Sempre assim.

02:50

O sol batia-me levemente na face gelada e com a caneta, tremendo na ponta dos dedos, eu escrevia. O vento, por vezes soprava mas sem força, talvez estivesse como eu...
Escrevia notas e pequenos excertos que me lembrariam de ti em momentos, que totalmente, me deixariam em complexidades e batimentos cardíacos nervosos. (tal como sempre)
Escrevia sentado perto do local onde conversávamos e tínhamos momentos de felicidade incrédula e pura. Um local que não deixava rastos mas dúvidas lamentáveis de inconsciência que, agora, não pesa mas dói.
Por fim, o meu corpo levanta-se com o caderno e a caneta nas mãos, rasgo a folha quente da escrita e deixo-a cair no chão. 
- Agora voa. Faz com que tudo aquilo que me dói seja destruído e desapareça do meu peito, fazes isso?

Amanhã vou voltar a escrever, talvez não sentado no mesmo sítio mas as recordações serão as mesmas, as pessoas serão sempre as mesmas e tu serás sempre a letra "E" da palavra Eu.

(foto por GianLuca)

You Might Also Like

100 comentários

  1. Escreve! Pois é um hábito que está a perder o seu uso e é tão triste... afinal, parte da nossa identidade está na nossa letra.

    Escrever na praia ao som do mar... escrever no campo ao som dos grilos... escrever na serra ao som dos passaros... escrever... escrever... só porque sim!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. mas que lindo.
    vais voltar a escrever e um dia as palavras não vão ser as mesmas, a caneta vai-se cansar, o papel vai ficar dorido e só terás tempo para escrever o ponto final.

    ResponderEliminar
  3. obrigada :$
    ooooh, vamos ter que esperar para ver, sim?

    ResponderEliminar
  4. claro que tinha de pôr aquilo lá no meu blog!
    mas também, estou a ver que ninguém aderiu -.-

    ResponderEliminar
  5. Obrigada mesmo querido :$
    Também adoro a música :D

    ResponderEliminar
  6. É a música mais bonita que ela tem (:

    ResponderEliminar
  7. Acho que todos já passamos por aquilo.

    ResponderEliminar
  8. Normalmente é mais do que uma vez.

    ResponderEliminar
  9. é mesmo *-*
    adoro forma como escreves *

    ResponderEliminar
  10. Pois lindo cada um tem a sua opinião (:

    ResponderEliminar
  11. Mesmo lindoo (: amo a forma que escreves mas amo mesmo! «'3

    ResponderEliminar
  12. não tens que agradecer querido *

    ResponderEliminar
  13. fico feliz por ficares à espera, é sinal que gostaste.

    ResponderEliminar
  14. "...serás sempre a letra "E" da palavra Eu": não dizia melhor. :)

    ResponderEliminar
  15. Adorei! *.*
    "tu serás sempre a letra "E" da palavra Eu" - frase perfeita!

    Houve uma pessoa que a minha foto provavelmente é de um diptero.

    ResponderEliminar
  16. oh meu deus '-'
    gostei tanto
    a forma como descreveste ficou lindooo o texto
    parabens continua*

    ResponderEliminar
  17. Tem selo para você no meu blog. Depois passe lá para buscar.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/02/nos-meus-versos.html

    ResponderEliminar
  18. gosto mesmo da forma como escreves *.*

    ResponderEliminar
  19. Bom texto, um sentimento profundo, muito bem exteriorizado!
    ;D
    Abraço

    ResponderEliminar
  20. Sem dúvida, Aquele Homem transmite muitas vezes aquilo que eu sinto :)
    Bom, e mais uma vez tenho que te dar os Parabéns pelo excelente post! Amei **
    E escreve, não só amanhã...escreve sempre!

    ResponderEliminar
  21. o papel pode ter voado, mas acabamos por recordar as pessoas na mesma :|

    ResponderEliminar
  22. Ganhei coragem hoje!! E basicamente disse que não estava pronta e pedi desculpa.(secalhar foi mázinha :()
    A verdade é que nem quero mais pensar naquilo, chamem-lhe medo ou o que quiserem, mas epá só quero apagar mesmo da minha memória...

    ResponderEliminar
  23. não me digas que também te acontece xD

    ResponderEliminar
  24. Que lindo Paulo!
    Amei*
    O que vale é que há sempre um amanhã*

    ResponderEliminar
  25. Sentir saudade é bom , porque só sentimos saudade dos melhores momentos da vida, e esses fazem-nos sorrir mesmo que segundos depois provoquem um terrivel aperto no peito.
    Amanhã... amanhã é outro dia :)
    E se hoje baixas a cabeça porque dói muito, amanhã levantas a cabeça porque aquilo que passou serviu para aprenderes!

    Gostei muito do blog *

    ResponderEliminar
  26. Que lindo, simplesmente fantástico *.*

    ResponderEliminar
  27. Continua a escrever porque haverá um dia que essas palavras passerao a ser outras

    (Infelizmente tive demasiado tempo afastada do blog)

    ResponderEliminar
  28. Está Lindo ! Continua a escrever, apesar de pensares que as recordações serão as mesmas, só o facto de mudares de sítio vai suscitar em ti novas e melhor memórias, e aí vais continuar a escrever o que te vier na alma, tentando decifrar por palavras aquilo que ouves do teu coração. E com essas palavras melodiosas, vais encantar, e tudo vai ficar melhor (:
    Beijinho <3

    ResponderEliminar
  29. Paulo dás-me um tema para escrever o próximo post?

    ResponderEliminar
  30. Bela dica, sim senhor!
    Confesso que me fizeste rir Paulo...
    Beijinhos graaaaandes

    ResponderEliminar
  31. Gostei*
    É verdade, aqueles tempos em que "a única coisa errada era não ser feliz" deixam mesmo saudades, quem me dera poder recuar no tempo !
    E quanto ao apoio, faço o que posso, e vou continuar a apoiar enquanto lançares por aqui essas palavrinhas que demonstram um estado de espírito que precisa de ser animado ! Por isso quando precisares de sorrir, lembra-te de miim :D
    Beijinho <3

    ResponderEliminar
  32. felizmente que é felicidade :)
    adorei o texto! *

    ResponderEliminar
  33. humm, espero que sim, tão depressa não quero ha ha.
    Só se aparecer assim o robert pattison á minha frente, ai atiro-me logo, ha ha (uma piadinha, que me fez rir xd, ufa até que enfim, que já tou a fazer piadas)
    bjs, desculpa aqui a parvoice

    ResponderEliminar
  34. não, não é verdade, quer longe da vista ou não acabam sempre por nunca ficarem longe do coração :s

    ResponderEliminar
  35. De nada :D
    Sim, sem dúvida. Nunca tinha ouvido falar :P

    ResponderEliminar
  36. tbm acho q qndo escrevo me livro de boa parte do que sinto é praticamente como se depois de tudo me libertasse enfim.

    ResponderEliminar
  37. é bom saber que não estamos a escrever para o boneco.

    ResponderEliminar
  38. Pedimos vezes sem contas, para que uma folha coberta de rascunhos de dor leve a nossa. Ainda que, tenhamos a noção que existe uma possibilidade dela(e) não ler, sabemos também que o provável é não a lermos também. E, de uma maneira ou de outra, isso tira-nos um peso de cima. Afinal, o que perdemos? O que ganhamos? É fútil e ao mesmo tempo necessário.
    as palavras podem ser tudo, mas tudo muitas vezes não consegue converter-se em palavras, infelizmente…

    ResponderEliminar
  39. E irei continuar. Fico feliz por estares a gostar.

    ResponderEliminar
  40. E eu fico mesmo feliz por isso.

    ResponderEliminar
  41. Ohh, que Fofiinho !
    É bom saber :)

    ResponderEliminar
  42. Para a próxima faço algo então com mais glamour*
    É que com aquela dica que me deste, a imaginação levou-me para outros lados... entendes?
    Bom, ela teve aquele pensamento fútil pois esteve horas a arranjar-se e depois vê que ele não se esmerou minimamente!
    Beijinho e obrigada pela tua opinião sincera^*

    ResponderEliminar
  43. um dia, vais escrever um "ponto final" e a letra E já não será a mesma! está lindo *

    ResponderEliminar
  44. ahah, que fofinho :)
    fazes-me um favor?

    ResponderEliminar
  45. ora essa. é bem verdade :)

    ResponderEliminar
  46. Ah, como queria eu escrever e que aqueles pensamentos ruins voassem, mas voassem bem longe. Seu texto me fez lembrar minha mente de quando eu era criança. rs

    ResponderEliminar
  47. Independentemente do espaço onde nos sentarmos, as memórias estarão sempre bem vivas, no "Eu" que guardamos na mais bela gaveta do coração... E a natureza é aliada das nossas emoções...

    Muito belo este texto!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  48. Se te faz bem escreve, e deixa voar aquilo que tanto te aperta o coração, deixa voar se isso te fizer livre por momentos.
    - Volta a escrever, mas lembra-te as recordações serao as mesmas mas as palavras serão diferentes!

    ResponderEliminar
  49. Esta frase é qualquer coisa de Poderoso "tu serás sempre a letra "E" da palavra Eu" - frase perfeita!
    <3

    ResponderEliminar
  50. Não agradeças meu querido!
    Os amigos servem para isso Paulo <3

    ResponderEliminar
  51. São realmente lindas , é uma amiga minha que tira :)

    ResponderEliminar
  52. òin, obrigada meu querido, tu também mereces tudo de bom mesmo, como já disse.

    beijinhos enormes :*

    ResponderEliminar
  53. obrigada (;

    mas as vezes o melhor a fazer é falar.

    ResponderEliminar
  54. Não tens nada que agradecer, que querido +.+

    ResponderEliminar
  55. mas há que saber que nessas cinzas a esperança continua lá e que o vento pode trazê-las de voltas, é então que a esperança talvez volta.
    obrigada!

    ResponderEliminar
  56. Para ti também, de verdadeee :D

    ResponderEliminar
  57. penso que nós é que a temos que a encontrar, tal como dizem que ela está onde menos se espera...

    adorava que fosse assim, mas o coração não conseguimos controlar e talvez no passos haja uma esperança maior para que os consigamos controlar*

    ResponderEliminar
  58. Muitas músicas mesmo! *.*

    Beijinhoo <3

    ResponderEliminar
  59. não sei de onde vem a minha não coragem de ir falar contigo no msn xD

    ResponderEliminar
  60. diz sim, com certeza.
    ah, lembrei de uma música que acho que você não conhece é de um cantor daqui de Pernambuco "Um sinal, uma porta pro infinito, o irreal
    O que não pode ser dito, afinal
    Ser um homem em busca de mais, de mais...
    Afinal, como estrelas que brilham em paz, em paz..." - Lenine
    Ele é ótimo *-*

    ResponderEliminar
  61. ha ha ha, pois queria xd, imagino que tu fosse mais a megan fox, ou assim, ha ha.
    beijinhos!!

    ResponderEliminar
  62. Entendo-te... escrever as nossas dores e desilusões, atirar a folha ao vento... e esperar que ele as leve para longe!
    Beijito.

    ResponderEliminar
  63. hum, calculo que não, mas pronto era só para mostar o meu ponto de vista he he, estava assim na tentativa de fazer assim mais uma piada,xd

    ResponderEliminar
  64. Bem confesso que fiquei surpreendida em vários aspectos..
    Primeiro, não sabia que era teu hábito seguires o meu Blogue! Mas já agora aproveito a deixa para te agradecer (:
    Em segundo Colei, não só nesta tua publicação como em todas as outras que li.. E aproveito também o momento para te dar os Meus Parabéns pelo imenso jeito que possuis..
    Bem e por fim e o que me surpreendeu ainda mais, foi o facto de seres rapaz.. (;
    Não é querer inferiorizar-vos nem coisa do género, mas sim pela realidade mais frequente..
    Mas ainda bem que aquele comentário surgiu, porque assim encontrei mas um grande talento por estes lados..
    Fica bem (;

    ResponderEliminar
  65. ò tu é que és $:

    è mau isto que vivemos, mas nós já nos habituamos né?
    .Como tu me disses-te á dias, "é impressionante como nos habituamos ás coisas que nos fazem mal"

    ResponderEliminar
  66. se escrever te ajuda (e tenho a certeza que sim), escreve e rasga tudo o que precises..
    gostei muito paulo, muito mesmo.

    beijinho**

    ResponderEliminar
  67. Não podemos passar para o outro, o respeito e o amor que devemos a nós mesmos. Muito bom, Paulo.

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  68. já estou melhor, finalmente (:
    obrigada <3

    ResponderEliminar
  69. podes-me dizer como pões isso para traduzir a página? :)

    é HORRIVEL. odeio tanto que me façam isso. é não é? perco logo a vontade de falar com a pessoa xD

    ResponderEliminar
  70. Não há nada para agradecer!
    é a pura realidade, escreves mesmo bem (;

    ResponderEliminar
  71. "(...)as pessoas serão sempre as mesmas e tu serás sempre a letra "E" da palavra Eu", tão linda esta frase.
    Expressas tão bem os teus sentimentos. *.*

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *