Quando estou perdido saem coisas assim.

03:42

Peças de roupa enrodilhada saem pelas portas escancaradas do meu armário do quarto. Peças brancas, pretas, azuis, verdes e roxas. O tapete à frente do armário está mal colocado. Os lençóis estão descaídos totalmente e as almofadas não se encontram na cama. Do outro lado a televisão está acesa num canal que perdera o som e ficara intermitente. Os três pares de ténis que encostei à cómoda permaneciam desarrumados, uns em cima dos outros, cordões emaranhados. Um copo vazio encontrava-se em cima da mesa-de-cabeceira. As meias que descalcei ontem à noite antes de me deitar todo vestido permaneciam aos pés da cama. O meu chapéu encontrava-se em cima da cadeira. Já a janela... encontrava-se fechada, não deixando a pouca luz do exterior entrar no meu quarto. E os meus casacos estavam destrambelhados por cima do armário e perto do computador sem bateria.

Ao que parece a confusão que me causas no peito também se reflecte por onde eu passo, por onde eu ando. O que me causa transtorno é a minha capacidade de continuar a lutar por ti sabendo que nunca o teu coração bateu por mim. 


Mas...
«O amor é a única flor que brota e cresce sem a ajuda das estações»
 Khalil Gibran

You Might Also Like

57 comentários

  1. é assim mesmo, nós amamos e só queremos o bem da nossa metade (:
    obrigada *

    ResponderEliminar
  2. Obrigada (: Sim, tens toda a razão *

    ResponderEliminar
  3. Sinto-me totalmente assim.
    Força : $

    ResponderEliminar
  4. Adorei o post e a frase :D

    Sim, realmente o amor tem um enorme poder :D

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem ^^
    Mas mesmo assim anda em cima da miúda, ela pode voltar a fazer o mesmo... *

    ResponderEliminar
  6. escreves muito bem, já o disse e volto a repetir $:
    transmites tudo o que vai no teu interior, para nós, leitores!
    força <3

    ResponderEliminar
  7. Não é preciso agradeceres :D

    Adoro o novo look do blog :D

    ResponderEliminar
  8. sim isso é verdade, já passei por isso e sei o quanto dói e custa mas eu sou muito forte e tenho uma força de vontade enorme e por muito que custe eu passo sempre todas as barreiras :x

    ResponderEliminar
  9. Está bastante bom, adorei!

    ResponderEliminar
  10. gosto do novo visual do teu blog :) quanto ao post..gostei imenso*

    beijinho***

    ResponderEliminar
  11. e vale a pena abdicares de ti por alguem que não te quer?
    beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Sim, e eu aceito as coisas boas e más, e prefiro as recordações boas!


    gosto do novo formato do teu blog :)

    ResponderEliminar
  13. Gostei (:
    Está tão lindo *-*

    ResponderEliminar
  14. gostei do texto :) parabens!!

    bjo

    ResponderEliminar
  15. É mesmo.. O amor é assim.
    Ainda hoje pus no blog um post sobre o amor...Um diálogo. Estou a seguir-te :)

    ResponderEliminar
  16. óh, de nada paulo.
    ñ exageres, ñ sou querida nenhuma :)

    gostei*

    ResponderEliminar
  17. o simples por vezes é o melhor! ;)

    ResponderEliminar
  18. Sigo-te para todo o lado Paulo :p

    és sempre tão querido no que escreves :p

    a rapariga do diálogo pode ser orgulhosa:)

    ResponderEliminar
  19. "O que me causa transtorno é a minha capacidade de continuar a lutar por ti sabendo que nunca o teu coração bateu por mim."
    o meu coração encontra-se assim, desarrumado, mas tem força*

    ResponderEliminar
  20. Ou porque está mesmo muito magoada ou se está a fazer de difícil para ele abrir os olhos :p

    ResponderEliminar
  21. Mudaste o blog ???


    o teu quarto não é o unico que esta desarumado :D

    essa frase ta muita fixe.
    Bom FDS
    o final ta um pouco triste :/

    ResponderEliminar
  22. É a lutar que se conseguem as coisas, não é :$

    ResponderEliminar
  23. completamente.
    Existem dias em que nos bastava ter uma mochila ás costas, sem qualquer tipo de meio de comunicação, e andar sem destino.

    ResponderEliminar
  24. Estou de acordo contigo (:

    ResponderEliminar
  25. muitas músicas lembram pessoas, momentos (...) para mim, já é costume associar!

    gosto sim, muito $:

    diz mesmo, e há momentos em que basta*

    ResponderEliminar
  26. acredita, ñ vai ser so aqle teste xD

    claro q irao vir momentos de diversao a dobrar (:

    ResponderEliminar
  27. felizmente, a minha relação com a pessoa daquele texto nunca terá um fim, por natureza

    ResponderEliminar
  28. mas (in)felizmente não existe e nós temos que aprender a viver com isso

    ResponderEliminar
  29. não digo que não tenhas de lutar e que não seja bom lutar, mas às vezes temos de deixar ir...

    ResponderEliminar
  30. Talvez por isso é que está tão giro. Leio blogs todos alterados e são demasiado confusos.

    Filmes de terro? É assim tão assustadora? :P

    ResponderEliminar
  31. concordo plenamente, obrigado! adorei este texto, está tão sentimental :)

    ResponderEliminar
  32. Daqui a 5 minutos :P
    São do mesmo sitio mas não é uma foto daquela árvore :P
    2ª a noite ou 3ª passas lá para ver se já pus alguma que te agrade :P

    ResponderEliminar
  33. Meu quarto e coração estão assim.rss

    Lindo texto apesar de triste e a frase muito bela, um verdadeiro estímulo ou consolo!!

    ResponderEliminar
  34. claro que sim. tu escreves maravilhosamente.
    obrigada mesmo <3

    ResponderEliminar
  35. e não sou a unica a o achar (:

    ResponderEliminar
  36. dizer que escreves bem é exagerar ?

    ResponderEliminar
  37. cada um pode encarar a tua escrita de diferente forma

    ResponderEliminar
  38. pois. depende mesmo. por exemplo eu na minha opinião acho a margarida rebelo pinto fantástica, e além disso já vi a dizerem muito mal mesmo da escrita dela

    ResponderEliminar
  39. exacto. contudo acho que as opiniões no centro da escrita são muito variadas. há de tudo e só segue quem quer

    ResponderEliminar
  40. ando com uma enorme vontade de falar contigo, mas não me sinto bem.

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *