Ainda...

10:37

Voltei a percorrer a linha dos teus olhos com emoção e voltei a acender a chama do meu peito com o teu sorriso de gozo.

São tantas as palavras proferidas que não acredito em nenhuma delas. Nenhuma delas tem o poder tão grande quanto o sentimento mas também nenhum sentimento actua sozinho sem nenhum gesto ou conjunto, bem definido, de palavras. E estou cansado de tantos gestos insignificantes que tudo tentam significar. Fartei-me automaticamente de todos os andares apressados e da tua capacidade de controlo sobre a minha mente e, sobretudo, sobre o meu coração que nada pede a não ser um encosto onde possa chorar em sossego para depois ser feliz. Já não consigo interpretar a simplicidade e a felicidade dos teus olhos porque, simplesmente, evito ceder ao seu brilho e, com isso, desisti de procurar esse meu único aconchego. Também já desisti de encontrar a feição perfeita do teu corpo visto que me perdia em cada traço de excesso de perfeccionismo que me conduzia a uma permanente visão distorcida.
Com isto, não pretendo dizer que desisti de ti. Apenas desisti da dor que me fazias reter no peito e que me incomodava as almofadas durante a noite e me desaconchegava os lençóis todas as manhãs. Quero dizer... ainda não desisti totalmente. Ainda te procuro nos meus sonhos e na luz do dia que entra pela minha janela mas, no entanto, não consigo chegar ao teu coração, não agora que pareço tão pequeno em relação ao amor que sinto por ti. Mas eu amo-te e isso, independentemente da dor que possa usufruir do meu corpo, é o que importa.

(foto por KhongCanBiet)

You Might Also Like

120 comentários

  1. ai, são tão lindas :f
    eu apaixonei-em o.o

    ResponderEliminar
  2. nem tens ideia, ando sempre a cantá-las *-* o que é mau xD

    ResponderEliminar
  3. o texto esta mesmo lindo
    adorei :)

    ResponderEliminar
  4. Um amor tão intenso que magoa! Gostei...

    ResponderEliminar
  5. wow está.... nem sei sem palavras!
    adOrO

    ResponderEliminar
  6. Não desististe dela? Só em parte? Não será porque se calhar não queres desistir, não queres sequer pensar na hipótese de, um dia, mais tarde, apaixonares-te por outra?

    ResponderEliminar
  7. Nem sempre o amor chega ..

    .. e desistir antes de perder é um acto de sabedoria. se tiveres que desistir, desiste antes que percas. também és corajoso se o fizeres, sabias? pois é, « só os corajosos se atrevem a amar » .

    adorei, mesmo ;$
    beijinho*

    ResponderEliminar
  8. gostei muito . principalmente do ultimo paragrafo :)

    ResponderEliminar
  9. és muito brincalhão tu :b
    Por acaso li o texto e reli várias vezes porque de certa forma diz - me algo , e especialmente gosto da última parte que tu dizes " Mas eu amo-te e isso, independentemente da dor que possa usufruir do meu corpo, é o que importa."
    O amor é muito complicado , dói bastante por vezes mas o que é preciso é força para seguir em frente independentemente da decisão que o nosso coração quiser tomar !
    Estou contigo Paulinho FORÇA <33

    ResponderEliminar
  10. Gostei bastante do texto :)
    E obrigada pelo comentário no meu blog :)

    ResponderEliminar
  11. que posso dizer? bem como sempre (:

    ResponderEliminar
  12. não sou nada disso :$
    Obrigada Paulinho és bastante querido ( apesar de dizeres que não :b ), desejo-te do fundo do coração a maior força porque bem precisas dela e se precisares de alguma coisa nem que seja para desabafares tens me aqui , podes contar comigo ! <33

    ResponderEliminar
  13. Não vale a pena agradeceres amor . eu sei que mereces que seja assim contigo :)

    ResponderEliminar
  14. ' ... não agora que pareço tão pequeno em relação ao amor que sinto por ti. Mas eu amo-te e isso, independentemente da dor que possa usufruir do meu corpo, é o que importa. '
    Está qualquer coisa de lindo, Paulo. *

    ResponderEliminar
  15. És sempre tocante. Comentar para quê.. só quem não tem coração é que nao sente o que dizes (:

    palerma *

    ResponderEliminar
  16. A descrição de um amor sentido e sofrido.
    Como acabará esta história? (...)

    ResponderEliminar
  17. só tenho uma palavra: TEXTÃO! *-*

    ResponderEliminar
  18. és muito mais simpático do que eu Paulinho lindo :)

    ResponderEliminar
  19. nesse caso ainda bem que é , mesmo querido *-*

    ResponderEliminar
  20. fazes bem amor as vezes temos de fazer cedências ahaha :bb

    ResponderEliminar
  21. Que texto lindo paulinho :$
    " Com isto, não pretendo dizer que desisti de ti. Apenas desisti da dor que me fazias reter no peito e que me incomodava as almofadas durante a noite e me desaconchegava os lençóis todas as manhãs. " Eu ja desisti desta dor a algum tempo apesar de ela me incomodar ainda as vezes ... E sim essa dor vem da pessoa que amo e com quem estou . Engraçado não? Por mais que ela nao queira ir embora eu vou tentar dar a volta por cima e arranjar uma saida .
    Quero te feliz meu querido <3
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  22. Só te digo: Deixa o sentimento velho passar e um novo entrar. Vale sempre apena! =)

    ResponderEliminar
  23. ai que lindo :o
    sou mesmo tua fã :$

    ResponderEliminar
  24. Revejo-me e bem neste texto, nem imaginas amor

    <3

    ResponderEliminar
  25. palavras para quê? és fantástico :)
    continua meu querido <3

    ResponderEliminar
  26. Paradoxos do amor e da existência. Post lindo!

    ResponderEliminar
  27. Que post lindo, sentido :)

    ResponderEliminar
  28. Temos alturas na nossa vida que convém recuar ou "desistir" do que forçar e o estrago ser maior. Isso se chama bom-senso.

    Kiss :)

    ResponderEliminar
  29. às vezes o amor não chega, e eu falo por experiência propria (..)
    por vezes agarramo-nos demais a pessoas que não merecem, e com isso às vezes é necessário ter a coragem de desistir e seguir em frente ..

    Força *

    ResponderEliminar
  30. óh, sério, não é exagero :o

    ResponderEliminar
  31. ah obrigada!você escreve muito bem..parabéns.
    estou seguindo :)
    beijos e uma ótima semana :*

    ResponderEliminar
  32. E depois não queres que diga as verdades? Tem de ser ditas, e todas :)

    ResponderEliminar
  33. ta bonitooooo

    temos que fazer certas coisas para a nossa vida estar bem

    ResponderEliminar
  34. Se tudo correr bem eu vou amanhã à praia :D

    ResponderEliminar
  35. O verão parece que é simbolo de praia, praia e praia.
    A primavera já não é assim. É uma altura do ano que acho mesmo bonita. Ao contrário do Verão, na Primavera as pessoas sentem-se mais felizes, mais bonitas, e é tudo melhor.
    Mas o Verão também sabe bem , isto se não o virmos como sendo igual á praia, só

    ResponderEliminar
  36. Bom dia meu amor , estou mais ou menos e tu querido ?

    P.s : Desculpa só responder agora :$

    ResponderEliminar
  37. a hora que escreves-te o comentário estava eu na escolinha :b

    quero-te bem já sabes disso (A)

    ResponderEliminar
  38. é verdade :) já quase anuncia o verão :b

    ResponderEliminar
  39. a minha escola e "rasca" não tem pc's com Internet ahah :b

    ResponderEliminar
  40. é que nem tenho palavras querido $:

    ResponderEliminar
  41. É que está tanto calor para uma pessoa estar em casa :D

    ResponderEliminar
  42. Exacto. Acredito que eles estejam cá para nos proteger, independentemente do que aconteça :)
    "Apenas desisti da dor que me fazias reter no peito e que me incomodava as almofadas durante a noite e me desaconchegava os lençóis todas as manhãs", fiz o mesmo meu querido :$
    És escusado dizer que AMEI cada palavra, cada detalhe !

    ResponderEliminar
  43. Nem mais Paulo!
    Concordo plenamente com o teu comentário.
    Este texto fez-me chorar, e com a música, fica um máximo.

    Outro para ti <3

    ResponderEliminar
  44. Eu pensava que desistir era fácil, mas afinal não. Para mim não.

    É mesmo, que raio de letra. O curioso é que o teu nome também começa por P xDD

    ResponderEliminar
  45. eu sei paulinho mas força tem me faltado e muita :(

    Não aquela escola é do mais reles que há xb

    ResponderEliminar
  46. Muito obrigada pelas tuas palavras Paulo * eu sei que sim :)
    e tu escreves tão bem omg!

    ResponderEliminar
  47. sou nada :c
    opa tu sentes mesmo o que escreves , é uma coisa que me fascina desde o primeiro dia que vim a este blog $:

    ' Já não consigo interpretar a simplicidade e a felicidade dos teus olhos porque, simplesmente, evito ceder ao seu brilho e, com isso, desisti de procurar esse meu único aconchego. ' amei $:

    ResponderEliminar
  48. Yaa, a quem o dizes :s
    Não resisto uma semana sem falar com ele, achas normal?

    ResponderEliminar
  49. São sempre uma animação xD
    és um querido :)
    e de nada, ora essa, só disse a verdade :b *

    ResponderEliminar
  50. nao me tens que agradeçer querido aserio $: so quero que continues com essa raça que tens aí dentro de ti e que ponhas tudo cá pra fora como só tu o consegues fazer $:

    ResponderEliminar
  51. Obrigado x)
    O Texto está mesmo bonito!

    ResponderEliminar
  52. talvez, pensar em nós mesmo e usar o agoismo positivo seja bom, neste momento.
    "(...) Mas eu amo-te e isso, independentemente da dor que possa usufruir do meu corpo, é o que importa.", é exactamente nesta última frase que me encaixo.

    ResponderEliminar
  53. És um querido, asério <3

    ResponderEliminar
  54. sabes que mais obrigada por me aturares paulinho lindo <3

    ResponderEliminar
  55. És sim! Sabes? Estamos em situações semelhantes e a pior coisa que podemos fazer é substimarmo-nos *

    ResponderEliminar
  56. o quê que eu disse querido ? :o

    ResponderEliminar
  57. esta questão hoje arrancou imensas gargalhada , acredita , ahah
    obrigada pela opinião :D

    ResponderEliminar
  58. Sim, pelo que tenhi lido sim. Mas tudo há-de passar *

    ResponderEliminar
  59. não precisas de agradecer, Paulo! é uma questão de nos valorizarmos mais e sentirmos mais amor próprio.

    ResponderEliminar
  60. Sim, o que mais custa é esperar por esse dia :$

    ResponderEliminar
  61. eu nada tenho contra a tua boa educação. tento dizer aquilo que sinto, mais nada.

    ResponderEliminar
  62. É muito difícil, sabes...

    ResponderEliminar
  63. Obrigado (:

    Tens tanto jeito para ecsrita.
    Quem me dera*

    ResponderEliminar
  64. Sim, quero acreditar que sim *

    ResponderEliminar
  65. gostei bastante do blog, vou seguir :)
    dá uma espreitadela no meu e diz o que achas se não te importares

    ResponderEliminar
  66. ò paulo esta tão lindo +.+*

    ResponderEliminar
  67. Eu gosto mais do verão , sem dúvida :D

    ResponderEliminar
  68. Tão bonito o post *-*
    tens imenso jeito para escrever :)

    ResponderEliminar
  69. obrigada, mesmo!
    às vezes é dificil, perde-se as forças. mas a vida é mesmo assim ..

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  70. Olá Paulo,

    Agradeço sua visita e por atendido meu convite.

    Fiquei mto feliz.

    Seu blog é mto acessado e mto atualizado (acho q já falei isto)hehehe...

    Mas ele é sim!!!

    um grande abraço,

    Suely

    ResponderEliminar
  71. Escreves muito bem...
    Parabéns!
    Beijos meus

    ResponderEliminar
  72. Admito, deixei de ler estes tipos de textos na blogosfera à imenso tempo. Mas bastou-me ler a primeira frase, para começar a ler a segunda, e a terceira...
    a tua escrita puxa imenso para ler, e ler, e ler. És directo nas palavras não tens medo, e estás tão ciente no que dizes.
    Ao ler, sinto que acreditas mesmo no que escreves. E visto o que escreves... é lindo, pronto.

    ResponderEliminar
  73. não mesmo xb
    AHAHAH, devia estrangular a rapariga, meu deus -.-

    ResponderEliminar
  74. Que Lindo Post*
    Imagino o quão cansado deverás andar , mas tens que ser forte e acreditar que isso vai mudar :) *

    ResponderEliminar
  75. Oh , obrigada :) . Já estava a merecer um raspanete da minha parte :b. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  76. Obrigada.
    Tens mesmo jeito para escrever

    ResponderEliminar
  77. aww, adoro mesmo o texto. está lindo. acredita que um dia todo o sofrimento irá passar, asério :)

    ResponderEliminar
  78. Excelente Comentário ao amor que sentes!
    Senti no que li o sentimento de um amante nato. Amas com toda a alma e proclamas sem medo o que levas dentro dela. A isto chamo de Pessoa! és uma verdadeira pessoa, simples e amante. sofredora e viva.
    Percebi que o que levou à falta de confiança no amor que sentes é o querer entender o amor. Ela talvez te quisesse so para ela e isso pode estragar tudo. Ela queria mais do que amor. queria que o teu amor fosse o amor dela. queria ter mais do que o amor dela, mas sim o teu tambem. "cada um ama como ama, e ninguem ama da mesma forma. Contudo, é amor."
    Mais uma vez, excelente. continua...

    ResponderEliminar
  79. Escreves tão bem :o Gosto muito!

    ResponderEliminar
  80. Esta mesmo lindo *.*
    Não desistas

    ResponderEliminar
  81. Uau, está mesmo fantástico deliciei-me por completo Paulo *.*
    Obrigada de coração, por todas as palavras a sério.

    ResponderEliminar
  82. Ora nem mais, finalmente encontro alguém que sabe aquilo pelo qual estou a passar e percebe o que sinto.
    é mesmo muito lixado ver que as coisas tomam certos rumos com os quais nós não podemos fazer nada pois nem parte não dependem de nós : s

    Olha querido que tenhas muita força e sorte : )

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *