    ResponderEliminar
  52. há rapazes a escrever muito bem também !

    ResponderEliminar
  53. não ligo porquê ? é verdade toino -.-

    ResponderEliminar
  54. é por ser grande e mau, assusta-me x)

    ResponderEliminar
  55. por um lado custa muito descobrir que quem achávamos nossos amigos de verdade não o são!
    mas por outro é bom percebermos isso; se não percebessemos viveríamos numa mentira, não concordas ? :x

    ResponderEliminar
  56. Mas é a mais pura das verdades :) *

    ResponderEliminar
  57. pois dói, mas alguém disse que não ia doer ? temos de aprender com os erros e seguir em frente.

    ResponderEliminar
  58. de nada qerido (: tens toda a razão temos de nos habituar a esse vento, o vento qe tras mas que tambem leva.

    ResponderEliminar
  59. oh, de nada querido, só espero que ajudem (:
    sim, e e realmente eu nunca desisto de nada, mas às vezes canso-me de lutar. Sim até pode ser um sinal, e agora acredita que vou recomeçar a lutar por mim, por ele, por NÓS ! Mas e se não for perdoada? Se ele preferir continuar assim? É esse o meu medo s:
    vou ter, e obrigado pelas uas palavras e pela força que transmites (:

    ResponderEliminar
  60. Não tenho coragem de escrever tudo tudo porque sei que tenho conhecidos a lerem-me. E pronto, não tenho coragem.

    ResponderEliminar
  61. O texto está maravilhoso *.*
    E repito, és dos melhores que cá anda!

    ResponderEliminar
  62. Tão Profundo ...
    "Mas sabes, deixei de ser escravo deste sentimento, agora também sei mudar as regras deste jogo para dois e não vou deixar de lançar os dados" - a vida é mesmo isso , um jogo , e temos de encara-lo sem nunca perder esperanças , no entanto , nós comandamos o nosso próprio jogo , e a qualquer altura somos capazes de mudar as regras para sermos beneficiados , para não sofrermos , mesmo que isso possa interferir com a jogada dos outros !

    ps: com aquilo que disses-te querias dizer que eu escrevo bem ?! ainda bem que gostaste e obrigado por toda a força (:

    Beijo Grande*

    ResponderEliminar
  63. podes crer!

    também te adoro, sabes que sim <3

    ResponderEliminar
  64. Um texto realmente muito profundo, que descreve uma paixão indescritivel.
    Por vezes custa-me a crer que um amor assim não é correspondido (será que é possível? quem me dera que não!)
    Que mais posso eu dizer..., não existe remédio para curar definitivamente dores destas. Talvez apenas esperar (sem desesperar) em ser amado por quem realmente desejamos.

    ResponderEliminar
  65. ou sim, ou não, há as duas probabilidades *

    ResponderEliminar
  66. Limito-me a dizer a verdade nua e crua que está aos olhos de todos Paulo *.*
    E obrigada, a sério.

    ResponderEliminar
  67. Obrigada pela tua opinião, acontece é que não sei mesmo se devo fazê-lo. estou com um pouco de receio* /:

    ResponderEliminar
  68. É, ocasionalmente temos de fingir que não existem regras do quotidiano e devemos simplesmente ir consoante queremos! Qualquer dia viro tramper, que este consumismo e materialismo já irritam..

    ResponderEliminar
  69. Ah, não é ignorância nenhuma. Seria basicamente pegar no material de sobrevivência básico e metê-lo todo numa mala de campismo, juntamente a um saco-cama/tenda e simplesmente ir, sem dinheiro, sem nada senão isso. Experienciar a natureza ao máximo :)

    ResponderEliminar
  70. à muito que nao vinha ao teu blog, mas como sempre, estas de parabens :D

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *