Ladrão!

10:54

Imagino-te como um ninja que percorreu as ruas desta grande cidade durante a noite. Tal como um gato: silencioso e pronto para atacar a qualquer momento. Não armaste confusão na rua... mas assim que entraste na minha casa, pela janela do meu quarto eu sabia o que me esperava. Fiz-te frente e apontas-te-me a espada. Começou a magoar-me aquela ponta afiada no peito. 

Maldita a hora em que não te deixei matares-me, em vez disso deixei-te roubares o meu pequeno coração e agora.. ele anda por ai algures contigo... quero-o de volta! 

Mas quando o vieres trazer, fica comigo também.

You Might Also Like

13 comentários

  1. Normalmente quando volta, vem completamente despedaçado e ficarem é uma situação complicada...
    Mas lá está, nem sempre é assim, felizmente! *

    ResponderEliminar
  2. Que giro o texto $:
    e sentimental, adorei *

    ResponderEliminar
  3. aii como eu me identifico com este texto :D espero que amanha tudo se resolva :):)

    ResponderEliminar
  4. De nada :)
    Aproveito para dizer que acho uma boa ideia de fazeres um novo blog acerca dos problemas mundiais.
    Existem muitos temas para falar. E eu gostava de fazer a diferença no mundo, um dia. E talvez com esse blog as pessoas se sensibilizam e tornam-se um bocado mais "amigas".

    ResponderEliminar
  5. Eu vou seguir para ficar a par das coisas. Que eu gosto de ler coisas assim :)

    ResponderEliminar
  6. eu adoro incenso!
    obrigada pela palavra de apoio*

    ResponderEliminar
  7. olá Paulo,
    gostei de teu blog!
    é objetivo e sincero!
    abraços

    ResponderEliminar
  8. Espero que o coração volte, assim como quem o tem :)

    ResponderEliminar

« A única pessoa que nunca comete erros é aquela que nunca faz nada. »

Obrigado pela visita *