Já fui pequeno.

06:40

Já fui o Paulinho que muita gente apertou as bochechas. Já fui aquela criança que se sujava enquanto comia um Corneto de Morango, já fui parar às urgências por dores de barriga causadas por doces, já fui no carro espetado no vidro para vislumbrar as dunas. Já fui um rapazinho que não se importava com o cabelo ou com a roupa que vestia. Já fui aquele rapazinho que jogava ao berlinde e ia para as aulas com as mãos sujas de terra pura. Já fui o mocinho que não sabia nadar mas nunca evitou ir para dentro de água. Já me encontrei em cima de uma manta a dormir com o cão dos meus avós no meio da rua. Já fiz xixi perto da estrada com carros a passar... Já fui um pequeno que fazia birra de silêncio quando não ganhava algo. Já fui um menino pequeno que nada lhe preocupava. 
Sorria porque gostava de viver, sorria porque lhe dava prazer a vida e não existia o conceito de problema. Pulava porque lhe dava prazer e ria porque assim tinha de ser.

Nos dias de hoje continuo a alimentar o menino que cresceu mas que continuou a viver em mim, não porque gostava de estar vivo mas porque algo o fez agarrar a vida.

Eu era tão pequenino e o que é certo é que não mudei muito.

You Might Also Like

127 comentários

  1. Que texto legal!
    Muito bom!
    Um bom domingo pra ti!

    ResponderEliminar
  2. São mesmo , e o melhor é quando essas amizades virtuais passam para a "realidade" ai sim são optimas :)

    ResponderEliminar
  3. gostei do novo visual do blog *
    já todos fomos pequenos e sorríamos porque achávamos que não haviam problemas mas, agora, esses não faltam.

    ResponderEliminar
  4. adorei mesmo, fez-me lembrar quando eu era pequena e sujava as mãos a brincar com lama e depois ia para a sala toda feliz (:

    ResponderEliminar
  5. Acho que embora os anos passem, fica sempre em nós a criança que ri, chora, corre, pula... o que muda é apenas a forma como vemos as coisas de sempre...e, por isso, ainda hoje quando estou com os meus alunos gosto de ver o que eles vêem e de sentir o que eles vivem. Por vezes esqueço-me que cresci... pois na alma vivem sonhos de criança!

    Gostei imenso do seu texto!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Puxa o tempo passa tão de pressa... e não volta...
    Viva intensamente...
    Forte abraço!

    ResponderEliminar
  7. Acho que todos nós temos sempre a nossa linda criança dentro de nós, passem os anos que passarem; mudem-se os tempos ou não. Em pequenas coisas ou em grandes momentos, nas emoções ou nos actos, há sempre o nosso reflexo de pequenos a surgir no fim de tudo e mostra-nos como éramos e diz-nos como fazer.
    Mudam-se muitas coisas ao longo do tempo, «mudam-se os tempos e mudam-se as vontades» mas só permanece aquilo que tiver mesmo de ser. E se essas coisinhas que te caracterizavam enquanto pequeno continuam ainda acesas, é porque não tinhas mesmo de mudar a tua essência.
    Gostei bastante do texto *

    ResponderEliminar
  8. sim mas aho que percebeste o que quis dizer xb

    ResponderEliminar
  9. Obrigado Paulo :)
    Que lindo, é tão bom recordar a infância! :') Gostei

    ResponderEliminar
  10. no teu texto onde escreves-te : "Já fui o Paulinho que muita gente apertou as bochechas. " eu odeava que me fizesm isso quando era pequena xb

    ResponderEliminar
  11. Nem toda a gente consegue :l

    ResponderEliminar
  12. A diferença faz-nos ser quem somos no agora. Tudo nos constrói!

    :)

    ResponderEliminar
  13. obrigadoo :) sim coitada mas enfim

    este texto esta super fofo e o que é certo é que a criança que fomos mesmo que nao pareça continua em nos.

    ResponderEliminar
  14. Gostei do texto, todos nós passamos pelo mesmo quando somos crianças :D

    ResponderEliminar
  15. ainda hoje joguei aos berlindes com os meus sobrinhos. não existem razões para apagar a criança em nós :)

    ResponderEliminar
  16. . já vi que também me segues, obrigada (: p.s. - tens o mesmo nome que o meu boyfriend :$

    ResponderEliminar
  17. muito obrigado! adorei este texto, esta frase diz algo que todos os rapazes fazem "Já fui aquele rapazinho que jogava ao berlinde e ia para as aulas com as mãos sujas de terra pura." e a verdade é que nessa altura nem sabemos conhecer o lado mais difícil da vida, aí há forças para tudo :)

    ResponderEliminar
  18. Todos seremos crianças, até mesmo quando formos idosos.
    Começámos bebés e, Deus queira que, acabemos idosos.
    Óptimo texto!

    Beijinho <3

    ResponderEliminar
  19. muito obrigada, este também está! gostei em especial da parte em que falas dos berlindes, é algo que hoje em dia todos os rapazes fazem e até acho engraçado a forma como em criança não sabemos conhecer o lado mais difícil da vida, é tudo bem mais fácil :)

    ResponderEliminar
  20. nem mais. é uma especie de refugio ao mundo dos adultos e das preocupaçoes qnd nos sentimos cm crianças

    ResponderEliminar
  21. era sempre bom ter o carinho das pessoas :)

    ResponderEliminar
  22. e bom receber miminhos principlamente quando andamos em baixo

    ResponderEliminar
  23. já te disse que não és merda nenhuma, muito pelo contrário $:

    ResponderEliminar
  24. Novo visual ein *.*
    E mais um óptimo texto, como sempre.
    Creio que vale a pena lutar quando é por bons motivos mas, quando não é..

    ResponderEliminar
  25. opaaa :C mas eu sempre as fiz.

    ResponderEliminar
  26. ando , estou numa fase meia complicada e bem preciso :b

    ResponderEliminar
  27. ahaha, o google tem destas coisas. : D

    ResponderEliminar
  28. nada mesmo, já sabes que só digo o que acho meu Paulo (:

    ResponderEliminar
  29. voltava atrás as vezes que fossem precisas, gostava de viver tudo novamente e não mudava nada. a sério? :)

    ResponderEliminar
  30. Ora, comentário normal :p

    Sabes que tento mudar isso tudo desde o início? E o grande problema é que já não é relação, mas não deixei de gostar..
    Não, ele não pede desculpa. Em nada. Diz que sabe que erra mas que ele é mesmo assim, e depois fica completamente irreconhecível- pelo menos a meu ver- e eu não suporto essa mudança. E quando me tento afastar, ele diz que não quer que saia da vida dele. O que me vem confundir mais :(
    A minha prioridade não devia ser ele, há já muito tempo :/
    Sim, senti-me muito mais liberta depois deste texto e foi, para mim, um ponto final mesmo sério.

    ResponderEliminar
  31. qnd acabar de postar a historia vou fazer desafio das letras mas cada letra e um nome de uma musica e faço um texto baseado 'nela' :x

    ResponderEliminar
  32. chiça, só elogios xb não sou linda o:

    podes crer :x gostava tanto de puder mudar o sofrimento de uma pessoa, que depois acabo por também sentir o mesmo que essa pessoa

    ResponderEliminar
  33. queres falar disso , sou boa ouvinte :)

    ResponderEliminar
  34. percebo-te tao mas tao bemm , estou exactamente como tu *-*

    ResponderEliminar
  35. e bastante bastante parecido , gosto de uma pessoa que diz gostar de mim tambem , mas juntos nao da certo ha sempre algo que nao bate certo , e quando tento esquecer , ele aparece e faz me acreditar que podemos ter algo outra vez percebes ,

    ResponderEliminar
  36. há momentos e pessoas que nunca se esquecem :')

    ResponderEliminar
  37. não nao da mesmo querido , e ele faz de tudo oa me ver mal ..

    ResponderEliminar
  38. Se é. Dá vontade de bater com a cabeça nas paredes para ver se o problema vem de mim. Também estou contente por isso :D

    ResponderEliminar
  39. emfim , temos é de ser fortes paulinho :$

    ResponderEliminar
  40. pareces ser um rapaz bem simpatico , é preciso é força de vontade para seguir em frente e nao ter medo do que aparecer

    ResponderEliminar
  41. eu sei fofinho; para tudo também estarei aqui <3

    ResponderEliminar
  42. apesar dos anos continuamos a ser nós mesmo! :)

    ResponderEliminar
  43. Mas custa pensar que o problema é dos outros e que são eles que ficam quietos :s

    ResponderEliminar
  44. Oh obrigado. : D
    O meu afilhado para mim é tudo e eu adoro a foto (apesar de estar horrível) ahah.

    ResponderEliminar
  45. Diz antes.. uma má recordação :x

    ResponderEliminar
  46. Gostei tanto Paulo!
    O que é certo é que todos já fomos algo de diferente...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  47. Sim, perdem. Mas eu também. Porque ficam coisas por resolver. Ficam coisas pendentes. E mais tarde ou mais cedo eu volto lá. E magoou-me.

    ResponderEliminar
  48. por acaso pareces mesmo , posso saber a idade do menino ?

    ResponderEliminar
  49. Gosto da nova decoração do blog ;)
    Linda, eu?

    ResponderEliminar
  50. Mas foi o que se sucedeu por breves segundos. Não sou miúda de me calar, falo imenso, lol.

    ResponderEliminar
  51. Já eu tive que aprender a gostar :b

    ainda sou piquena *-*

    ResponderEliminar
  52. Ahah, eu também sou uma daquelas que gosto da foto! :b

    Gostei*

    ResponderEliminar
  53. uma pequena grande ? ahah : )matematica e uma dor de cabeça

    ResponderEliminar
  54. Eu estou de acordo, linda mesmo! *.*

    ResponderEliminar
  55. bem, eu adorei tudo o que li no teu blog *-*
    vou seguir (:

    ResponderEliminar
  56. eu tambem gosto mas n deixa ser uma dor de cabeça :)
    - tens umas fotos bonitas no facebook :b

    ResponderEliminar
  57. Então deixa ficar assim.
    Que belo texto :o
    :3

    ResponderEliminar
  58. escreves mesmo muito bem, parabéns (:

    ResponderEliminar
  59. partilho da mesma opiniao :b
    sim tens , fizes-te como eu , tambem tinha muitas mas fiquei so com aquelas agora .

    ResponderEliminar
  60. aqui no blog tambem tens vida social paulinho xb

    ResponderEliminar
  61. de nada, é apenas a verdade (':
    e não está mesmo nada de especial, mas obrigada (:

    ResponderEliminar
  62. obrigada (: sim, a dança é o meu sonho *.*

    ResponderEliminar
  63. mesmo , as vezes aparece la cada um/a xb

    ResponderEliminar
  64. ainda ontem me apareceu um cromo a falar em frances xb

    ResponderEliminar
  65. ingles safo-me , espanhol percebo ams nao falo grande coisa :b

    ResponderEliminar
  66. É o tempo que traz mais saudade... *

    ResponderEliminar
  67. ainda bem que gsotas-te mereces te ouvir :b

    ResponderEliminar
  68. Porque já não existe :/
    Oh, que texto mais amoroso, gosto muito! *-*

    ResponderEliminar
  69. ah ah aina bem , mas aposti qe nao es mais " grande " que eu xb

    ResponderEliminar
  70. Que saudades que eu tenho do tempo em que "problema" não constava do meu vocabulário... De ser pequenina.

    ResponderEliminar
  71. e seriamos mais tristes se não amassemos (:

    ResponderEliminar
  72. eu calço uns saltos e fico maior que tu xb

    ResponderEliminar
  73. É aí que está a nossa essência! ;)

    Kiss

    ResponderEliminar
  74. . oh, não escrevo nada de especial :$

    ResponderEliminar
  75. oh pronto , tu es maior :b eu deixo :p

    ResponderEliminar
  76. Gostei Muiito*
    Principalmente esta parte : "Pulava porque lhe dava prazer e ria porque assim tinha de ser." Simplesmente Lindo e Fantástico como Sempre, Adorei*

    ResponderEliminar
  77. Faz tudo parte do crescimento.

    * Continua a ser 'criança' =)

    ResponderEliminar
  78. Oh, Obrigado Querido*
    Ainda bem que gostaste (:

    ResponderEliminar
  79. Pois parece ;O
    Pura coincidência (:

    ResponderEliminar
  80. e mantém sempre viva essa criança :) ***

    ResponderEliminar
  81. eu sei paulo, obrigada por isso!

    ResponderEliminar
  82. ahah , tambem a diferenca de 2 cm nao se nota xb

    ResponderEliminar
  83. Texto interessante neste local, visões deste modo demonstram valor aos que visitar neste blog :/
    Faz muito mais de este blogue, a todos os teus cybernautas.

    ResponderEliminar
  84. Hello!
    Currently, I have a picture of me in the competition, whose theme is "ecological footprint ". For me it's very important that travel through the link below and voting on my photo!
    The way to do is the following: raisins on the link, click on like the page and then click on like in the photo (FIRST YOU HAVE TO LIKE THE PAGE).

    The link is http://www.facebook.com/photo.php?fbid=196010730428633&set=a.196009310428775.52913.146060162090357&theater

    I am Very Grateful to you!
    Much thanks!

    Greeting! Strong Hug

    ResponderEliminar
  85. que bom que vc cultivou este 'menino' aí dentro!


    Um grande Beijo

    ResponderEliminar
  86. Por acaso ainda não vi, tenho que arranjar um tempinho para vê-lo! :b

    ResponderEliminar
  87. Sim, tens razão no que dizes. Vou tentar lembrar-me disso quando estiver com dúvidas ;D

    ResponderEliminar
  88. Um Ser cheio de garra... é assim que deves ver-te.

    ResponderEliminar
  89. Tudo o que fomos em criança continua em nós só que às vezes queremos mudá-lo, tornar essas pequenas coisas melhores. Não devíamos, podemos perder algo bastante especial. Não mudes, Pali. Estás bem assim. A mudança destrói o que somos e ás faz perder aquilo que gostamos de ser. (nada de pensar nisto)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *