Nós XII

15:03

Estava imenso frio. As folhas das árvores agitavam-se ao sabor do vento feroz que passava por elas a berrar. Na verdade, não berrava só com as folhas amarelas das árvores mas também com os cabelos castanhos Dele. Um ele que esperava uma ela. Encontrava-se, ele, de pé em frente ao rio. Por momentos imaginou-se dentro de uma pequena canoa, como via nos filmes Americanos, e a pescar numa tarde qualquer no Verão.  O seu pequeno e infantil raciocínio foi aniquilado com a presença inconfundível Dela. Uma menina loira com a cabeça baralhada. Ela parou ao seu lado e depois esticou-lhe a mão fria para que ele a agarra-se. Assim fez. 
- Porque é que me chamaste?
- Não há nenhum motivo em especial.

Ela colocara o gorro da sua blusa para não ouvir o vento a soprar-lhe nos ouvidos. Ele esticou um braço e com a ajuda do outro abraçou-a. Sentiu-a de bicos de pés e os seus braços também à volta dele.

- Não tem que existir nenhum motivo em especial.
- Claro que não, pequena. A partir do momento em que a tua cabeça baralha a minha já nada faz sentido. Agora é tudo descabido mas sabe bem.
- É só a minha cabeça que baralha a tua?
- De que falas?
- Do meu coração e do teu.
- Fala antes do teu pois o meu fugiu e não sei onde o encontrar.
- Não te preocupes, ele está seguro e mandou-me dizer-te que nem tão cedo volta para casa.
- Se ele estiver contigo, ele está em casa.

Ela sorriu-lhe e ele não retribuiu, em vez disso imaginou-se novamente no lago mas desta vez... com a menina do seu lado.


(foto por SeptemberBorn85)

You Might Also Like

78 comentários

  1. À tanto tempo que não venho aqui :o

    ResponderEliminar
  2. Desde que haja sintonia... :)

    Kiss

    ResponderEliminar
  3. Gostei do diálogo :D Até o utilizei :D

    <3

    ResponderEliminar
  4. está lindo Paulo. lindo, lindo. que amor de texto :3

    dou, pois! (chocolates) ainda ali estão - que desperdício, hein? xb

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito do que escreves :)

    ResponderEliminar
  6. confundes sim, HM
    bem, obrigada por tudo <3
    está lindo :3

    ResponderEliminar
  7. a serio :)
    :o adorava ir a Londres, quando vais?

    este está muito fofinho*

    ResponderEliminar
  8. que bom :) espero que corra tudo bem*

    ResponderEliminar
  9. discordas nada, tu concordas comigo, não queres é dizer o':

    ResponderEliminar
  10. Se eu esquecer o facto de que é a minha pior fase das alergias, acredita que eu também adoro a Primavera :b E por acaso, até é a minha estação preferida :D

    ResponderEliminar
  11. A saudade e o desejo de ter quem ama-mos é uma dor que doí bem no fundo.

    ResponderEliminar
  12. Tenho isto desde bebé, já estou bem habituada :)

    ResponderEliminar
  13. escrevi para ele

    mas nao adianta de nada

    ResponderEliminar
  14. É uma questão de hábito, quando tenho crises, já sei sempre o que fazer, ou é os comprimidos, ou é a bomba... Embora ás vezes vá parar às urgências com os olhos a parecerem batatas, ou coisas parecidas... Mas isso é mais raro.. lol

    ResponderEliminar
  15. É melhor nem pensar nisso... se não ainda me ponho a chorar... :S


    :'(

    ResponderEliminar
  16. A mim não custou nada :p à minha mãe custou uns 200 e tal euros :o

    ResponderEliminar
  17. olha, que é capaz de ser isso :3

    ResponderEliminar
  18. Quando se tem um ombro para chorar é melhor... transmitir esta emoção e não ter quem nos limpe as lágrimas do rosto e nos diga que está tudo bem... custa...

    ResponderEliminar
  19. Gostei mesmo *.*
    Estava a ler e imaginei-me na cena a ver tudo

    ResponderEliminar
  20. Bem ficou bonito o texto :)

    ResponderEliminar
  21. é sim *-*
    mas olha, dá-me o teu email, falemos por lá :d

    ResponderEliminar
  22. Vou-te ser sincera, és um dos poucos rapazes (ou talvez mesmo o único) que demonstra muito bem os sentimentos, os teus textos são mesmo excelentes.

    ResponderEliminar
  23. o meu não está nada de especial :o

    ResponderEliminar
  24. escreves tão bem : )
    adoro cada vez mais e mais os teus textos.

    ResponderEliminar
  25. muito bom...E obrigado pela visita noa meu blog. abraços

    ResponderEliminar
  26. obrigada, mas nada comparado com o teu, sem dúvida ! *-*
    hm, está bem :)

    ResponderEliminar
  27. é por isso que eu gosto tanto de ti ♥

    ResponderEliminar
  28. eu já lá estava primeiro CC'

    ResponderEliminar
  29. hahah, e foi cómico porque? x)

    ResponderEliminar
  30. se me disseres que vies-te comentar, e eu logo a seguir falei-te no msn, acredito, porque entrar não, eu já lá estava :c

    ResponderEliminar
  31. muito obrigado, mesmo! adorei, vou seguir*

    ResponderEliminar
  32. Sempre gostei dos textos e este não é excepção *

    ResponderEliminar
  33. não estava invísivel não senhora :c

    ResponderEliminar
  34. Muito obrigada mesmo :')
    Belo texto <3

    ResponderEliminar
  35. Não tens que agradecer querido. Mesmo *

    ResponderEliminar
  36. Então dou-te um abraço virtual :p

    ResponderEliminar
  37. Gostei do texto!

    Obrigada por seguires, vou seguir de volta :)

    ResponderEliminar
  38. Não precisas agradecer :)
    Eu também gostei muito *-*

    ResponderEliminar
  39. adorei o teu blog , estou a seguir *.*
    espero que dês uma olhadinha no meu: http://escritoradepalmoemeio.blogspot.com/(;

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *